Review – As aventuras e desventuras em Tonari no Kaibutsu-Kun

headerUm romance fora do normal, mas que ao mesmo tempo consegue beirar o clichê.

Hey galera, eu sou o Marcos estarei escrevendo para vocês aqui no Chuva de Nanquim a partir de agora. Começarei com uma review de um anime da temporada de Outubro de 2012, Tonari no Kaibutsu-Kun. Vocês não devem saber mas esse anime me conquistou de uma forma inimaginável, tendo sido consagrado por mim o melhor anime dessa última temporada, mas é claro que gosto não se discute.

Tonari no Kaibutsu-Kun Screen (2)O anime foi adaptado de um mangá ainda em lançamento que contém 10 volumes encadernados e ainda está em publicação, foi produzido pelo estúdio Brain’s Base contendo 13 episódios, tendo uma equipe mais que divina para um shoujo, contendo Hiro Kaburaki na direção. Isso mesmo galera, o mesmo de Kimi ni Todoke que foi um dos animes shoujo mais aclamado dos últimos tempos. Noboru Takagi no roteiro, o mesmo de Baccano! – que foi um dos melhores animes que saíram pela Brain’s Base – e por fim temos Masato Nakayama na trilha sonora. O texto pode conter spoilers, mas nada que estrague a história ou o modo como você vai encara-la, leia por sua conta e risco.

A história

Yoshida Haru é um garoto que foi suspenso do colégio por ter batido em alguns alunos do colégio, sua suspensão já havia acabado mas ele não queria voltar mais para a escola por ter perdido a confiança em todos do colégio, foi então que a professora pediu para Mizutani Shizuku levar as anotações da aula para ele e tentar convencê-lo a voltar a frequentar a escola. Porém após alguns devaneios do garoto ele acaba confundindo tudo e pensa que eles são amigos, e após mais algumas desventuras ele acaba se confessando para ela e lasca um beijo daqueles.

Tonari no Kaibutsu-Kun Screen (6)Só que Shizuku tem uma personalidade fria e anti-social, o que torna difícil a aproximação e a interação de outrora, já que tudo que ela quer na vida é ser sucedida nos estudos e profissionalmente. Ela fica estudando todo o tempo e prefere isso do que se enturmar com as pessoas da sala, o que gera certa rivalidade dela com outros personagens do anime. Enquanto isso Haru se apresenta um personagem com “cabeça de vento” – no início pode parecer que ele é ingênuo e bruto mas com o decorrer de tudo ele se mostra carinhoso, ciumento e apaixonado, mas isso apenas quando está do lado de Shizuku.

Considerações Técnicas

“Tenho muitas coisas para contar. Sobre ela…

[imagem]1Sobre ele…

[imagem]2Sobre ele…

[imagem]3Sobre ela…

[imagem]4E sobre ele…

[imagem]5E ele. “

[imagem]6E assim começa a narração de Tonari no Kaibutsu-Kun, um anime que muitos podem ter deixado de lado por ter uma proposta um tanto quanto boba ou de não ter se destacado muito em uma temporada cheia de títulos aguardados por muitos, um shoujo com uma pitada de comédia (digamos que na verdade é muita, mas muita comédia mesmo), e a série tem isso como um lado bom: ela consegue transitar entre a comédia e o romance suavemente de uma maneira simples e que não fique enjoativo ao decorrer da história.

Ao longo da história nós vamos conhecendo outros personagens, como por exemplo, a tímida Oshima, a fofa Natsume, o traiçoero Yamaken e até o misterioso Yuzan, que de uma forma ou de outra acabam cruzando seu plot com os personagens principais e causando momentos hilários. Sendo assim temos muitas construções de enredo muito legais e dramáticas, como por exemplo, o passado de Haru e o seu medo de se encontrar com seu irmão Yuzan. Foram deixadas muitas pontas soltas no anime, mas o mesmo acabou com uma ideia de que vai ter uma segunda temporada, e ainda por cima o mangá continua em andamento, então não duvidemos de nada. O grande problema é que o estúdio Brain’s Base não parece parece ser muito fã de continuações para seus animes, como por exemplo Durarara!, que foi consagrado o melhor anime de 2010 e até hoje nada de uma continuação (eu e muitos outros fãs desse anime estamos no aguardo desse anúncio). Além disso, as vendas de Tonari não parecem ser o suficientes para uma continuação.

