Checklist – Panini: Setembro de 2016

checklist-panini-setembroLançamento de Rust Blaster e fim de Century Boys.

Em setembro a Panini chega um pouco menos cruel no bolso dos leitores com bem menos lançamentos do que vinha tendo nos último meses. O único lançamento do mês é Rust Blaster, um volume único da autora de Black Butler que havia sido anunciado no ano passado. Outro destaque do mês é o fim de 21st Century Boys, agora sim colocando ponto final na história da molecada dos séculos.

checklist-panini-setembro-demografia

Como era de se esperar, a demografia shounen continua na frente e com o dobro dos da demografia seinen, característica constante a muito tempo na editora. Shoujo marca presença com um título, o que é importante para continuar constante, mas mais um título seria bem-vindo. Kodomo por enquanto temos apenas um, mas muito em breve teremos mais um título.


rustblaster_c1
RUST BLASTER

Autora: Yana Toboso
Demografia: Shounen (GFantasy)
Periodicidade: Volume único
Formato: 13,7 x 20 cm, 234 páginas
Preço: R$ 15,90
Compre: Amazon / Panini
LANÇAMENTO

O lançamento do mês é o volume único Rust Blaster. Ele é o último título dos anunciados pela editora nos eventos de julho do ano passado. Acabou entrando na fila enorme de títulos anunciados da editora e, por ser de apenas um volume, poderia ser encaixado em um mês mais “tranquilo” como este, em que vários títulos lançados em julho e agosto estão apenas começando a sua jornada. É um título que, com certeza, os fãs da autora Yana Toboso vão procurar, ainda mais nessa lacuna de espera por um novo volume de Black Butler.

O Colégio Milênio é uma escola especializada em soldados vampiros. Nela, encontramos Al, o vampiro menos vampiresco do colégio, e Kei, um estudante humano transferido. Sem a menor ideia do destino que os aguarda, os dois terão de lidar com a enorme responsabilidade de manter o equilíbrio entre os dois mundos…


21stcb02_c1
21ST CENTURY BOYS 2

Autor: Naoki Urasawa
Demografia: Seinen (Big Comic Spirits)
Periodicidade: Bimestral – Concluído no Japão com 2 volumes
Formato: 13,7 x 20 cm,  200 páginas
Preço: R$ 13,90
Compre: Amazon / Panini
EDIÇÃO FINAL

Agora sim a história da molecada dos séculos chega ao final. Originalmente foi uma grande lacuna entre o fim de 20th Century Boys e o início de 21st Century Boys e, talvez por isso, o primeiro volume precisou de tantos retcons para situar o leitor. O ritmo do mangá não se perde mas, por ser bem menor, a trama envolvendo a arma que destruirá o mundo vai ser muito mais acelerada. Só depois de ler o final definitivo é possível chegar a conclusões se essa extensão da história era necessária. Agora será um período ruim nas bancas sem obras do Mestre Urasawa, que Pluto e/ou Billy Bat sejam lançados no país algum dia.


ajin02_c1
AJIN 2

Autores: Tsuina Miura e Gamon Sakurai
Demografia: Seinen (good! Afternoon)
Periodicidade: Bimestral – Em andamento no Japão com 8 volumes
Formato: 13,7 x 20 cm, 202 páginas
Preço: R$ 17,90
Compre: Amazon / Panini

Segundo volume do sensacional Ajin, e ele chega na época de estreia da segunda temporada do anime no Japão, muito provavelmente deve vir para a Netflix do Brasil no próximo ano. Meu primeiro contato com a obra foi o mangá pela Panini e realmente é um título muito bom. Considero que ela tem semelhanças com Tokyo Ghoul, nada muito explícito, é bem mais subjetivo. Quem gostou de um deles, recomendo comprar o outro.


