Anunciado anime de BTOOOM!

Mais um seinen chegando pelas mãos do poderoso estúdio japonês MadHouse.

E a MadHouse tem uma nova e tentadora obra pra trabalhar nos próximos anos. Depois de um ano ruim com as péssimas adaptações dos animes Marvel, a empresa agora tem pela frente o mangá Btooom! de Junya Inoue, mangá publicado na revista seinen mensal Comic Bunch e  que atualmente conta com 7 volumes encadernados no momento – ainda em andamento.

O anúncio pegou uma boa parte do povo de surpresa, já que poucos acreditavam em um anúncio dessa série por hora. Mesmo assim, até equipe de produção já está arrumada pra brincadeira. O novato Kotono Watanabe – que participou em alguns episódios de Chihayafuru e Madoka – será o cabeça do projeto. Já o roteiro ficará por conta de Yousuke Kuroda – de Gungrave, Trigun e outros do gênero. A equipe tem potencial, mas também não dá pra dizer muito logo de cara. Com certeza o mangá de Inoue poderá render um belo anime nos melhores moldes que a MadHouse sabe fazer, mas também não dá pra botar a mão no fogo tão cedo.

A história gira em torno de Sakamoto Ryuuta, um típico cara que não faz nada da vida em seus plenos 22 anos (o cara é praticamente um clone meu) e que só tem um verdadeiro orgulho na vida: ser um dos melhores jogadores do MMORPG chamado BTOOOM! (Tipo eu também, mas no meu caso eu só jogo FIFA e não sou um dos melhores jogadores.) Porém um dia alguma coisa estranha acontece com ele enquanto dormia e ele simplesmente acorda no meio de uma ilha (LOST!) e não lembra de nada do que aconteceu, e também não sabe de ninguém que possa lhe ajudar. Por incrível que pareça, o cara simplesmente foi jogado no mesmo mundo do game em que ele é viciado e agora terá que sobreviver aos perigos do mundo virtual, só que dessa vez no mundo real.

Para quem gosta de ação, algumas cenas a la Resident Evil (mas sem zumbis, gente) e uma dose de Battle Royale, já pode se animar com a série. E também tem ecchi e muita cena +18, podem ficar tranquilos. Só tomem cuidado na empolga, já que muito provavelmente será mais um daqueles animes que terminarão sem mais e sem menos. Mas pelo menos devem valer os seus 20 e pouquinhos minutos semanais.

por Dih

Dih

Dih

Paulistano, 27 anos, corintiano e fissurado em cultura asiática e pop. Formado em Design Gráfico na FMU. Hoje é editor assistente da Panini Mangás e colecionador compulsivo de quadrinhos em geral.

Related Post

  • Gabrielrhcp

    First!

  • Nano

    Me lembrou .hack ‘-‘

  • A garota da última imagem parece DEMAIS com a Babydoll de Sucker Punch o__o

    Quanto ao roteiro, realmente, achei muito fraco ‘-‘ Só é um motivo pra ter violência e lutas. Não que eu não goste desses dois últimos, mas realmente não pretendo passar perto dessa série mesmo que o Madhouse seja um dos estúdios do coração D:

    • PENSEI NISSO NA HORA! SUCKER PUNCH TOTAL!

    • Paulo

      Pior que parece mesmo com a Babydoll, até porque a imagem nos faz lembrar daquela parte em que ela luta com os samurais.

  • Anime mais divertido do ano vem ai, expectativa +8k pros 26 eps de BTOOM!

  • Nem me empolgo mais com adaptações de mangás violentos. Por mais que a história seja interessante, o excesso de violência e/ou sexo sempre leva para o mesmo caminho: toneladas de censura e deturpação da história – e nesse caso ainda pode-se adicionar um final em aberto, já que a série ainda está em andamento. Tem cara de que vai ser o típico “anime de divulgação do mangá”, como “Deadman Wonderland” e “Zetman”. Apesar de ser mal-executado, a história pode acabar despertando a curiosidade de quem não conhece o material original, e levar mais leitores para o mangá. E é só. Não conheço a série, e nem estou com vontade de conhecer – O mangá de Zetman já supre minhas necessidades de gore, obrigada, rss (aliás, espero que o anime meia-boca que está passando atualmente consiga pelo menos fazer alguma editora brasileira publicar “Zetman” por aqui!).

  • Nuss, agora que vi isso me lembrei, eu tenho esse mangá p/ ler no PC, mas esqueci .-.

    Não sou chegado em Seinen, mas pretendo dar uma olhada xD

  • é no mesmo conceito de .hack porem este possui um toque hardcore.sinto que fara fama pois .hack fez mesmo sendo mais leve

  • Chronus

    Hm, plot bem usado com apelação ecchi, isso realmente não disperta meu interesse, mas obvio que vou dar uma chance, sempre vejo os 2 primeiros episódios antes de falar. Com toda certeza vão adaptar o final ou deixar em aberto, mas tem casos que eu acho isso até bom (vide Ao no Exorcist).
    só vi o começo de .Hack Sign, mas a idéia era exatamente igual. enfim, o negócio é esperar…

    • Semper

      Não cara, a ideia não é exatamente igual. Bem diferente diga-se de passagem. BTOOOM! é um jogo onde os caras experenciam na pele o que acontece ali, caso alguém morrer no jogo, morre na vida real. E .hack é um universo virtual onde qualquer pessoa pode entrar, jogar e sair no momento em que quiser, com exceção do personagem principal do //SIGN que ficou preso no jogo, tendo também perdido a memória de quem era na vida real.

  • Paulo

    Acho que esse tipo de obra sempre vale dar uma conferida, espero que a MadHouse se recupere das últimas escorregadas que o estúdio sofreu.

  • O negocio é esperar para ver

  • Parece até Sword Art Online.

  • |Kaito|

    Madhouse = 25 Episódios + 4 anos = 2ª Temporada

  • Assistirei, o traço é bonito e faz tempo q quero algo desse tipo (sem coragem de começar Battle Royale ou Gantz)

  • eu dropei o manga porque já tava lendo muitos mas eu posso afirmar que até onde eu li é muito foda

  • Roger

    Parece legal, vou dar uma chance com toda certeza.

  • Walquiria (@walquiriayouko)

    Vou dar uma chance para os 2 ou 3 primeiros eps, pois o design dos personagens é bonitos e tenho começado a trocar os shounens tradicionais pelo gênero seinen. Contudo, não fico na expectativa, pois com a obra em aberto, o final muito provavelmente será uma adaptação, um final aberto ou uma versão psicodélica alternativa. Contudo, espero que seja bom, afinal depois das escorregadas, a esperança é que esse anime ajude a MadHouse a se reerguer.

  • lol

    Espero que não vá para o lado apelativo como High School of the dead. :/

  • Alrei

    Tem uma coisinha errada aí.
    Não é que ele vai parar dentro do jogo, o que acontece é uma reprodução do jogo BTOOOM! na vida real, na tal ilha.
    Ou seja, nenhuma semelhança com .hack e parecidos.

  • Alrei

    E eu tô muito feliz com essa notícia. Já acompanho esse mangá faz uns meses e acho ele incrível.
    Só espero que não abusem da censura.