Tonari no Kaibutsu-Kun Screen (3)Ambos os personagens vão crescendo tanto emocionalmente quando mentalmente no decorrer da história, no início de tudo Shizuku era uma garota fria, não pensava em se enturmar ou de conversar com outra pessoas. Já ao longo do anime ela consegue confessar seu amor por Haru e se preocupar com o que acontece com ele e todos ao seu redor, apesar de que seja de uma forma tsundere. Haru, de um delinquente com problemas de se socializar com as pessoas ao seu redor, se tornou um garoto apaixonado e prestativo, sempre visando o bem daqueles de quem gostava ou chamava de amigo. Vemos o mesmo em outros personagens, como por exemplo o Yamaken, que começou a se apaixonar por Shizuku e faz de tudo para criar ciúmes em Haru e fazê-la desistir do mesmo.

Tonari no Kaibutsu-Kun Screen (12)Quanto a estética visual do anime, ficou um show aos olhos de quem estava assistindo, as cores estavam muito vivas, conseguindo destacar muitas coisas. E diferente de muitos outros shoujos, esse tem uma carga um pouco mais pesada em cima do tema “namoro”, mas que é ligeiramente abafado pela comédia excessiva do anime o que pode ser um ponto positivo ou não, tá que o tema namoro não é algo tão diferente nesse gênero.  Porém não sei por qual motivo, nesse anime ele é constantemente usado em excesso. Na época do lançamento do primeiro episódio ocorreu algumas discussões internet a fora, já que algumas traduções haviam adaptado uma frase errada, ou não [?], na qual o Haru teria falado para Shizuku : “Vou te estuprar.”, mas rapidamente concertaram para “Vou te bater”. Mesmo que pareça algo bobo, isso levou uma certa galera a nem dar uma chance para o anime, ou critica-lo espinhosamente internet a fora.

Tonari no Kaibutsu-Kun Screen (13)Comentários Gerais

Para todos que acompanharam e gostaram muito assim como eu, já foi anunciado um OVA que vira junto ao 12º volume encadernado. Esse OVA deve fechar algumas pontas soltas que eles deixaram ao longo do anime, ou apenas vai ser para deixar a gente com um gostinho de quero mais.

Dado em conta que esse anime foi lançado em uma temporada com títulos de peso, tanto em qualidade quanto variedade, e que teve outros shoujos para competição, ele acabou se destacando para alguns fãs casuais, pois conquistou muitos que nem ao menos gostam do gênero, como em meu caso pelo menos. É uma série que conquista o telespectador já no seu primeiro episódio, apesar de toda a carga do gênero que foi jogado em cima de nós.

Tonari no Kaibutsu-Kun Screen (14)O final da série se mostrou algo que diverge ideias: algumas pessoas gostaram e outras não. Tudo depende do modo em que você encarou o anime durante todos esses episódios. Contando a ambientação e a demografia o final foi algo digno e que valeu as 13 semanas de acompanhamento, mas usando o critério fim de temporada, foi muito fraco, deixou pontas soltas e nos apresentou uma possível segunda temporada que pode não chegar. Mesmo assim eu ainda consigo dizer que Tonari no Kaibutsu-Kun foi o melhor anime da temporada na minha opinião, apesar de seus altos e baixos.

Você pode assistir Tonari no Kaibutsu-Kun no Crunchyroll Brasil clicando AQUI.

por Shiro do blog Mayonaka Zone

Asevedo

Designer de formação, atualmente sou Assistente editorial da Panini Mangá. Acumulo mangás e HQ's, que espero conseguir ler um dia. Assisto animes de vez em nunca.

Related Post

  • Sinceramente eu resisti bastante em assistir esse anime… achei que seria algo bem bobo e meloso (como muitos shoujos por ai…) como não sou grande fã do gênero dificilmente dou alguma chance para animes desse tipo…

    Nem me lembro bem porque, mas a algumas semanas decidi começar a assistir, como tem lá no Crunchyrool não precisaria nem baixar, então comecei a assistir…

    Como o autor do post comentou, realmente é um anime que cativa já no primeiro episódio e eu simplesmente viciei no anime desde o começo, assisti os 4 primeiros epis numa tacada só…. depois assisti até o 10, e depois fui assistindo semanalmente até terminar.

