Divulgada a capa do volume 1 da republicação de Love Hina da JBC

headerlovehinaMangá deve chegar em breve nas bancas.

Como anunciado há algumas semanas aqui, a editora JBC estará republicando ainda nesse mês de abril o mangá de Love Hina em um formato takobon (completo, no caso). Hoje foi revelada a capa da edição. Confira:

Love Hina 1Publicado originalmente na Shounen Magazine em 1998, Love Hina ganhou 14 volumes compilados no original e foi um sucesso em todos os sentidos no Japão, destacando o autor Ken Akamatsu e, para muitos, ajudando a redefinir o gênero ecchi na época.

Para quem não conhece ou nunca leu Love Hina, a história gira em torno de Keitaro Urashima, um garoto que tenta a qualquer custo entrar na Univesidade Toudai e para isso precisa morar na pensão de sua avó para economizar. O que ele não sabia é que lá era uma pensão só de garotas e que isso lhe traria na mente lembranças do passado, quando ele fez uma promessa para uma garota que iria se casar com ela. O problema é que ele não lembra do rosto da garota.

E aí? O que acharam da arte da nova capa?

Love Hina chega nas bancas agora em abril, com o mesmo formato de Rurouni Kenshin (papel offset, no caso), algumas páginas coloridas e terá preço de R$14,50.

via Editora JBC

Dih

Dih

Paulistano, 27 anos, corintiano e fissurado em cultura asiática e pop. Formado em Design Gráfico na FMU. Hoje é editor assistente da Panini Mangás e colecionador compulsivo de quadrinhos em geral.

Related Post

  • PRECISO… TER… URGENTEMENTE!

  • Um logo mais simples, mas não tão chamativo quanto o anterior, e (principalmente) que não esconde tanto a arte da capa. Gostei! ;D

  • Diego

    Altamente dispensável para mim :

    • Vitor Valeri

      Se é dispensável, pra que postou?? Ninguem quer saber se você dispensa o mangá, ainda mais se você não da nenhuma justificativa com relação a isso.

      • André Alves

        Se é discordar, pra que postou?? Ninguem quer saber se você discorda da opinião dada, ainda mais se você não da nenhuma justificativa com relação a isso.

  • Israel

    Também gostei, e terei a coleção!!

  • gostei, mas já to com muitos titulos e ecchi na minha prateleira hoje é representado por Freezing e não sou muito fã do genero, então acho que vou deixar passar, mas quem, sabe eu compre em algum evento com desconto…

    Rayovac!

  • Marcos

    eu não constumo reclamar dos preços mais R$14.50 ?
    medo de saber o preço do death note
    bom vou comprar o primeiro e se curtir eu assino esse mangá

    • kelvlin

      Death Note vai ser mais de 8.000!!!

    • Sogeking

      Eu axei o preço legal, considerando q sakura saiu a um ano coma msm qualidade (tanko, off-set e com paginas coloridas) por 14,90, este ta ateh mais barato

  • João

    Dispenso fortemente. Love Hina é uma das coisas mais sem graças que existe, não entedo pra que republicarem isso.

    • Vitor Valeri

      Se dispensa, pra que postar isso aqui?? Vai postar em alguma publicação de um mangá que goste. ¬¬ Povo vadio é foda.

      • Xotedois

        Cara, você é muito chato .-.
        Por que alguém pode opinar a favor do mangá e o cara aí não pode manifestar o contrário?!

      • Cara, ele ta fazendo a crítica dele, do mesmo jeito que você ta criticando o comentário dele, apenas deixe para lá e respeite a opnião e o modo de pensar dele. Creio que não seja algo tão difícil…

  • Love Hina foi o primeiro mangá que comprei… Claro, não é um título fantástico, mas sem dúvida alguma é pura nostalgia. Não gosto de reclamar de preço antes de ver a qualidade final do produto, mas se for semelhante ao que conversamos, Dih (semelhante ao mangá de Card Captors Sakura), vale muito a pena esses reais adicionais. E finalmente vou conseuguir o volume 02 que “sumiu” de todo mercado na primeira impressão de Love Hina, pela própria JBC. Outra vantagem é que nessa nova edição não vai ter a odiada versão “1/2 volume”, totalizando (baseado no lançamento japonês) 14 volumes, se não me engano. Estarei cobrando umas “primeiras impressões” do Chuva de Nanquim. E Panini, que tal relançar Berserk? 😀

    @yushuu.

