Death Note será relançado em formato de luxo pela editora JBC

deathnoteE Light está de volta ao Brasil em Death Note Black Edition!

Além do relançamento de Love Hina, a editora JBC prepara o relançamento do mangá de Death Note, mas dessa vez em edição de luxo. A edição que chega ao Brasil é a Black Edition, lançada como a edição de luxo da série e que conta com 2 volumes em 1, contando com páginas coloridas e todos os mimos que os fãs de Death Note querem. Ao todo são 6 edições. Ainda não há previsão de lançamento para a coleção, mas deve ser em breve. Confira abaixo uma prévia da coleção.

tumblr_ldqmg4PO4U1qf2rd8o1_400Death Note foi publicado originalmente na revista Shounen Jump no ano de 2003 e rendeu 12 volumes encadernados e uma série de extras. A história Tsugumi Ohba e arte de Takeshi Obata conquistou o mundo e foi um sucesso como poucos dos que se veem hoje em dia na revista da Shueisha. Ainda rendeu um anime com 37 episódios e 3 filmes live actions. A JBC lançou a coleção completa no Brasil, duas novels e o chamado “Volume 13”, com dados especiais do anime.

Esperem um valor “alto” pela coleção (o que é bem lógico, já que se trata de uma coleção de luxo). O que acharam do relançamento? Comprarão?

Dih

Dih

Paulistano, 28 anos, corintiano e fissurado em cultura asiática e pop. Formado em Design Gráfico na FMU. Atualmente é editor na Panini/Planet Mangá e cuida de títulos como One-Punch Man, MOB Psycho e Jojo's Bizarre Adventure.

Related Post

Há 120 comentários

      1. Avatar

        Isso sem o frete. No total deu ate mais e eu arredondei.

        Agora a JBC fazer “bem mais barato” q isso eu acho impossivel.
        Aposto que 2 volumes em 1, paginas coloridas, edição de colecionador.
        Não coloco menos de R$ 35,00.

        Responder
  1. Avatar

    JBC, lançando versão especial? Pelo jeito milagres realmente existem… Mas bem que podiam ter feito isso com CDz tbm né? mas é uma boa notícia, eu que nunca comprei Death Note vou ter uma chance legal de comprar agora, em versão Luxo.

    Minha aposta de quanto vai ser o preço: R$25! 2 em 1 e com páginas coloridas, difícil que saia por menos…

    Responder
  2. Avatar

    pago 100 por cada livro desse e ainda acho barato, não tem como não comprar eu vinha implorando por um relançamento por aqui já que Death Note é um manga que sinto obrigação de ter pelo tamanho do sucesso, e eu já imaginava que teria um relançamento, só não imaginei que seria nessas proporções, estou disposto a pagar o preço que for para ter a série completa…

    Rayovac!

    Responder
  3. Avatar

    Eu comprei o primeiro volume americano esses dias por 14 dólares, to esperando chegar. Acho que a versão da JBC nao sai muito mais barato que isso nao…

    Responder
      1. Avatar

        AH, e só pra avisar, esse box que a Melissa postou é com todos os volumes normais. O que eu comprei por 14 dólares foi a edição de luxo Black Edition.

        Responder
  4. Avatar
    Felipe gomes jansson |

    se for mensal ferrou!
    meu bosa já ta cheio de ar … tomara que seja só a partir de maio pois em maio acaba another e ja posso substituir uma coleção!