akame4_c1
AKAME GA KILL! 4

Autores: Takahiro e Tashiro Tetsuya
Demografia: Shounen (Gangan Joker)
Periodicidade: Bimestral – Em andamento no Japão com 14 volumes
Formato: 13,7 x 20 cm, 218 páginas
Preço: R$ 12,90
Compre: Amazon / Panini

O quarto volume de Akame ga KILL! começa trazendo uma das melhores personagens do mangá até agora, pelo menos na minha opinião, mas o que a série anda ensinando é que não adianta simpatizar com um personagem, ele pode vir a morrer com uma velocidade absurda. Duvido que aconteça isso com a Esdeath, dentre os vilões ela tem sido melhor construída que os demais, que ficam devendo.


aoharaido10_c1
AOHARAIDO 10

Autor: Io Sakisaka
Demografia: Shoujo (Betsuma)
Periodicidade: Bimestral – Concluído no Japão com 13 volumes
Formato: 13,7 x 20 cm, 184 páginas
Preço: R$ 12,90
Compre: Amazon / Panini
Review: AQUI

Aoharaido é um caso de persistência lê-lo, porque a fase atual dele anda realmente chata, mas o mangá está passando é bem rápido, faltam poucos volumes até esse importante título terminar. Nunca esqueceremos que foi Aoharaido que fez a editora voltar a ter mais mangás shoujo em seu catálogo. Claro, está longe do ideal que se espera ter no mercado, mas se o passo que foi dado no começo do ano passado a situação poderia ser pior.


arakawa3_c1-c4
ARAKAWA UNDER THE BRIDGE 3

Autor: Hikaru Nakamura
Demografia: Seinen (Young Gangan)
Periodicidade: Bimestral – Concluído no Japão com 15 volumes
Formato: 13,7 x 20 cm, 188 páginas
Preço: R$ 12,90
Compre: Amazon / Panini

Mais um volume do insanamente nonsense Arakawa Under The Bridge. É um mangá que só de pegar em mãos já se tem um sorriso que vai ter diversão certa com esse humor ácido e crítico que a autora coloca na obra. Bons personagens em situação estranhas com críticas para todo lado, e isso só tende a crescer, se o leitor mergulhar no ritmo e humor peculiar deste mangá irá compreender muitas das diversas mensagens das estrelinhas.


assassination14_c1
ASSASSINATION CLASSROOM 14

Autor: Yusei Matsui
Demografia: Shounen (Shounen Jump)
Periodicidade: Bimestral – Concluído no Japão com 21 volumes
Formato: 13,7 x 20 cm, 192 páginas
Preço: R$ 12,90
Compre: Amazon / Panini

O sempre ótimo e divertido Assassination Classroom em mais uma de suas capas com textura, que é bem melhor que a anterior com esse tipo de efeito – não consigo gostar da capa do volume 12. Interessante é a lição que o mangá sempre passa, não sei qual a formação do autor, mas ele sabe passar ensinamentos de diversas áreas em uma história em quadrinhos extremamente divertida.


ataque18_c1
ATAQUE DOS TITÃS 18

Autor: Hajime Isayama
Demografia: Shounen (Bessatsu Shonen Magazine)
Periodicidade: Bimestral – Em andamento no Japão com 20 volumes
Formato: 13,7 x 20 cm, 192 páginas
Preço: R$ 12,90
Compre: Amazon / Panini

O volume anterior de Ataque dos Titãs foi estranho por ter um tom de fim de história que parece até mesmo que o autor se prepara para o final do mangá. Claro, ainda há todo o mistério do porão e como recuperar a muralha perdida, mas este volume promete ser a continuidade da preparação para o início dessa luta para recuperar este local com o misterioso segredo dos titãs.


beel25_c1
BEELZEBUB 25

Autor: Ryuhei Tamura
Demografia: Shounen (Shounen Jump)
Periodicidade: Bimestral – Concluído no Japão com 28 volumes
Formato: 13,7 x 20 cm, 192 páginas
Preço: R$ 13,90
Compre: Amazon / Panini
Review: AQUI

