Checklist – JBC em novembro com duas estreias e alguns desfalques

Checklist de novembro da editora que é exemplo de organização e periodicidade de Hikaru no Go e Ranma.

Um mangá se “despedindo” e dois chegando. Esse é o mês de novembro da JBC, com o último volume disponível de Next Dimension e a estréia de Kobato e Code Geass – O pesadelo de Nunnaly. No mais, mês parado para a editora. Além disso, olha só que legal: nada de Ga-Rei, Lost Canvas, Ranma 1/2 ou de Hikaru no Go no checklist (também há a ausência de Futari H, mas esse eu particularmente não sinto falta). Me pergunto porque a editora não coloca de uma vez o mangá como bimestral e resolve de vez o problema com a periodicidade dos títulos. Vejo diversas pessoas reclamando dos atrasos da Panini e que ela mudou os mangás de mensais para trimestrais de uma hora pra outra. Mas qual a diferença entre a Panini e JBC nesse sentido? Uma muda no checklist e outra some com o mangá sem dar satisfação?

No mais, também é o primeiro mês com um mangá “oficialmente” trimestral da JBC graças a Kobato, novo mangá do Clamp em nossas terras (já que a NewPop desapareceu e junto com ela o mangá de Gate 7). Também nada de volumes novos de Hunter x Hunter ou do databook de Fullmetal Alchemist que foi anunciado durante o Fest Comix. Resumindo: é o que temos pra hoje. 

É meus amigos, como já vemos a algum tempo, estamos mal servidos de editoras nacionais por enquanto. Ambas tem erros, ambas tem acertos, mas nenhuma nos parece tratar como consumidores que lhes dão o dinheiro de cada dia. Enfim, deixa de papo e vamos para o checklist que vocês tanto pediram, deixando os sonhos para a L&PM.

Bakuman 4

Periodicidade: Mensal – Em andamento no Japão com 15 volumes (Distribuição setorizada)

Data de Lançamento: 10/11

Formato: 13,5 x 20,5 cm, 208 páginas

Preço: R$ 10,90

Quarto volume de Bakuman e a história só cresce em qualidade. Não há muito o que comentar a partir daqui, exceto que vão ser cada vez mais visíveis as dificuldades dos personagens em busca de realizar seus sonhos. Por curiosidade, Bakuman essa semana ocupou o primeiro lugar no ranking de popularidade da revista Shonen Jump, passando One Piece e Naruto. Isso mostra que o sucesso da série é merecido e as altas vendagens no Japão são reais. Aliás, mais uma bela capa, pra variar.

Saint Seiya Next Dimension 3

Periodicidade: Mensal – Em andamento no Japão com 3 volumes (Distribuição não revelada)

Data de Lançamento: Reprogramado para 11/11

Formato: 13,5 X 20 cm, 168 páginas

Preço: R$14,90

Exemplo de planejamento editorial não deve ser o forte da JBC, não é? A editora simplesmente jogou “fora” os 3 volumes de Next Dimension que tinha. Isso mesmo, a série já vai entrar em hiato. Mesmo que o quarto volume tenha sido anunciado no Japão, isso não significa nada. Como já dito por mim e por muitos outros, preferíamos o mangá com uma qualidade decente do que esse mensal sem nenhuma explicação lógica. Parabéns pelo papel jornal e pela falta de edição nas páginas do mangá. Qualidade JBC.

Fairy Tail 12

Periodicidade: Mensal – Em andamento no Japão com 28 volumes (Distribuição setorizada)

Data de Lançamento: 07/11

Formato: 13,5 x 20,5 cm, 190 páginas

Preço: R$ 10,90

Essa é uma das capas mais bonitas de Fairy Tail na minha opinião. Mas enfim, essa edição marca 1 ano de Fairy Tail no Brasil pela JBC. Um ano muito conturbado e mesmo sendo o principal mangá da editora atualmente (talvez dividindo com o próprio Bakuman) não teve a atenção que esperávamos. Claro que todos sabem que estou falando do trabalho de tradução do mangá, não é? Sinceramente, acho que a tradução de Fairy Tail nas mãos do casal Briggs foi uma das piores decepções do nosso mercado nos últimos anos. Uma pena. Ao menos esperamos que o trabalho deles continue somente nesse mangá.

MÄR 11

Periodicidade: Mensal – Concluído no Japão com 15 volumes (Distribuição setorizada)

Data de Lançamento: 11/11

Formato: 13,5 x 20,5 cm, 190 páginas

Preço: R$ 10,90

Olha o Sasuke na capa de MÄR! Brincadeirinha. Mais um título próximo de completar 12 edições, assim como Fairy Tail, mas que não dura só a 1 ano no Brasil. A JBC que se orgulha por nunca ter cancelado nenhum título, parece dar uma “paninizada” em alguns momentos, principalmente com MÄR e Hikaru no Go, que nunca tiveram uma vida tranquila por aqui. De qualquer maneira, esperamos que o título possa descansar em paz daqui 4 meses, quando chega aos 15 volumes.

