Mangá ‘Video Girl Ai’ ganha adaptação em série live action

Um Video Girl Ai dos tempos modernos!

Foi anunciado que o mangá Video Girl Ai, de Masakazu Katsura, está ganhando uma adaptação em série live action para televisão que estreia em janeiro, na emissora TV Tokyo e suas afiliadas. Shuuhei Nomura – o Taichi Mashima do live action de Chihayafuru – estrelará em Den’ei Shoujo ~Video Girl Ai 2018~.

A adaptação se passará nos tempos atuais, em 2018, e contará a história do sobrinho de Youta, o estudante do ensino médio Shou Moteuchi (Nomura). Shou esconde uma paixão por sua bela colega de classe, Nanami. Um dia o garoto descobre um velho gravador de videocassete quebrado na casa de seu tio, ele o conserta e uma menina misteriosa chamada “Video Girl Ai” surge.

Kazuaki Seki (dos vídeos de Perfume) está dirigindo a série, enquanto Kohei Kiyasu (dublador em Hajime no Ippo) está encarregado do roteiro. Futoshi Asano, da TV Tokyo, é o produtor executivo, e os outros produtores são Kimitaka Goka e Yuta Kurachi da TV Tokyo, assim como Kyouhei Sudachi.

Nomura prometeu fazer seu melhor para poder corresponder as expectativas dos fãs do mangá. Katsura comentou que a obra carrega memórias profundas de sua vida, o deixando emocionado ao ver que o mangá está recebendo uma adaptação em drama. O autor ainda declarou que está ansioso pela nova versão.

Katsura publicou a série na revista Shounen Jump, da editora Shueisha, durante os anos de 1989 a 1992. Originalmente, a Shueisha lançou o mangá em 15 volumes encadernados. Anos depois, uma edição de colecionador, com papel e capa especiais, foi relançada, desta vez com 9 volumes. No Brasil, o mangá foi lançado pela editora JBC em formato meio-tanko, no início do mercado brasileiro de mangás, rendendo 30 volumes encadernados.

O mangá inspirou em 1992 um anime em formato OVA, que teve 6 episódios e adaptou 3 volumes da série. Além disso, inspirou um filme live-action, em 1991.

Miyuki

Tão normal, nem parece otaku. A louca das webcomics. Segue o mantra de ler e assistir de tudo um pouco (menos o que for terror, por favor). Tem um vício novo a cada mês e surta horrores na conta pessoal no Twitter.

Related Post