Beelzebub está entrando em sua reta final e vai ser um mangá que vai fazer falta. Ele continua no ritmo de pancadaria de delinquentes juvenis, mas a luta louca de humanos que cuidam de demônios bebês deixa tudo muito mais insano, e no final a luta é para salvar um personagem tão estranho como o Furuichi! O autor soube aproveitar um personagem que servia de apoio em uma função importante, mas será surpresa o que acontecerá a partir de agora.


fsn10_c1
FATE/STAY NIGHT 10

Autores: Dat Nishiwaki (quadrinhos) e TYPE-MOON (original)
Demografia: Shounen (Shounen Ace)
Periodicidade: Mensal – Concluído no Japão com 20 volumes
Formato: 13,7 x 20 cm, 164 páginas
Preço: R$ 12,90
Compre: Amazon / Panini
Review: AQUI

Fate/Stay Night chega na metade de sua publicação no Brasil e este volume é o último que terá a capa contínua, se bem que a quarta capa é quase que apenas a continuação do fundo. As capas dos próximos 10 volumes seguirão outro padrão e estou curioso para saber qual será a solução adotada. E este volume está tão fino quanto o anterior, dona TYPE-MOON e Kadokawa poderiam ter dividido os volumes para que ficassem com mais páginas.


kuroko27_c1
KUROKO NO BASKET 27

Autor: Tadatoshi Fujimaki
Demografia: Shounen (Shounen Jump)
Periodicidade: Mensal – Concluído no Japão com 30 volumes
Formato: 13,7 x 20 cm, 192 páginas
Preço: R$ 13,90
Compre: Amazon / Panini

Kuroko no Basket entre em sua reta final nessa batalha das quadras dessa galera que apronta altas confusões. Como já imaginava, os 40 minutos de partidas devem se prolongar muito, até o último volume. Basquete é um jogo divertido e o mangá realmente empolga, não sinto ritmo arrastado, embora acredite que ele poderia ter se estendido por mais algum tempo. E com o fim próximo, será que a Panini trará o Extra Game?


narutogold15_c1
NARUTO GOLD 15

Autor: Masashi Kishimoto
Demografia: Shounen (Shounen Jump)
Periodicidade: Mensal – Concluído no Japão com 72 volumes
Formato: 13,7 x 20 cm, 192 páginas
Preço: R$ 16,90
Compre: Amazon / Panini
Review: AQUI

Luta após luta, batalha após batalha, é nessa fase que Naruto mostra o seu valor e os motivos de ter crescido e ter se tornado uma das mais importantes obras dos mangás nos últimos anos. Quando anunciado, se falava em uma edição de luxo, mas os lançamentos de Vagabond, One-Punch Man, entre outros – que não são de luxo – tem qualidade melhor que Naruto Gold. O bom retrabalho editorial no texto é de se valorizar, mas a qualidade física está anos-luz longe do luxo almejado.


ninjaslayer03_c1
NINJA SLAYER 3

Autores: Yuuki Yogo e Yoshiaki Tabata
Demografia: Shounen (Comp Ace)
Periodicidade: Bimestral – Em andamento no Japão com 7 volumes
Formato: 13,7 x 20 cm, 184 páginas
Preço: R$ 12,90
Compre: Amazon / Panini

Ninja Slayer chega ao seu terceiro volume que, pelo título, tem ligação com o volume anterior. É um mangá que fico sempre com duas perguntas sobre ele: quem continuou a comprar? e para que ele foi lançado aqui? Tem muito mais deméritos que qualidades.


noragami2_c1
NORAGAMI 2

Autora: Adachitoka
Demografia: Shounen (Shounen Magazine)
Periodicidade: Bimestral – Em andamento no Japão com 17 volumes
Formato: 13,7 x 20 cm, 200 páginas
Preço: R$ 13,90
Compre: Amazon / Panini