Negima! 62

Periodicidade: Mensal – Em andamento no Japão com 35 volumes, 70 brasileiros (Distribuição setorizada)

Data de Lançamento: 16/11

Formato: 12 cm X 18 cm, 100 páginas

Preço: R$ 7,90

Provavelmente Negima foi o único mangá que eu coleciono atualmente que eu tenha dropado sem vontade nenhuma de voltar. Não por ser ruim ou por desméritos da obra. Gosto muito de Negima e do Ken Akamatsu mas… me desculpe, pagar R$7,90 por um meio tanko? Não, obrigado JBC. Esse é o maior abuso que eu já pude ver em um valor de mangá! E ainda se gabaram pelo título estar passando dos 60 volumes que deveriam ser apenas cerca de 30! Um absurdo, um abuso e um desrespeito TOTAL com o consumidor. Prefiro ficar com eventos ou comprar de pessoas que tenham dropado o mangá. Ou até mesmo quem sabe comprar do exterior. Lamento aqueles que não fizeram o mesmo ainda.

Rosario+Vampire II 2

Periodicidade: Mensal – Em andamento no Japão com 9 volumes (Distribuição setorizada)

Data de Lançamento: 11/11

Formato: 13,5 x 20,5 cm, 190 páginas

Preço: R$ 10,90

Como falei aqui antes do lançamento, a segunda fase desse mangá é extremamente superior à primeira no quesito traços, e segundo aos que acompanham o título é superior no quesito história também. Não há muito o que falar em um título que constantemente encontra-se na lista dos mais vendidos nos Estados Unidos e que continua em andamento até os dias de hoje no Japão devido ao sucesso da série. Falando nisso, o volume 10 deverá ser lançado em breve.

Neon Genesis Evangelion 2

Periodicidade: Mensal – Em andamento no Japão com 12 volumes (Distribuição setorizada)

Data de Lançamento: 21/11

Formato: 13,5 x 20,5 cm, 176 páginas

Preço: R$ 10,90

Uma vergonha. Não tenho muito o que dizer sobre essa nova versão de Evangelion. Estou devendo para vocês um review falando da qualidade do mangá da JBC, mas como estou atarefado em excesso com meu TCC da faculdade acabei nem tendo tempo para isso ainda. De qualquer maneira, posso adiantar: se você tem a versão da Conrad do mangá, não troque por essa da JBC. Não vale a pena pagar mais por um mangá com páginas de baixa qualidade e com uma borda azul ridícula no mangá. Tirando, claro, o desnecessário “Edição Especial” que fizeram questão de  colocar no centro da capa. Obrigado por acabar com mais um sonho nosso, JBC. E que esperemos o pior para Sakura e a nova versão de Cavaleiros.

Kobato 1 – Lançamento

Periodicidade: Trimestral – Concluído no Japão com 6 volumes (Distribuição setorizada)

Data de Lançamento: 08/11

Formato: 12 cm X 18 cm, 168 páginas

Preço: R$ 10,90

Olha só que engraçado: o primeiro mangá trimestral da JBC será Kobato, o mangá do Clamp que ocupa a vaga deixada por xxxHolic e Tsubasa como títulos do grupo por aqui. Por que um mangá de 6 volumes vai ser trimestral e demorará 2 anos para acabar? Eu não sei. Eu me incomodo com isso? Não, não me incomodo. Assim como não me incomodo com qualquer título da Panini que tenha virado trimestral. Para mim, já passou da hora de termos um mercado assim, que possibilite a compra de diversos títulos para nós. Agora vamos esperar para ver como se sairá essa versão nacional do mangá.

Code Geass – O pesadelo de Nunnaly 1 – Lançamento

Periodicidade: Mensal – Concluído no Japão com 5 volumes (Distribuição setorizada)

Data de Lançamento: 16/11

Formato: 13,5 x 20,5 cm, 184 páginas

Preço: R$ 10,90

E chegamos ao terceiro dos mangás da franquia de Code Geass por aqui. Eis o “menos pior” dos títulos que foram lançados até agora. Com isso a JBC só fica “devendo” Code Geass: Tales of an Alternate Shogunate e Code Geass: Renya of Darkness, ambos ainda em andamento. De qualquer maneira, serão 5 volumes na periodicidade mensal (porque não trimestral como Kobato?) e que mais uma vez devem vender por causa do nome estampado na capa. E devido à alguns pedidos, eu me rendo: haverá review desse mangá por aqui e uma surpresinha. Fiquem de olho.

por Dih

Dih

Dih

Paulistano, 28 anos, corintiano e fissurado em cultura asiática e pop. Formado em Design Gráfico na FMU. Atualmente é editor na Panini/Planet Mangá e cuida de títulos como One-Punch Man, MOB Psycho e Jojo's Bizarre Adventure.

Related Post