Filme de ‘Koe no Katachi’ chegará aos cinemas em maio no Brasil

Festival da América Latina trará o longa para o país!

Há alguns dias a rede de cinema Cinépolis começou a distribuir o filme de Koe no Katachi no México e confirmou que faria isso também em outros países na América Latina. Agora, o Brasil parece estar no radar e o evento organizador divulgou que exibirá o longa também no Brasil a partir de maio! Ainda não temos datas confirmadas, mas como dito, muito provavelmente somente a rede Cinépolis receberá o longa e também não sabemos se todas as cidades serão contempladas. Resta um anúncio oficial da filial brasileira.

Koe no Katachi é uma obra que começou como um one-shot extremamente elogiado em 2011, na Bessatsu Shounen Magazine (a mesma de Shingeki no Kyojin). Em agosto de 2013, o departamento editorial acabou convertendo a história em uma série regular na revista semanal e que conseguiu excelentes números – o que não significou que o autor tivesse que esticar seu mangá, para o nosso bem. A série foi finalizada com 7 volumes completos divididos em 62 capítulos. A série ainda ganhou uma adaptação em filme pelas mãos do estúdio Kyoto Animation.

No Brasil, a editora brasileira NewPOP publicará A Voz do Silêncio em abril.

Koe no Katachi tem como protagonista Shoya Ishida, um garoto comum, e Shoko Ishida, uma nova estudante de seu colégio que é surda, algo totalmente inédito para todos na sala de aula. Shoya é um daqueles garotos que gosta de atrair a atenção para ti e quer apenas se divertir, com isso acaba se aproveitando da surdez de Shoko para começar com o bullying com a garota. Porém, um dia o “feitiço vira contra o feiticeiro” e Shoya acaba se tornando o alvo do bullying de seus amigos por causa das suas brincadeiras que fugiram do limite com a garota. Ela se muda de escola e Shoya convive até sua adolescência com o peso de ter feito algo tão infeliz em sua infância. Porém ao chegar no colegial, os dois se reencontram. Será a chance da redenção?

via Festival Konnichiwa

Dih

Dih

Paulistano, 28 anos, corintiano e fissurado em cultura asiática e pop. Formado em Design Gráfico na FMU. Atualmente é editor na Panini/Planet Mangá e cuida de títulos como One-Punch Man, MOB Psycho e Jojo's Bizarre Adventure.

Related Post