Hall da Fama #06 – Orihara Izaya

halldafamaoriharaHall da Fama com um dos cretinos que mais rouba corações de fangirls, Orihara Izaya de Durarara!!

Enfim, férias! E para começá-las, um post que particularmente me anima bastante: falando desta vez de um personagem de Durarara!!, anime do estúdio Brains Base lançado em 2010. Assisti há pouco tempo, e gostei tanto a ponto ficar viciada, surtada e apaixonada, rever várias partes, dar nota 10 no MAL, enfim (é, eu tenho muito disso >.<…). Acredito que devo até escrever uma review sobre a série em breve.

Mas enfim, hoje faço a vocês uma análise daquele que é o personagem mais odiado e amado ao mesmo tempo dentro da fanbase do anime, nosso Izaya-kun. E que já fique avisado, spoilers de Durarara!! (anime apenas) daqui em diante.

izaya1Se me perguntarem, diria que Izaya é o típico “bonitinho mas ordinário”. Por isso gosto mais do Shizuo divo, desculpa meninas. De fachada simpática, charmosinha e carismática, ele é um informante habilidoso e conhecido como um dos homens mais fortes em Ikebukuro, porém raramente se envolve diretamente em disputas e confusões, preferindo manipular a informação “por debaixo dos panos” e observar os resultados de suas ações; afinal, este é um de seus hobbies, observar o comportamento dos seres humanos e suas reações em situações adversas. É também membro dos Dollars, grupo criado por Ryuugamine Mikado, e o responsável pela desordem que se instalou no grupo.

Pois logo no segundo episódio temos um claro exemplo maldoso do quanto Izaya é capaz de manipular em nome de seu entretenimento: o personagem é introduzido mantendo contato por internet com uma garota em estado altamente depressivo devido ao adultério de seu pai e a falsidade em seu ambiente familiar. Disfarçado com um pseudônimo, Izaya cativa a menina com uma história que lembre a própria, convencendo-a a encontrá-lo em Tóquio para que possam cometer suicídio juntos. No final das contas, ao se encontrarem Izaya expõe toda sua filha-da-p***gem que estava apenas interessado em testar as reações e sentimentos da menina e saber se ela estava realmente disposta a acabar ali com a própria vida. Tudo isso é regado por pequenos discursos sobre a hipocrisia e medos humanos.

Izaya justifica seu hobby por ter uma paixão por humanos. Ele simplesmente possui uma tremenda capacidade para prever as ações tomadas entre as pessoas e como os conflitos entre elas se desenrolam, tendo forte participação em todos os eventos ocorridos durante a série. No episódio 24 do anime declara que esta é a razão pela qual consegue gostar de seu “maldito trabalho” de informante; ele “se diverte tanto ao ponto de ficar enjoado” e não se importa em ser odiado pela humanidade. Izaya ama a todos, porém não se importa com ninguém individualmente, apenas como peças de um jogo: uma metáfora para isso usada durante a série é um tabuleiro em que mistura peças de xadrez, Go e Shogi, representando os principais grupos em conflito em Ikebukuro e o caos provocado entre eles.

izaya3…Ah, espere. Não esqueçamos que há alguém que ele não ama… Heiwajima Shizuo. Os dois se conhecem desde os tempos na academia Raira, e foi ódio mútuo à primeira vista (com direito a um duelo de vida ou morte). Da parte do Shizuo, pode-se dizer que foi apenas uma antipatia natural; quanto a Izaya, pode ser que seu ódio tenha se estendido por ser incapaz de prever justamente as reações de Shizuo, diferente de qualquer outra pessoa. A inimizade chegou ao ponto de uma briga estourar ao menor encontro, e Izaya com certeza não é um alvo fácil (por sinal, sua agilidade e destreza são impressionantes)… E as fujoshis amam essa relação conturbada, claro.

E a partir desse ódio, assistindo ao episódio 24 pode-se realizar uma pequena reflexão sobre as outras motivações que o rapaz apresenta ao longo da série. Mais ou menos na metade da série, ele revela à Namie Yagiri aquela chata que estava gerando todo o caos como forma de forçar Selty, a Motoqueira Negra, a tornar-se uma Valquíria capaz de levá-lo Valhalla, um paraíso da mitologia nórdica, a partir de especulações que misturam desta mitologia e a irlandesa de onde Selty vem. Porém, após levar o merecido soco de Simon no final do anime, o russo expõe que na verdade Izaya possui um “complexo de Shizuo”, por não querer estar abaixo do loiro mais forte de Ikebukuro. Isso poderia ser uma motivação ao invés da suposta “busca por vida eterna”, embora eu imagine que isso só ficará mais claro com o avanço da Light Novel (difícil achar traduções, viu…) ou com uma nova temporada do anime (Brains Base, o que está esperando??).

izaya2Por fim, Izaya é uma das figuras mais manipuladoras em anime nos últimos tempos. Um rostinho bonito escondendo muita astúcia e pilantragem, com certeza. Pode ter ficado no coração de muitas fangirls, mas merecia muito mais do que um belo olho roxo no final do anime.

por Mary

Asevedo

Formado em design editorial e assistente editorial da Panini Mangás. Leio mangás e história em quadrinhos de diversos países. Assisto animes de forma esporádica. Sempre estou no Twitter.

Related Post