    Responder
      1. Avatar

        Não estamos de falando de qualquer mangá. Só por ser Death Note já é um diferencial absurdo. Como o Cassius Medauar falou no vídeo é um artigo de livraria dada e digo mais, é de alta qualidade. Amigo, teremos (pelo menos torço pra seja assim) páginas excelentes e dentre elas COLORIDAS, uma capa resistente e além disso edições recheadas de extras. Por favor, o mercado consumidor brasileiro NECESSITA de produtos de ALTÍSSIMA qualidade como esse. Um relançamento nessas proporções com o Death Note, um dos mangás mais importantes e influentes dos últimos tempos, que chamou a atenção até de que não faz parte do universo de quem costuma ler mangás e assistir animes. Death Note foi um mangá publicado na Shonen Jump, que é destinado ao público infanto-juvenil, mas trouxe uma temática adulta e diferenciada para a revista. Tenho um amigo que nunca assistiu nem leu Dragon Ball (acredite, existe gente assim), muito menos gosta de animes e mangás, mas leu e ama Death Note.
        Uma edição como essa chamará a atenção das concorrentes, digo Panini, e quem sabe nos próximos anos não teremos mais Edições Definitivas de outros mangás por aqui. A concorrência também influenciará no peso… Bem não acho que a Black Edition chegará a R$50,00, mas se chegar ou passar, vou comprá-la de qualquer forma pra mim e pra dar de presente.

        Responder
  5. Avatar

    Não sei dependendo do preço,periodicidade eu compro..quero muito death note..
    Mas a JBC poderia trazer FMA
    na versão original..nao aquela de varios e varios vols.
    Bem a JBC poderia testar novas periodicidades a Bimestral..por exemplo com mangas relançados…

    Responder
  6. Avatar

    Bem eu já vi um vídeo que a o editor da jbc disse que ia lançar mangás de 10,90 a 19,90 apesar de eu achar barato para uma versão de luxo. Vamos ver se dá pra eu comprar.

    Responder
  7. Avatar

    Só pq eu tava querendo relançamentos a JBC vem com dois de uma vez =] E Death Note em versão luxo , Espero que seja bimestral , ai é compra certa!

    Responder
  8. Avatar

    Compra certa, costumo dizer q death note eh o melhor manga q eu nao tenho na coleçao. Jah planejava comprar entao melhor esperar essa Black Edition. Axo q o valor ficara entre 30 a 35 reais a ediçao.

    Responder
  9. Avatar

    Me desculpem a gurizada que precisa de grana nos pais para comprar mangá … Mas eu pago de boa o preço que vai ser lançado !!!
    Vou chorar um pouquinho mas pago !!!!

    Responder
  10. Avatar

    Se sair por uns R$29,90 tá ótimo. Se tiver capa dura certamente vai custar mais, mas ainda assim pode ter um preço justo (não pra todos os bolsos, mas…) Depois dessa vou depositar uma graninha na poupança até o lançamento. E tomara que seja bi ou até trimestral.

    Responder
  11. Avatar

    Já esquecendo: é bom ver edições de luxo no Brasil. DN não só é famoso pelos fãs de mangá, mas por quadrinhos em geral, e podem apostar que vai dar muito o que falar. Quem sabe a Panini se anima e também faz o nesmo?

    Responder
  12. Avatar

    a nova ediçao d kenshin custa 13.90 sem pgnas coloridas magine a black edição seria o dobro?27.80 c for isso pago de boa sem problema mais acho que eles fexam nos 39.80 claro a editora tem q lucrar mair ai tem um certo video em q cassius diz q o mangas da jbc podem cer d 10.90 a 19.90.eu nao acho q uma black edicao seja iso pois o 13 volume com extras e 2 capas foi 19.90.e tem mais pode cer edicao d livraria que e mais caro.

    Responder
  13. Avatar

    Eu tô pensando em como vou fazer pra comprar devido a essa crise financeira minha.Mas como é praticamente impossível achar completo por aí(e se achar vai custar o preço da edição de luxo completa isso só o volume 1) acho que vale muito a pena!

    Responder
  14. Avatar

    Se não tivesse adquirido a coleção ano retrasado, com ctz compraria, de qlq jeito é uma notícia mto boa q mangás com uma qualidade superior estejam vindo para o brasil, a jbc está de parabens com esse anuncio =)

    Responder
  15. Avatar

    Pra quem está desesperando sem saber um lugar pra comprar na sua cidade, eu sugiro reservar no site da LigaHQ, eles mandam para todo o Brasil, e de graça*.