    • Panini que tem a licensa do manga , impossivel a JBC adquirir , tem outra , ela vai fazer a versao full color de HOTD , provavelmente ela deve lançar de Berserk inteiro junto com outros meio-tankobon pra bater de frente com a JBC , se bem que depende da sede italiana da editora

    • tiago

      Esse vou assinar a coleção toda…

      O melhor que você terá a edição 2 antiga, no primeiro volume. rs

  • Franco_Kurosaki

    O nome ficou idêntico ao original.Se mantiver o selo “Sakura” de qualidade vai valer a pena

    • Jésica

      tá tudo muito perfeito… Pelo que o Cassiu falou deve ser na msm qualidade de sakura, então vai valer muito a pena.

  • SUPER SDD Love Hina

  • Grey

    Gostei da nova capa, bem lindinha! Sempre achei Negima e Love Hina simpáticos por conta da arte, mas nunca li nada do Akamatsu, então não sei se vou comprar… Acho que vou ler uns capítulos online antes de me decidir em comprar o volume 1 ou não.
    Pelo que ouvi falar, o jeito do Keitaro é bem engraçado, espero que eu tenha uma boa primeira impressão do mangá. ^^

  • Sora

    Qual a periodicidade?

  • Mi Ka DXD

    Parece com a original! Que bom!
    Tomara que Negima volte!

  • to com muitos titulos ta foda,mas acho que quem comprar,não se arrependerá,o preço é 14,50,mas sendo em papel off-set e com algumas paginas coloridas,a unica coisa que não gosto na JBC e suas traduções.

  • Felangley

    Perfeita *-* amo Love Hina! Mangá mt bom. Tenho a antiga e vou ter essa *-*

  • Walker

    Qual vai ser o formato do mangá ?

    • Walker

      A deixa pra la, ja vi

  • Gabriel Lino

    O preço esta alto. Até imagino o de Death Note, nao… Melhor nem imaginar.
    Eu nao vou comprar, mas gostei da capa.

  • Notorious

    Com certeza comprarei, esse mangá é um clássico merece muito essa versão Tanko, JBC sempre surpreendendo, espero que venha mais relançamentos como: Yu Yu Hakusho, Inuyasha e FMA

  • Caio

    Puq faiz isu JBC T—T Espera até o final de another/sakura/LevelE pra eu poder comprar T-T mim querer love hina D: mas o dinheiro não permite T-T

  • passo! vou comprar o especial do Death Note….

    • Vitor Valeri

      Que bom… Poste na publicação de Death Note então. u.u

  • Kirunee

    ~aguardando o dia que lançarem kuroko no basket e onepunch-man no brasil TwT~

  • Que… facada ;-;

  • Pingback: Polêmica! JBC usa mensagem subliminar | Mais de Oito Mil()

  • sanchetos

    eu não irei colecionar porque ja tenho os antigos, e tambem to ferrado se eu tentar fazer a coleção desse ai porque eu ja coleciono 15 titulos e compro todos os meses principalmente em eventops de anime!
    mas ficou muito foda essa capa a JBC esta de parabéns ta tra igualzinho ao original japones!!

  • tenho toda a coleção de love hina antigo da jbc inclusive raras a n.1,2…. enfim são raras

    • Vitor Valeri

      Tenho toda a coleção de Love Hina antiga tambem mas vou comprar essa nova versão. XD Sou muito fã do mangá. rsrs

  • O Rei dos ecchi, dos haréms, enfim, Love Hina marcou época e fez história, um dos mangás/animes favoritos, Ken Akamatsu consegue criar personagens fodas, mas calma, vão ser só 14 volumes nos formatos que foram lançados no Japão? Se sim, vale o investimento.

  • Yun-lee

    Papel offset é caro !! mas o primeiro volume tenho que ter (esperei muito tempo para ele ser relançando enfim meu sonho esta ai =D )valeu JBC…

  • Andreu

    To pensando seriamente em vender minha coleçao antiga para obter essa nova, mas sera que vale a pena? A antiga é muito rara ne nao?Mas se eu n vende-la n vou conseguir comprar essa que esta em um formato melhor…vou ver o que faço huahuahua

    • Vitor Valeri

      Espera lançar o primeiro volume, compra e compara entre o novo e o velho. Acredito que assim vai ser mais fácil de decidir.

