Fim de Katekyou Hitman Reborn na Shounen Jump

Adeus Tsuna e X-Burner.

Agora foi. Confirmado o fim do mangá de Katekyou Hitman Reborn na revista Shounen Jump. O título da nossa tia Akira Amano terminará na edição 50 da revista, totalizando 409 capítulos e 42 volumes ao seu final. O mangá é publicado na revista desde abril de 2004 e se firmou como uma das potências da mesma durante algum tempo, chegando a ganhar uma adaptação para anime e diversos produtos relacionados como games para diversas plataformas e 5 visual novel. Porém a fama do título foi decaindo (apontado por muitos pela queda do mangá após o fim da saga do futuro) e o mangá conseguiu apenas se firmar como um dos títulos intermediários da revista, embora ainda obtivesse uma boa vendagem dos volumes encadernados.

O mangá ainda não é publicado no Brasil, mas agora não deve demorar para ser anunciado (já que possui uma fanbase bem forte por essas bandas). Apesar do sucesso no ocidente, o título foi cancelado pela VIZ nos Estados Unidos, mas o lançamento do anime por lá acendeu uma pequena chama de esperança para que a editora continue a publicação. De qualquer modo, para muitos “acabou porque já era tempo”. Os fãs mais hardcore lamentarão a ausência do título nas próximas semanas, mas era um fato que ele não tinha mais a mesma força de algum tempo atrás – era uma questão de tempo até esse final ser oficializado.

Boatos dizem que Akira Amano estaria envolvida no projeto de um mangá de Psycho-Pass (anime no qual ela é a responsável pelo character design) mas por enquanto não passam de boatos. A autora deve dar um tempinho de descanso depois de mais de 8 anos trabalhando na Jump. Que ela volte firme e forte, porque querendo ou não, Reborn vai deixar saudades em muitos.

Dih

Dih

Paulistano, 28 anos, corintiano e fissurado em cultura asiática e pop. Formado em Design Gráfico na FMU. Atualmente é editor na Panini/Planet Mangá e cuida de títulos como One-Punch Man, MOB Psycho e Jojo's Bizarre Adventure.

Related Post