    Responder
  16. Avatar

    bem horas atras falei com cassius pelo face sobre o preço d death note e claro ele falou q nao podia revelar pois ainda esta em fase d aprovaçao mais tabem ele disse que fara d tudo para cer um preço assecivel a todos ou seja creio eu q nao passe d 30. Essa noticia e seria nao mentiras para divulgaçao errada.

    Responder
  17. Avatar

    Sempre quis ter Death Note e não pude. Comprarei com certeza, mesmo que o preço seja equivalente à HQs “deluxe” da Panini.
    Parabéns, JBC! Cada vez mais se consolidando a melhor editora de mangás do Brasil.
    Se for como estou pensando, mesmo, acho que o preço será R$ 49,90. E será bimestral. Palpite…

    Responder
  18. Avatar

    Bom… só me falta o vol. 12 pra completar a coleção antiga… mas mesmo assim eu vou comprar essa Black Edition… mesmo se for caro, eu vou gastar meu dinheiro nisso…

    Ah, só avisando aos desinformados: Os únicos extras da Black Edition são as páginas coloridas e as tirinhas (que foram publicadas na edição 13) NÃO TEM NENHUMA NOVIDADE! Procurem por reviews da edição americana que vocês verão…

    Responder
  19. Pingback: Sake Com Sal » Rodízio de Sushi #3

  20. Avatar

    compro, sem dúvidas, até por não ser muito grande a coleção, só não digo que pego no dia do lançamento porque provavelmente vai fazer a minha carteira dar voltas.

    agora esperemos FMA e Shaman King!

    Responder
  21. Avatar

    Tenho as edições americanas e é DEMAIS. Pra todo mundo que é fã de Death Note é algo que deve ter na prateleira. Muito bom a JBC focar em versões de luxo de mangás, poderia ter sido algo que eles nunca lançaram, mas acho que escolheram Death Note por ser mais seguro. Espero que venda muito e tragam mais mangás nesse formato luxuoso 😀

    Responder
  22. Avatar

    AAAAAAH foda foda foda!!!!!! Caramba que máximo! Eu tenho a versão já lançada pela JBC completo mas com certeza comprarei essa, e se ficar como a americana vai ser linda de mais! Tudo bem que é só uma jogada pra ganhar dinheiro e que poderiam muito bem estar lançando coisas novas, mas tem tanta gente que não tem a versão brasileira completa, e ter algo tão bom assim em uma qualidade dessas vai ser incrível, palmas JBC sua linda! Meu bolso te odeia, saiba disso…

    Responder
    1. Avatar

      Também me acostumei com Raito, mas Light realmente é o certo, o nome dele realmente foi pensado para significar luz, Raito é apenas a forma japonesa de se ler Light em inglês, que eu acho super fofa diga-se de passagem. huauhahaih

      Responder
  23. Avatar

    nao aguento essas merdas requentadas

    tanta obra boa finalizada, classicos, e eles insistem em republicar mangá que mal acabou. sinceramente a jbc é bem imbecil, e vao acabar passando pelos mesmos problemas da conrad

    Responder
    1. Avatar

      Também vejo um problema em relançarem tantas obras, mas pode ter certeza que eles não vão tomar prejuízo relançando Death Note, ou seja, o problema deles relançarem não é o prejuízo que vão tomar, mas sim a falta de títulos, de gêneros e de públicos diferentes que vão continuar sendo limitados como hoje é.

      Responder
    2. Avatar

      Concordo, mas sobre Love Hina e não sobre Death Note, é bom um mimo desses e eles já lançaram 3 mangás esse ano. ‘-‘ Também tem a questão do publico casual que é muito grande, e o publico casual compra mais mangás que eles já conhecem através das adaptações animadas.

