Remake do anime de ‘Shaman King’ anunciado

Ele vaaaaaai venceeeer!

Do nada. Absolutamente do nada. É assim que podemos divulgar a notícia de que Shaman King terá um anime remake em 2021. A notícia caiu como uma bomba na galera otaka e agora ficamos no aguardo dessa animação maravilhosa que está por vir. Detalhes de estúdio ainda não foram divulgados, mas a seguir você já confere um pequeno vídeo de introdução ao anime. Já dá pra surtar ao ouvir Northern Lights, da Megumi Hayashibara, sendo usada como plano de fundo.

Vale lembrar que em 2017 o autor disse que recusou um remake de sua obra justamente por não poder ter a cantora de volta na série, além de querer o dublador de Yoh de volta. Parece que seu desejo se realizou.

Shaman King foi publicado originalmente na Shounen Jump em 1998 e teve ao todo 32 volumes – e com uma série para TV de 64 episódios. Porém, por mistérios que até hoje não foram totalmente explicados, o autor e a editora resolveram encerrar a série de forma brusca, deixando os fãs sem um final. Passaram-se 10 anos e Takei então começou a trabalhar em Shaman King Kanzenban, uma nova edição da série com cenas redesenhadas e com um final para sua história que os fãs tanto proclamavam. Ao total foram 27 edições definitivas.

Ao longo dos anos o autor então trabalhou em algumas one-shots e histórias paralelas de Shaman King até que em 2011 começou uma nova série na revista Jump Kai: Shaman King Flowers, continuação direta do mangá com o filho de Yoh como protagonista, que durou 6 edições. Além de Flowers ele também fez Shaman King Zero, um prequel dos personagens contando o passado deles antes de Shaman King, que durou dois volumes. Além de sua franquia mais famosa o autor ainda é responsável por outras duas séries: Jumbor (8 volumes e em andamento [será?] na Ultra Jump) e Ultimo (12 volumes e finalizado na Jump SQ. 19), série escrita por Stan Lee.

Em 2017, Takei teve uma briga com a Shueisha, mudando-se de vez para a Kodansha, onde já faz a série Nekogahara. Com isso, os direitos de Shaman King foram todos para a nova casa, dando origem a uma nova edição com 35 volumes encadernados digitais e que também serão lançados em versão física. Além disso, o autor atualmente publica a série Shaman King: The SuperStar, continuação direta de Shaman King Flowers. No momento o mangá possui dois volumes encadernados.

No Brasil, Shaman King foi publicado pela editora JBC em 2003 – somente a versão original e sem final. Já o anime foi exibido entre 2002 e 2006 na extinta Fox Kids/JETIX, tendo também uma passagem pela Globo em 2005.

Dih

Dih

Criador do Chuva de Nanquim. Paulista, 30 anos, editor de mangás da Panini Planet/Manga, designer gráfico e apaixonado por futebol e NBA.

Related Post