      Eu não vou vender a minha coleção antiga porque eu gosto das capas. rsrs

      • Andreu

        Kkkk eu tb gosto delas, talves eu n venda a coleção.

  • Ricardo

    Meu carro tá precisando ir prá oficina; minha Bros 150 precisa de um pneu dianteiro novo, mas mesmo assim, não deixarei de comprar Love Hina, nem Triage X, ou Psychic Detective Yakumo, ou Death Note Black Edition e os outros vinte e quatro mangás que compro / coleciono. Vida de colecionador é phodis…

  • JMB

    Pensei q ia ter um “Edição Especial” no título. Ainda bem q ñ.

  • Sogeking

    Tenho a coleçao antiga novissima e terei de comprar de novo, um dos meus favoritos xD

  • carlosdkun

    E a JBC só na “mendigagem”. Não querendo ofender ninguém, mas a JBC é uma bosta. EM CERTOS PONTOS ela acerta, como no “convívio” com os fãs (com o Cassius tomando metade da folha de “ensinamento de como ler seu mangá” para falar sobre o mangá com os leitores) e a escolha de títulos bons (às vezes, dispensáveis, diga-se de passagem). Mas fala sério! Isso aí já é putaria! Ok, eu aceito o preço de 14,50, MAS O MANGÁ TEM QUE VALER O INVESTIMENTO. P*ta que o pariu, Rurouni Kenshin (mais conheçido como Samurai X (um melhor nome, diga-se de passagem²)) veio pelo preço de 13,90 mas tinha KANJIS SEMI-APAGADOS, METADES DE KANJIS SOBRE IMAGENS e alguns erros ortográficos, ALÉM DE PÁGINAS SENDO CORTADAS loucamente. Claro, sem esqueçer das lindas NOTAS NOS RODAPÉS. Isso vale o investimento? Hunf, D-U-V-I-D-O.
    E as pessoas ainda dizem que a JBC é a “melhor editora brasileira”. Sew ela ganhou esse título, foi só por zoeira, já que o trabalho que fazem no mangá é tão BOM que deixam você com vontade de botar fogo na empresa.
    Se Love Hina vier com QUALIDADE, aí, sim, vou pagar 14,50 por mês para ter esse título na estante. Se não, nem valhe à pena comprar.

  • Concordo com você. A verdade é simples, a JBC é uma editora “famosa” em relação aos mangás por falta de concorrência de “peso” (exceto a Panini). Nova Sampa quase não vejo os mangás (e a qualidade é um pouco duvidosa), New Pop a qualidade é boa porém tenho dificuldade em encontrar, além disso não tem um padrão, pelo menos dos títulos que tenho (Kon! é um tamanho com determinadas páginas, A Pessoa Amada é outra etc.).

    A JBC tem “muitos títulos” (sendo 1/3 de relançamentos): Sim;
    *Justificativa: A variedade é grande, porém, quando analisado de perto praticamente “todos” os títulos, tem pelo menos umas das seguintes características: Fechados a um tipo de público pelo gênero (o falecido Futari H, que o DIH comentava com tanta “paixão” – ;] – o mesmo não ocorre com Freezing, que apesar do gênero é um pouco mais aberto ao público) ou pelo preço (nem todos querem investir um pouco mais em título mais caro, seja, por preferir o papel jornal, ter mais títulos com uma qualidade inferior ou simplesmente acreditar que a entrega do material “especial” da JBC não faz jus ao dinheiro investido (para mim, sendo o principal motivo por causar, uma certa dúvida ao compra algum material novo com subtítulo “especial” da JBC); A popularidade do título e a sua quantidade, JBC investe em títulos curtos na maioria das vezes, Level E, Another, Mashima – EN, RG Veda, Sakura etc. – grande parte possui menos de 25 volumes encadernados – que quando comparado a Naruto e One Piece deixa claro a diferença.
    Esses títulos são extremamente famosos (tanto na popularidade quanto nas vendas, como, Naruto; Bleach e One Piece, da Panini): Não