Noragami chega com mais um volume este mês e se tornou um dos xodós na minha coleção. Para um mangá tão pedido o material que foi entregue está bem a contento, claro, há os que defendem que todos os mangás devem vir em offset, mas dificilmente ficaria acessível aos leitores que compram muitos títulos. Adachitoka tem um traço muito bonito e que tem tudo para evoluir.


onepunchman04_c1
ONE-PUNCH MAN 4

Autor: ONE e Yusuke Murata
Demografia: Seinen (Tonari no Young Jump)
Periodicidade: Bimestral – Em andamento no Japão com 11 volumes
Formato: 13,7 x 20 cm, 216 páginas
Preço: R$ 16,90
Compre: Amazon / Panini

One-Punch Man é sempre uma boa leitura nos meses em que saem os volumes, e agora, com a segunda temporada anunciada, o hype em cima do título tende a aumentar ainda mais. Um destaque para este volume com toda certeza é a quarta capa que, mais uma vez, mostra o fantástico traço e a genialidade de Yusuke Murata.


sisternd02_c1
THE TESTAMENT OF SISTER NEW DEVIL 2

Autores: Tetsuto Uesu e Miyakokasiwa
Demografia: Shounen (Shounen Ace)
Periodicidade: Bimestral – Em andamento no Japão com 7 volumes
Formato: 13,7 x 20 cm, 200 páginas
Preço: R$ 12,90
Compre: Amazon / Panini

The Testament of Sister New Devil é um título que muitos não se interessaram por ser muito conhecido por ser um mangá ecchi, mas é um mangá que surpreendeu positivamente. A história de envolver uma herdeira de demônios em uma guerra pelo poder e tudo mais lembra High School DxD, ainda mais que está entrando no lugar do hiato deste, mas a história em um só volume mostrou que vai além disso, principalmente pelo protagonista não ser um avulso nesse conflito. Tem um bom traço e as lutas futuras do mangá prometem ser espetaculares com essa qualidade de arte.


tokyoghoul08_c1
TOKYO GHOUL 8

Autor: Sui Ishida
Demografia: Seinen (Weekly Young Jump)
Periodicidade: Bimestral – Concluído no Japão com 14 volumes
Formato: 13,7 x 20 cm, 216 páginas
Preço: R$ 13,90
Compre: Amazon / Panini
Review: AQUI

Tokyo Ghoul é um mangá que teve um desenvolvimento dos primeiros seis volumes um tanto quanto lento, apresentando o universo e sua dinâmica sem grande lutas, mas isso mudou, e para melhor, no volume anterior. Agora é com certeza uma tortura esperar pelo próximo todos os meses. A qualidade gráfica agora está plenamente a contento, problemas devem ocorrer esporadicamente, mas a resposta positiva tem sido constante. A capa deste volume merece um parabéns a seu editor, conseguiu uma ótimo solução para o título, não prejudicando a arte e conseguindo ficar melhor até que a original.


reborn37_c1
TUTOR HITMAN REBORN! 37

Autora: Akira Amano
Demografia: Shounen (Shounen Jump)
Periodicidade: Mensal – Concluído no Japão com 42 volumes
Formato: 13,7 x 20 cm, 200 páginas
Preço: R$ 12,90
Compre: Amazon / Panini

E começa a saga dos arcobalenos em Tutor Hitman Reborn, uma saga que já ouvi muitas coisas boas e muitas ruins, como não li em outros lugares antes vou acompanhando os volumes. Particularmente considero os arcobalenos personagens que deveriam ter recebido um enfoque maior antes, o mistério deles realmente me intriga.


vagabond08_c1
VAGABOND 8

Autor: Takehiko Inoue
Demografia: Seinen (Morning)
Periodicidade: Mensal – Em andamento no Japão com 37 volumes
Formato: 13,7 x 20 cm, 224 páginas
Preço: R$ 17,90
Compre: Amazon / Panini
Review: AQUI