    Ótimo anime, seria muito bom ter uma segunda temporada… mas mesmo que não tenha vou continuar acompanhando pelo mangá agora.

  • Bom em particular eu gostei do seu reviw mesmo deixando “muitas pontas soltas” assim como o anime. Você poderia ter comentado um poco sobre o tema “amizade” que surge no anime, os primeiros amigos de Haru e Shizuku, a forma boba, porém fofa, em que Natsume se sensibiliza pelas pessoas, querendo amigos para ajudar ou para ajudá-la. Bom e também tem os romances alheios além do nosso tipico romance “clichê” em que nosso personagem principal se apaixona por uma menina pela qual ninguém mais se apaixonaria e então as pessoas começam a se apaixonar por ela, assim suscetivamente(mesmo com tipos de personagens com uma personalidade “inédita” ainda há o clichê). Um outro romance que “surge” no enredo do anime, que é o da Natsume pelo Mi-chan-san (Primo mais velho do Haru) e o do Sasayan pela Natsume, onde nenhum percebe o amor do outro. Dai vão surgindo novos amores no “grupinho” principal, entre eles ou com alguém de fora, o que apimenta um pouco a relação do próprio grupo “ficaremos juntos mesmo depois disso? Ainda poderemos ser amigos?” e assim por diante, o que fica bem claro quando a Natsume, fala ou pensa isso.
    Essa primeira temporada (assim como muitos esperam) do anime, deixa claro que há muito a acontecer no anime, que há muita coisa para ser desenvolvida e de certa forma te cativa a ler o mangá pelo medo de não sair uma nova temporada. E eu gostaria de ressaltar que o mangá é melhor, segundo minha amiga com um ótimo gosto, uma vez ela me disse que um mangá era muito melhor que o anime, e o que aconteceu? Droppei o anime e agora só leio o mangá porque o anime era realmente muito ruim, não estou dizendo que é Tonari no Kaibutsu-kun, é um anime completamente diferente que não tem relação alguma com Tonari.
    Ps: Em momento algum disse que você não fez um reviw ruim, muito pelo contrario é ótimo, e se você não viu o anime o reviw sem duvidas fará você velo, espero ver mais reviws seus!
    E é realmente isso, Tonari é um dos melhores títulos desse ano, sem duvidas, um shoujo doce que repentinamente torna-se apimentado, amargo e volta a ser doce e fofo, uma mescla de sabores que faz você não se cansar nos episódios. Um shoujo agridoce.

  • cojiroh

    Tonari no Kaibutsu-kun até o episódio 5 +/- era meu anime preferido da temporada, até por que eu estava muito esperançoso por conta da equipe de produção. Hiro Kaburaki, o respeito muito por ter dirigido meu anime preferido, Kimi ni Todoke, e ele foi o maior motivo para que eu acompanhasse esse anime. Se formos olhar pelo lado estético, tudo ficou perfeito, animação colorida, com detalhes bonitos em todos os lugares, quanto a isso eu não tenho que reclamar, o defeito, em minha opinião, estava na própria história. O anime inteiro ficou nessa coisa morna, nada de um climax ou alguma coisa do tipo, não tinha motivos para os personagens ficarem separados já que se gostavam e também a personalidade do Haru começou a me irritar, ele machucou a Shizuku (literalmente) muitas vezes, depois ficava todo santinho, bipolar. Tá, isso é uma avaliação pessoal. Outra coisa que não gostei, é que quase todos os personagens tinham características frias, deixando o anime uma coisa morta, que poucas vezes me emocionava, acho que isso deixou todo o romance muito irreal. Bem, mesmo assim, foi um bom anime, não me arrependo de ter acompanhado, talvez eu procure o mangá para ler…

    • Diego

      Concordo plenamente contigo.Estava para ver uma idéia excelente ali e poderia ter um ótimo desenvolvimento, mas acabou ficando em um ‘vai não vai’ sem motivo algum, ou pelo menos, nenhum motivo convincente o bastante. Os dois acabavam sendo muito idiotas as vezes, e não era o tipo que sentíamos pena e queríamos ver a sua evolução, era daqueles que queríamos bater mesmo de ser tão irritantes. Talvez no começo isso fosse aceitável, mas depois de tantos motivos fracos, decisões duvidosas, e falta de força dos personagens, acabou ficando bem aquém do que eu esperava.