      Responder
      1. Avatar

        Death Note acabou faz um tempinho já, assim como a maioria dos relançamentos da JBC (rurouni kenshin, sakura e etc). E acho isso uma boa coisa, pra mim deveriam lançar os kanzenban/versão de luxo de um monte de mangá que a JBC fez porcamente na sua epoca de meio tankon, ou se nao for um titulo de tanto peso pelo menos uma versao qem tankon merece, nao acha? E uma coisa que me deixou revoltado foi a JBC resolver relançar CDZ mas na versao normal, sendo que CDZ é com certeza o titulo de mais peso dela. O mesmo aconteceu com a Panini em Dragon Ball, que em vez de relançar nos kanzenbans (anteriormente lançados mas canceladosq no meio pela Conrad) lançam o normal, tendo em vista que foi o mangá mais vendido do Brasil em suas primeiras edições…

        Responder
  24. Avatar

    Se custar mais de R$20,00 e muita gente comprar, as editoras vão continuar fazendo isso… Mangás custando o olho da cara, já não bastam os livros, que são absurdamente caros, neste nosso país. O acesso a ‘cultura’ fica cada vez mais difícil!

    Responder
  25. Avatar

    Tenho a coleção americana completa. Muito legal mesmo. A qualidade da impressão supera todas a que já vi no brasil, inclusive da Conrad. Se o chuva de nanquim quiser, posso postar algumas fotos.

    Responder
  26. Avatar

    Eu queria ter DeathNote mas a primeira edição do manga nao me atraia (as páginas descolavam mais, eram transparentes, etc), o que me levou a desistir de comprar online. Mas vendo essa noticia, se a edição agradar é uma compra garantida.

    Mas vamos esquecer periodicidade e se preocupar com preço porque essa edição é de luxo, direcionada a livrarias. A periodicidade é totalmente diferente por ser tratado como um livro, podem ter mais de uma edição lançadas em um mes e ter edições à venda um ano depois, exatamente porque o tratamento é totalmente diferente. O mesmo vale pro preço, nao compare agora com mangas mas com livros ou comics de livraria, esse material costuma ser caro, mesmo os mais famosos. Entao nada de esperar pagar R$19,90, agora falamos de outro nível de publicação e de um mais alto preço.

    Responder
  27. Avatar

    Temos que levar um pouco de lógica em consideração aqui.
    O mangá mais caro da JBC hoje é 14,90 (se não estou enganado).

    Levando em conta que o mais caro JBC é esse preço, com 200 páginas.
    Death Note será pelo menos uns 30,00 (tem 400 páginas).

    Mas levando em conta que haverá mais acabamentos, mais frescuras, e mais frufrus (ora, é uma edição de luxo).
    Eu imagino que estará entre R$35,00 e R$40,00.

    Responder
  28. Avatar

    Eu ia colocar esse mangá na minha lista de compras há um tempo, mas não achava em lojas online e não compro muito em sebos. Ainda bem que relançarão, e mesmo sendo um volume mais caro e tendo vários outros que estou comprando, pretendo comprar esse pois parece que acabará rápido.

    Responder
  29. Avatar

    Sinto cheiro de kanzenbans de Yu Yu Hakusho vindo ai quando relançarem (isso se relançarem porque ultimamente não estou com muita fé nisso -_-‘) apesar de que agora espero que demore porque meu bolso vai chorar com essas Black Editions que são compras garantidas!

    Responder
  30. Avatar

    Love Hina e Death Note. *_* Só espero essa edição que não seja mensal. u_u Pelo bem dos nossos bolsos! Ps. Um relançamento de xXx Holic agora que voltou a ser publicado no Japão também seria bem vindo. =D

    Responder
  31. Pingback: Checklist – Fim de Bakuman e Ranma em Abril na editora JBC | ChuNan! - Chuva de Nanquim

  32. Pingback: Checklist – Dois novos lançamentos em dezembro pela Editora JBC | ChuNan! - Chuva de Nanquim

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *