Semanada #19 – Naruto #561, Bleach #470 e One Piece #644

Muito poder em Naruto, mais do mesmo em Bleach e um pedido em One Piece. Semanada 19 para animar (ou não XD) o final de semana!

Olá, pessoal! Mais um Semanada aqui no blog.

Não tive muito o que comentar sobre os capítulos de Bleach e One Piece, me desculpem… ^^’ One Piece está bom, mas a história está avançando lentamente; Bleach nem se fala…  Já Naruto, os últimos capítulos estão cheios de revelações e informações, então, mais uma vez, o post sobre Naruto vai ficar grande. XD Quem não gosta, paciência… :p

Naruto #561 – O poder em um nome

Eu acho que mesmo quem não gosta do Madara tem que concordar que esse capítulo foi no mínimo interessante.

Kishilouco ainda continua fazendo rodeios quanto à verdadeira identidade de Tobi, e mais uma vez ressalta que Edo Madara está mancomunado com Tobidara e tem um plano formulado com ele.

Eu ainda continuo batendo na minha teclinha de que Tobi é Madara de alguma forma, seja uma parte da alma, ou uma parte da mente, ainda que Kabuto chame Tobidara de “falso Madara”. No entanto, como a Tsunade diz, independente de Tobi ser Madara ou não, todos vão temer esse nome, pois Kishilouco vem nos mostrando que Madara é um ideal – palavras da Tsunade – , afinal é Sharingan, Rinnegan e Mukoton num homem só!

Sobre Oonoki, o Tsuchikage, ele já lutou contra o Madara no passado (ele cita isso na saga da reunião dos Kages) e nesse capítulo foi torturado não por apenas um, mas por dois meteoros ( aquilo não são meteoros, mas enfim, rs…). Aliás, essas pedras gigantes me lembraram o Chibaku Tensei do Pain, mas vi que o pessoal nos fóruns ainda está discutindo sobre o nome dessa técnica. De qualquer forma, isso deixou o Tsuchikage em um estado bem crítico, e pelo final do capítulo, subentende-se que ele vai arriscar sua vida para lutar contra o Edo Madara nos próximos capítulos.

Tivemos também Tsunade anunciado que vai para o campo de batalha, o que podemos esperar disso?

Mesmo que muitos ainda subestimem a Tsunade como a mais fraca dos Kages, eu acredito que Kishilouco está guardando ela e o Raikage para uma luta importante, e agora pode ser o momento perfeito para ele fazer isso.

Outra cena interessante também nesse capítulo é a cena em que Madara testa sua invocação da Kyuubi, e confirma que ela está selada.  A Kyuubi, percebendo que está sendo forçada a ser invocada pelo Madara, diz ao galego que prefere ajudá-lo a derrotar o Edo Madara do que ser controlada por ele de novo. Ou seja, para a Kyuubi, que é um demônio, não querer ser controlada de novo por Madara, é porque o Madara é pior do que um demônio. LOL~ Mas engraçado mesmo foi vê-la dando seu chakra para o galego e torcendo por ele com um grande grito de guerra “VAI NARUTO!”. XD Eu ainda não encontrei alguém que não tenha se divertido com essa interação da Kyuubi com o galego. XD

Para terminar, Madara diz que quer testar algo, e o vemos utilizando o Mukoton, a habilidade do Hashirama. Usando todo seu poder em um golpe (incontáveis clones e Rasengans gigantes como sempre), Naruto parte para destruir toda a floresta de Mukoton, e Edo Madara,  com um sorrisinho de canto, reconhece que Naruto é uma criança interessante. LOL~


Bem, eu poderia falar muito, muito mesmo sobre esse capítulo, porque é o tipo de capítulo que eu estava esperando há algum tempo em Naruto, mas não posso alongar demais o post (mais??). Então quero falar apenas sobre o argumento mais comentado que li nos fóruns de Naruto dessa semana: Madara é mesmo tão forte como dizem?

No meu ponto de vista (que eu acredito estar muito óbvio e mastigadinho no mangá), tudo o que o Madara fez nesse capítulo foi como um reconhecimento de campo e um “aquecimento” (ele até entra em nostalgia ao ver o campo de batalha com as guerras que ele tanto gosta).

Podemos perceber isso pela forma que ele vai torturando o Tsuchikage com o segundo meteoro, ele dizendo para o Kabuto que queria testar algo (o Mukoton), a tentativa em invocar a Kyuubi apenas como se quisesse testar algo que, se desse certo, ok, se não desse, ele tem mais que isso, etc.

E o desespero de todos em campo é evidente: Tsuchikage vai dar a própria vida para derrotar o Madara; Tsunade (e provavelmente o Raikage) se viu na necessidade de entrar na guerra pra valer; Naruto dando tudo de si para um único golpe; Kyuubi preferindo ajudar o Naruto do que ser controlada pelo Edo Madara, e o desespero de todos que estão ali ao verem todo o arsenal que Edo Madara possui.

Para mim está muito claro no capítulo a tentativa do Kishimoto em mostrar o mais podereso nessa guerra até agora. Alguns estão dizendo que Madara, como Uchiha, não mostrou ser tão espetacular como dizem, porque tudo o que ele usou até agora foram técnicas do Rinnegan e o Mukoton que era do Hashirama, mas se esquecem que Madara revela que DESPERTOU o Rinnegan (esquecem também que Sharingan e Rinnegan no fim das contas são o mesmo doujutsu, uma vez que o Rinnegan é o último estágio do Sharingan) um pouco antes de morrer, e que foi na sua luta contra Hashirama que ele conseguiu  ter acesso aos poderes do Shodaime. Ou seja, toda o renome que Madara adquiriu como um adversário perigoso e alguém que rivalizava com o primeiro Hokage, foi conseguido pelo Sharingan, Mangekyou Sharingan e Eterno Mangekyou Sharingan.

Kishimoto até agora só nos mostrou algumas (porque parece ter muito mais) habilidades do Rinnegan e do MS de Edo Madara, então não se pode afirmar nada sobre seus EMS simplemente porque Kishimoto não revelou nada sobre isso por enquanto.

Eu acredito que ele não irá revelar muita coisa sobre o EMS de Madara enquanto não trabalhar o Sasuke na guerra, porque o EMS é a expectativa que o leitor tem quanto ao Sasuke depois que  ele transplantou os olhos do Itachi.

Enfim, dá para esperar muita informação e lutas muito boas nos próximos capítulos, tanto do Edo Madara, quanto de Tobidara, Tsuchikage e outros. E, sem dúvidas, o capítulo deixou claro que Madara é um inimigo perigoso, que além de ter o Sharingan, tem os poderes do Rikudou Sennin e a habilidade do Shodaime. Quer mais que isso? XD

Ponto alto do capítulo: Mukoton, Madara, Kyuubi e Tsuchikage

Ponto baixo do capítulo: Ausente \o/

Bleach #470 –  Pray for Predators


Continuando a a luta de Rukia vs. Riruka, Kubotroll nos mantém no mesmo ambiente fofinho do capítulo anterior com a Rukia como bichinho de pelúcia.

Eu confesso que estou achando essa luta um saco (LOL), mas a intenção do Kubo parece ser a de uma batalha mais psicológica do que uma luta de verdade, até porque a Riruka não parece ter muita coragem para matar a Rukia, assim como a Rukia também já declarou que não quer matar a Riruka.

De qualquer forma, Riruka acaba fazendo um discurso sobe “a lei do mais forte”, e vemos painéis com a infância dos fullbringers, que parecem ter tido suas vidas salvas no passado por Tsukishima e Ginjou.

Estamos esperando Kubotroll explicar melhor o passado desses fullbringers há tempos, será que agora vai? Porque isso está se arrastando há semanas, vocês podem procurar nos Semanadas anteriores que eu já escrevi algo como “parece que agora Kubotroll finalmente vai explicar a história dos fullbringers” e esse momento nunca chega…

Destaque também para Ichigo e Ishida vs. Ginjou.  No cenário deles as coisas não avançaram muito também. Ishida está analisando toda a situação e percebe que Ginjou tem as mesmas habilidades de Ichigo, como o Getsuga Tenshou. E é isso o que podemos dizer sobre o capítulo… ~~~\o/~~~ FUUUUUUUUUUUUU~ Praticamente nada mudou em relação ao capítulo anterior, esperemos pelo próximo…

Ponto alto do capítulo: Riruka

Ponto baixo do capítulo: Narrativa arrastada como de costume…

One Piece #644 – Zero


Tenho pouco para comentar sobre One Piece também…

Além de eu ter achado o capítulo dessa semana com uma estrutura confusa (tive que ler duas vezes o flashback e os diálogos de alguns personagens) a saga continua arrastada…

No entanto, diferente de Bleach, ainda que a saga esteja se arrastando, a cada semana toda a motivação dos personagens está sendo bem trabalhada pelo Oda.

A cena do príncipe pedindo ao Luffy para acabar com todo o ódio que foi construído na ilha dos homens-peixes foi muito bonita, e essa temática de preconceito e valores de uma raça é um tema que o Oda ambientou muito bem no universo de One Piece.

A moral da amizade e companheirismo também está ali para fechar o capítulo e com os Mugiwaras essas cenas sempre ficam emocionantes.


O ataque do Luffy contra o Hody no final ficou muito bem desenhado, só não consigo apostar que  o Hody vai ser realmente derrotado agora.

Ponto alto do capítulo: Princípe pedindo ajuda para o Luffy.

Ponto baixo do capítulo: Hody é um bosta.

por Cassi

Asevedo

Formado em design editorial e assistente editorial da Panini Mangás. Leio mangás e história em quadrinhos de diversos países. Assisto animes de forma esporádica. Sempre estou no Twitter.

Related Post