      Não se pode dizer que isso seja ruim porque eu tinha altas expectativas quando comecei a ver esse anime. Fui assistí-lo apenas pelos prints das cenas em que o Haru dizia que gostava da Shizuku “sexualmente falando” e “comeria você fácil”. Morri de rir com essas frases e gostei dessa forma direta e fui acompanhar o anime. Foi bom, recomendo com certeza, mas esperava ainda mais. Até hoje tenho como Shoujo mais divertido Kaichou wa Maid-sama, achei que Tonari poderia fazer algo no mesmo nível, mas acabou que ficou estagnado e não conseguiu evoluir tanto.

      Considerando que vários outros ainda não terminaram, acho que não deveria ser citado como “melhor da temporada” por melhor que possa ter achado. Particularmente estou adorando Jojo’s e Psycho-Pass, e Magi também é bom, embora tenha perdido um pouquinho de força nos últimos episódios, mas ainda se mantém. Mas como o Shoujo da temporada, Tonari se saiu muito bem, isso eu concordo.

      Durarara! Porque não continua!!??? T_T

    • Ryogachan

      Sua análise reflete perfeitamente minha opinião sobre esse anime.

  • Pingback: Ao som de Feel So Moon! | AniTuga!()

  • Como eu gosto de outro estilo de anime fico com Magi e Psycho-Pass..

    • eu tambem e jojo,mas gostei de tonari,so que eu acho que não voltará devido ao desinteresse dos japoneses na serie

  • O anime é ótimo, maaaaaaaaaaas, o final é ridiculo :v
    Por esse final deixou de ser om eu melhor romance da temporada, ficando no seguinte: Chu-2 > Kamisama hajimemashita > Suki-tte li na yo = Tonari (empate)
    Mas de fato, Tonari é lindo e divertido de se ver, recomendadíssimo.

  • Bela Review Marcos.
    Penso que o tema “romance” foi pouco abordado no anime , de uma forma diferente, é o tema central, só que mais focado com o humor, o que não desmereceu em nada a obra em si.
    Se o propósito da mesma foi fazer o telespectador rir, comigo teve um grande êxito, ri em todos os episódios, chegou a me surpreender as vezes. Gostei do anime, não foi o melhor dessa temporada pra mim, mas com certeza estára entre os melhores que já assisti.

  • no final alternativo o Yamaguchi faz uma denuncia anonima e o Haru vai preso pela policia enquadrado na Lei Maria da Penha por agressão fisica contra a Shizuku várias vezes durante o anime e tambem pelo quase estrangulamento da Ooshima.

    hehe

    • kkk, merecia mesmo ir preso!

  • Gabriel

    É um ótimo anime que fez entrar na “onda” dos shoujos, minha estatistíca:

    Ínico: Ótimo
    Desenvolvimento: Ótimo
    Final: Ruim

  • Eu achei o anime bom, porém o final ficou abaixo da média.
    Mas é um anime que valeu apena em acompanhar. Certamente não é o meu preferido mas está no meu TOP 5.

  • Acho que assistirei hein?! Fiquei curioso. E POR FAVOR ChuNan! Mais shoujo no blog!

  • Leonardo

    é bom, mas tu dizer que é o melhor da temporada é forçar demais HAHAHAH sim eu sei que é opinião pessoal, mas poxa, em uma temporada com Jojo, Magi, PP, RN não da pra ignora-los.

    sobre o anime, ainda estou esperando os ultimos 2 episodios mas gostei. nunca fui de assistir shoujo/slice of life, mas esse e Chu2 foram gratas surpresas, principalmente pelo 2º que pouco tinha hype (como tinha Tonari)
    mas enfim, quando eu ver o final volto pra comentar !

  • dbatta

    Pode-se dizer que foi um dos destaques de 2012. Valeu a pena assistir

  • Ótimo anime! Me fez ter vários momentos de diversão e de ansiedade.
    Viciante e… Um final que não tá nem pra cá e nem pra lá.
    Vale a pena ser conferido. ^^
    – Quarto de Nanquim –

  • Yoko-chan

    Eu mais ou menos que gostei. só acho que teve muita enrolação. quando um gosta do outro, o outro não quer mais … mas ainda assim me fez rir e acho que vale apena, sim, assistir! : )

  • Raion

    PAUSA !

    Ele foi expulso ou suspenso, afinal ? O.o

    • Gabriel

      Suspenso.

  • HeverGM

    É mais um daqueles animes que vai para a lista:
    “Adorado no Ocidente… e fiasco no Japão”

    Na temporada passada tivemos Binbougami ga! entrando nesta lista… e agora Tonari no Kaibutsu-kun irá se juntar também.
    UMA PENA… o anime foi divertido demais, mas dentre os Shoujos desta temporada eu prefiro Sukitte.

    • Para mim, ‘Sukitte’ é o pior anime da temporada (Considerando só os que eu vi) dropei no episódio 3, nem vou falar todos os meus motivos, mas um deles é que eu ODIEI a personalidade do “bonitinho” da história.

      • HeverGM

        Dos que eu dropei, o pior anime foi Magi… quase empatado com Sakurasou.

      • Katayose

        Dropei Sword art no 15 e nem me arrependo kkkk

  • Ótima review. Ta aí um anime que preciso terminar de assistir ‘-‘

  • N

    Só não concordo com uma coisa: o Anime enjoa sim!

    Quando optaram por alongar as peripécias do casal, a coisa ficou horrível! Até as piadas caíram de patamar! Enquanto tudo podia fechar em 7 episódios do que seria um desenho épico, fomos enrolados em 13 (e provavelmente mais uns 13) de uma forma desinteressante e até desinteligente!

    Pena!

  • Lita

    Sério, o melhor shoujo da temporada foi Kamisama Hajimemashita, muito mias engraçado q Tonari, e olha q eu comecei a assistir Tonari primeiro, e tinha achado mto bom, engraçado e me identifiquei c a Shizuku, masssssssss Tomoe e Nanami são excelentes! vontade de agarrar todos eles!!!! E o q falar da musica de encerramento e abertura? Tudo a ver! Sutte-sei-lá -o q , achei que foi o pior, dropei no 9, n suportei a protagonista, o cara fala mil vezes , demonstra e ela lá parada, ser timida eh algo, mas burra eh outra, resultado q ela ficou sem atrativo nenhum, n sei talvez o mangá seja melhor, n sei, faziam um mega drama por algo mega bobo….

  • Theon

    Tonari no Kaibutsu-kun foi aquele anime que me cativou logo no primeiro episódio. E foi por eu ter gostado tanto, que me decepcionou, de certa forma. Lendo o mangá, percebi que esse anime era para ter 25 episódios. Deixaram algumas partes de lado. Focaram mais na Shizuku e no Haru, enquanto personagens muito carismáticos, como a Natsume, não foram explorados (e mesmo assim, ainda acho que faltou explorar mais a Shizuku e o Haru, individualmente.). Por isso deveria ter 25 episódios.

    E mesmo assim, pra se gostar mesmo dos personagens, acho que vc tem que entender o jeito deles. Eu muitas vezes fiquei irritado com a Shizuku com esse “te amo”, “não te amo”, etc.. mas isso faz parte da personalidade dela. E foi isso que me fez gostar dela. Ela se esforça pra lutar contra a própria personalidade e se importar e notar mais os outros, mesmo que um pouco. As mudanças dela são meio sutis, se você comparar ela no começo e no final do anime. Ainda sim, ela mudou.

    É uma pena as vendas não tenham sido tão boas para se ter uma segunda temporada. É um anime muito bom, com um potencial muito grande, que infelizmente, não foi completamente aproveitado. Mas eu gostei de ter acompanhado.
    flww

  • Uma coisa que não intendo … como esse anime consegue me prender tanto mesmo com um romance que não tem drama algum, quero dizer ja esta resolvido os 2 se amam, Triangulo amoroso cliche from hell e outras coisas, Tnc pq não consigo parar de assistir mesmo asim .

  • No começo até curti… mas Chuunibyou demo Koi ga Shitai foi muito melhor, em minha opinião, dentre os que assisti no genero, só perdendo para Sakurasou no Pet na Kanojo, esse sim, para mim o melhor do ano.

  • Nanii

    Também prefiro Sukitte. O final também ficou no nível do anime… Já Tonari decaiu bastante nos últimos eps. Começou bem e terminou mal. Esperava mais. Porém, adorei a arte e as cores do anime.

  • Vivian

    Tem o manga gente! ^^

  • eruru

    Mais um excelente anime que assisto por recomendação do ChuNan. Obrigado!