Essa luta silenciosa de Musashi e Isshun em Vagabond é de testar a paciência do leitor, mas também tem sua mensagem nas entrelinhas dos acontecimentos. A jornada de Musashi terá muito disso e talvez seja nelas que a história do famoso espadachim não fique apenas no conceito de busca da força.


yw2_c4
YO-KAI WATCH 2

Autor: Noriyuki Konishi
Demografia: Kodomo (Corocoro)
Periodicidade: Mensal
Em andamento no Japão com 10 volumes (20 no Brasil)
Formato: 13,7 x 20 cm, 104 páginas
Preço: R$ 8,90
Compre: Amazon / Panini

Para quem não leu ainda fica a recomendação de que leia o divertidíssimo Yo-kai Watch. É um bom mangá para relaxar e se divertir sem maiores preocupações. Extremamente bem recomendado para crianças, mas adultos também deveriam ler, não vão se arrepender.


MESES ANTERIORES

janeiro panini fevereiro panini checklist março panini checklist
abril panini checklist maio panini checklist junho panini checklist
pani-julho panini-agosto panini-setembro

Asevedo

Designer de formação, atualmente sou Assistente editorial da Panini Mangá. Acumulo mangás e HQ's, que espero conseguir ler um dia. Assisto animes de vez em nunca.

Related Post

  • alquibenzeno

    Levarei desse checklist Ataque dos Titãs, Beelzebub e Naruto Gold.

  • Adorei a volta dos checklists. Desses eu levo Assassination Classroom, Ataque dos Titãs e One Punch Man.

    Falando em One Punch Man, seria uma boa vermos Mob Psycho 100 por aqui. Pelo que vi no anime, achei mas divertido que o próprio OPM.

    E agora que percebi que tem muita coisa acabando em breve na panini.

    • Checklists as vezes atrasam, mas estão todos em dia, é uma coluna que gosto de escrever.
      Vejo muitas pessoas falando de Mob Psycho 100, mas o incrível traço do Murata que chama a atenção em OPM, não sei se aconteceria o mesmo com Mob.
      Não é a toa que a Panini tem um monte de título já anunciado, mas tem alguns com hiato próximo.

  • renatomotta

    As vezes me pego pensado que sou o unico que não acha graça em OPM, não consigo achar divertido a chuva de referencias que são tacadas em lotes pelo autor da serie, li os volumes na internet até me convencer que não daria pra ler mais daquilo, os cincos primeiros capitulos até achei palatavel, mas apos isso achei fraco demais certos aspectos da historia como o heroi não saber que existe uma associação de herois, os viloes não terem carisma parecendo bonecos de massa, o saitama não apresentando nada alem das suas caras non sense. Sobre a panini, sei la, me parece que alguns desses titulos não chegarão ao final aqui no brasil ( so minha impressão).

    • Lucas Umbelino

      OPM tbm n me diverti tanto assim como venderam ele… Maa sou daqueles malucos que vai ler tudo para ver se algum momento a coisa vai começar a fazer sentido com o sucesso que tem? Só que eu lembro de certos animes ai que esta otakada poem no pedestal e glorifica de pé que eu chego me arrepender de cair nesta armadilha dnv… Gente eu sou trouxa…

    • Cris R.

      Cara, eu nem posso falar muito pq todo o meu contato com OPM se resume àquele episódio de estréia que saiu antes de o anime lançar propriamente. Acho que foi uma versão ‘beta’ do pti episódio mesmo, não sei. Só sei que eu vi aquilo e achei muito sem graça, pelo hype que o mangá/anime tem. Hoje, pensando bem, não foi exatamente ruim, mas não consigo entender o que o povo vê de tão incrível naquela história. Acho que o maior mérito é a qualidade técnica, especialmente no mangá, pq o autor tem um dos melhores traços que eu já vi.

      • Cris R.

