Novo trailer de ‘Death Note Light up the NEW world’ traz novas imagens do filme

noticias-death-note-light-up-the-new-world-headerPrévia da música-tema de Namie Amuro e prequels do filme.

O site oficial de Death Note Light up the NEW, a sequência live-action de Death Note, lançou um novo trailer do filme, que tem estreia programada para 29 de outubro deste ano.

No novo vídeo é mostrado novos Shinigamis, e Yuki Shien dizendo a curiosa frase: “Light Yagami vive”. O vídeo também tem uma amostra da música-tema “Dear Diary” por Namie Amuro.

Antes do lançamento do filme será lançada em 16 de setembro uma minissérie de 3 episódios no Hulu Japan intitulada Death Note NEW GENERATION, com um episódio lançado por semana. A minissérie terá como foco os personagens Tsukuru Mishima, Ryuzaki e Yuki Shien, com participações dos personagens Sakura Aoi e Ryuki. A equipe de produção do filme é a responsável pela minissérie.

O primeiro episódio, “Shinsei” (Renascimento), mostrará como Tsukuru Mishima foi escolhido como a carta na manga para a força-tarefa Death Note. O segundo episódio, “Ishi” (Desejo Moribundo), mostrará o incidente que levou Ryuzaki a integrar a força-tarefa Death Note e seus pensamentos sobre L. O último episódio, “Kyoushin” (Fanatismo) tem como em Yuki Shien e os traumas que ele carrega.

O primeiro trailer do filme foi lançado pela distribuidora australiana Madman com legendas em inglês e você pode conferir abaixo.

Na obra original de Tsugumi Ohba e Takeshi Obata, um adolescente chamado Light encontra um caderno com o qual ele pode matar as pessoas que tem seu nome escrito. Ele começa uma cruzada contra os criminosos do mundo todo, e um jogo de gato e rato começa entre ele e L , um detetive gênio que trabalha junto às autoridades policias.

Na história do novo filme, uma sociedade da informação altamente avançada é assolada por um cyber-terrorismo global em 2016. Surgem novas figuras carismáticas que “herdaram o DNA” de Light (interpretado por Tatsuya Fujiwara) e do detetive L (Kenichi Matsuyama). Os sucessores dos dois gênios travam uma guerra pelos seis Death Notes na Terra.

Um elemento crucial da trama é a “Regra dos 6 cadernos”: Apenas seis Death Notes estão autorizados a existir ao mesmo tempo no mundo humano. Claro, os Shinigami em si são limitados ao número de Death Notes existentes. Portanto, até seis Shinigami podem co-existir no mundo humano. Esta regra existe no mangá, mas as adaptações anteriores da franquia não seguiram esta regra.

O filme será estrelado por:

  • Masaki Suda (Assassination Classroom) como Yuki Shien, um terrorista cibernético que reverencia Kira;
  • Sosuke Ikematsu (O Último Samurai) como Ryuzaki, o sucessor de L e um detetive mundialmente famoso;
  • Masahiro Higashide (Aoharaido) como Tsukuru Mishima, um investigador do caso dos Death Notes;
  • Rina Kawaei (Azumi: Bakumatsu-hen) como Sakura Aoi, a mais terrível usuária do Death Note que já existiu, uma indiscriminada assassina, completamente oposta a Light Yagami;
  • Mina Fujii (Geuriwool Ryeon) como Sho Nanase, uma investigadora da força-tarefa Death Note;
  • Erika Toda como Misa Amane, ela reprisa novamente seu papel dos filmes anteriores;
  • Shido Nakamura como Ryuki, que reprisa mais um vez o papel que fez nos filmes anteriores e no anime;
  • Sota Aoyama como Tota Matsuda, que reprisa seu papel dos filmes anteriores.

Os 12 volumes do mangá foram publicados pela revista Shounen Jump, da Shueisha, de 2003 a 2006. No Brasil, o título foi publicado pela editora JBC de duas formas, a primeira com os 12 volumes entre 2007 e 2008, e a segunda foi a Black Edition, com 6 volumes lançada em 2013.

Asevedo

Designer de formação, atualmente sou Assistente editorial da Panini Mangá. Acumulo mangás e HQ's, que espero conseguir ler um dia. Assisto animes de vez em nunca.

Related Post

  • Sobre esse Live Action não sei bem o que esperar, acho sempre arriscado. Mas quem sabe não sai algo bom rs
    https://somaisumaleatorio.wordpress.com/

  • A premissa é até boa, partindo-se principalmente do ponto em que a ‘Regra dos 6 Cadernos’ já existia originalmente, e vão fazer até uma minissérie para compor melhor alguns elementos do filme, mas para mim é uma adaptação que vem tardiamente. Apesar do planejamento interessante que fizeram para os 2 primeiros filmes lá atrás, poderiam ter pensado em algo um pouco maior na época e introduzido este pedaço de história, tendo assim feito uma quadrilogia ou pentalogia de filmes que se desviassem um tanto quanto do caminho do anime e do mangá. Seria bem interessante.