  • Pingback: Eu Recomendo Especial Parte 2 – Os melhores de 2012: Verão e Outono | ChuNan! – Chuva de Nanquim()

  • Pingback: Review – Sukitte Ii Na Yo: Afinal, um amor pode te mudar? | ChuNan! – Chuva de Nanquim()

  • Quero assistir 🙂

  • Gostei do review… o anime é bom, se bem que as tais “pontas soltas” são um saco, nunca se sabe quando sairá a continuação. Gosto do jeito engraçado, nunca fica carregado demais no romance, típico Kimi ni todoke… bem mais leve e divertido.

  • Postei no meu facebook que esse era o melhor anime de 2012 e quase me deram 1 tiro . Recomendo, o haru é uma figura e as partes q aparecem o nagoya sao as + engraçadas !

  • O anime viu-se bem, apesar de algumas falhas. O seu ponto forte era a comédia, ainda que este aspecto não fosse perfeito, e o romance deixou um pouco a desejar, na minha opinião, apesar dos monólogos interiores interessantes da Shizuku Mizutani. Creio que o episódio final conferiu à serie um final apropriado; por um lado o público confirmou que a Mizutani afinal até era consciente de quem a rodeava e dos sentimentos que tinha pelo Haru, por um lado deixou uma abertura para uma segunda temporada que poderá explorar a relação entre ambos e as histórias pessoais das outras personagens. Se este foi um anime de uma só temporada, não teve grande impacto, mas foi engraçado.

  • Já desisti de ver este anime 2 vezes, esta ultima esta semana. Não me cativou nada, os primeiros episódios me mostrou mais um anime chato e nada atraente. Um dia eu arrumo paciência pra vê-lo.

  • leonardo

    Yo,eu tava conhecendo o site(achei épico)e achei essa divulgação de um anime do gênero romance,u pessoalmente é o meu gênero favorito,aqui falace muito bem,do anime…quando essa pagina foi criada,demorou para escrever tudo aquele comentario,e parecia em portante pq vc diz“o anime que me conquistou´´…sim,claro eu tinha que velo sem hesitar um segundo,pois bem eu acompanhei o anime,sim eu gostei muito e tbm não queria que acabace,gostei da historia,e de certa forma os personagens te atraien,com suas personalidades,eu certa mente estava esperando e procurando por um anime assim…GOSTO de ler o que vc acha dos animes que vc assiste,e tbm queria que postasse mais coisas do tipo,ok,obrigdo flw

  • Maria Clara

    Eu sinceramente amei o anime tonari no kaibutsu-kun ! Acho que teve um pessoal que ficou meio chocado com a relação dos dois protagonistas , mas particularmente eu achei bem mais legal que Kimi ni Todoke , por exemplo . Acho o Haru bem mais masculino que o Kazehaya … ¬¬
    Enfim , achei bem legal o fato das coisas acontecerem relativamente rápido entre os dois . Já se beijaram , já tiveram várias momentos kawaii e outros nem tão kawaii assim u_u Mas isso só prova o quanto o anime é mais maduro … e a protagonista tem personalidade , o que eu admiro muito !

  • mika

    na minha opniao. foi melhor anime shoujo q eu ja assisti e torco muito pra q tenha mais uma temporada!!!!

  • Na minha opiniao foi um dos melhores animes que assistir ,achei ele muito engraçado e admito que valeu apena assistir ele ,mas pelo visto o final me deixou grandes duvidas e deixando um gostinho de quero mais.
    Espero junto com todos que tenha uma 2 temporada ,para tirar nossas duvidas e ver qual o desfecho que se da historia e em saber se deu tudo certo entre eles.

  • Kanojo no kotto, kare no kotto, kare no kotto, kanojo no kotto,kare no kotto soshite kare no kotto >.<

  • Guilherme

    Sabe, eu não sei muito o que dizer pq vi esse anime ao mesmo tempo de Tokyo Ghoul, e é Tokyo é sensacional e acabei perdendo o foco no Tonari. Mas eu não gostei do final, o episodio até que seria aceitável, mas pra final de temporada não, mas o anime é muito bom, bem engraçado, divertido. Ficou meio que com o mesmo rumo de Sukitte Ii na Yo, com um final a desejar, sem ter muito a ver. Sei lá.

  • Guilherme

    Com um final igual ao de Sukitte Ii na Yo, um final filler. Tirando isso o anime é muito divertido 😛