        Correção: versão ‘beta’ do *primeiro episódio

  • Eu compro Ninja Slayer e eu até me agrado com a leitura dele, acabei gostando por algum motivo que não sei explicar. Agora, a razão de terem lançado ele aqui, acho que nem a Panini em si sabe.

    • Bom ver que há quem esteja lendo e é realmente daqueles casos que você gosta e não sabe explicar o motivo.

  • Lucas Umbelino

    Não tenho costume de comentar, mas já que perguntou sobre quem contiua comprando Ninja Slayer, eu sou uma dessas pessoas e realmentr n sei falar o porque. Mas a sensação que ele me passa é de ver aqueles filmes aleatorios na tv que vc acha chato mas não para de ver então pq lá no fundo vc tá curtindo então… É verdade que ele não é o melhor mangá desta lista toda, mas eu me divirto lendo ele e quero ler mais dele, coisa que o One Punch Man, que é mais famoso e aclamdo, não tem me entregado com eficiencia, no entanto continuo lendo para vc até onde ele vai, num meio tanko de Yokai Watch eu morro de rir com facilidade e no One Punch Man custo a soltar uma risada… Então é isto, vou continuar comprando Ninja Slayer até a panini por ele na geladeira junto com Kekkaishi, pq NS está me entretendo com eficiencia. Já que to comprando OPM que n tá me agradando muito, pq ñ NS?

    • Ótima analogia com os filmes, lembrei daqueles filmes que passam no sábado a noite naqueles dias que não se tem nada para fazer. Ninja Slayer parece ter uma magia, acho que o vídeo do Pipoca e Nanquim fez muita gente embarcar no título. Não acredito em congelamentos, o modo de operação da Panini mudou já tem bem uns 2 anos ou mais, mas quando entrar em hiato e acabar demorando para voltar quando tiver novos volumes é a hora dos leitores mostrarem sua força, ou até mesmo antes. No fim é uma questão de gosto mesmo, eu me divirto tanto com OPM quanto Yokai Watch, rio pelo humor e situações deles, que são bem diferentes.

  • Leandro Matos

    Vou dar algumas opnioes sobre os que já li:
    Ajin – Super valorizado. A história é ruim e mal desenvolvida e a arte é ruim. É muito hype

    One Punch Man – O anime é melhor que o mangá. Outra obra de hype. Quero ver o que os leitores vão achar dos capítulos que tm 5 paginas apenas.

    Tokyo Ghoul: Série boa. Teve sua edição 1 e 2 excelentes. Da 3 a 5 foi só descaso com o cliente, fazendo a empresa pedir desculpas e prometer melhora na próxima edição depois da 3 e que não veio até a edição 7. Depois da edição 2, as edições vieram pessoas, papel dobrado, recorte da capa menor que o recorte das páginas, páginas que não permitiam o leitor abrir o mangá direito, dificultando a leitura. Mesmo quando a Panini anunciou que iria fazer a troca, a troca ainda vinha com problemas. Me fez acreditar que o mangá não passava por um controle de qualidade e abandonei, passando a ler por Scan. Se melhorou podem comprar, a história é animal.

    Ataque dos Titãs, apesar de ter uma freada na adrenalina, só vai crescendo em termos de mistérios e história. Fica muito bom.

    Vagabond é pra mim a melhor publicação da Panini.

  • Wait…. cadê Ore Monogatari? Não vai me dizer que já ta atrasado…eu morro de rir lendo aquilo…e Aka Under the Brigde… não consigo me decidir qual é o mais engraçado…

    • Ore Monogatari tem periodicidade bimestral, como o volume 2 foi no checklist de agosto o próximo será apenas em outubro.

  • Luan

    Cara, eu adorei Ninja Slayer!!! E sei o motivo, esse mangá é para fãs dos filmes “sem noção” dos anos 1980 e do game Ninja Gaiden… Não vejo a hora de comprar o volume 03. É uma leitura sem compromisso nenhum com a realidade, você fica imaginando qual absurdo o autor vai colocar na próxima página, me divirto bastante com isso.