    **Justificativa: Tanto no Japão quanto no resto do mundo, títulos populares (Naruto, Bleach, One Piece etc.) vendem mais por agradarem uma gama maior de público, quantas “crianças de 05 a 80”, não compram objetos referentes a Naruto, baixam na internet anime e mangá, assistiam no SBT o anime no início da exibição (com aquela febre, de novidade, extremamente censurada por sinal)? Muitas!
    A edição física, dos mangás especiais, da JBC (papel off set, fotográfico etc.) é “muito bom ou pelo menos bom” (quando você paga valores de 13,90 a 14,90): Não
    ***Justificativa: Tenho edições de Kenshin, que os balões estão cortados, uma ou outra mancha preta no texto e as lombadas um mais acima do que o outro, e dessa forma continua. Para ter uma noção, da edição 1 de Sakura até a 5 a lombada (imagem de Sakura abaixo do número do volume) é contínua chega na edição 6 a 10 a imagem “sobe” 2 a 3 centímetros, pagar 14,90 por isso? É um pouco de sacanagem não, que edição especial é essa, o preço é elevado, o transporte (na própria editora, distribuidoras e principalmente dos correios já “maltrata” o mangá e quando chega em casa ele chega com uma imagem em posição errada … “Ah, mas a editora não é culpada, e sim a gráfica” muito está correto, então a editora se livre da gráfica contratada (caso seja terceirizada) na primeira oportunidade mandar embora e encontrar uma melhor ou se for da própria empresa ela deve tomar “vergonha na cara” e mudar isso.

    O trabalho editorial da JBC (tradução, edição etc.), quando comparado ao da Panini, chega a ser satisfatório: Não
    ****Justificativa: Quando chego no final do mangá, e observo, a tradução de palavras utilizadas no volume e seu(s) significado(s), fico muito feliz, com o respeito para com o leitor. 10 para equipe editorial …. e 0 para a entrega, até o momento não recebi Dragon Ball 1, era para ter recebido (DB e OP no dia 01/04/13), OP recebi no dia 05 e até o momento nada de DB. “A Panini é assim, nota 10 aqui e 0 ali.”

    A verdade é que nenhuma editora é perfeita, porém, pagar caro por uma “porcaria” melhor pagar menos pela mesma “porcaria” (não é o título e sim o tratamento editorial e físico dado pela empresa). Só irei comprar Love Hina, depois, de uma análise detalhada do “Chunan!” o mesmo com Death Note Black Edition.

    OBS: O consumidor, tem direito de trocar o mangá, quando a lombada está errada (imagem desalinhada) em comparação ao resto dos títulos (no caso de Sakura)? O mesmo para Nura, na qual a imagem dos Yokais, não “encaixa” de forma alinhada, tem elevar um pouco um ou dois títulos para formar a imagem toda!

    UFA, cansei, tchau … HS!

    • Akira

      Opinião sua, claro.

      Vamos recapitular:

      – Tem alguns relançamentos ? Sim, normal. Fizeram sucesso no passado, e se voltaram hoje, com certeza é por que tem muitos pedidos. Não relançariam anda de graça.

      – Tradução: particularmente, deixar “kun”, “chan”, etc, passa totalmente despercebido. Às vezes é legal de deixar, se ficar melhor na fala. Senão, não há necessidade nenhuma. De resto, não vejo problemas. Acho legal usarem gírias e regionalidades brasileira, pra poder trazer o mangá mais perto do público.

      – Trabalho editorial: se tem papel jornal e página colorida, R$12,90 é caro; se tem papel off-set e páginas coloridas, mas R$14,90, também é caro; Tem gente aqui que queria o que ? Tankobon com papel off-set e página colorida ao preço de R$2,90 ? Seria maravilhoso, mas impossível com a economia atual hahahaha. Em tempo: vale dizer que a Panini diminuiu a qualidade do papel, quando aumentou o preço de R$9,90, para R$ 10,90. É só pegar Bleach, dentre outros, e comparar com os atuais da JBC. Naruto continua com o papel jornal melhorzinho, que é o mesmo usado pela JBC em todos os mangás.

      Realmente alguns erros aconteceram mas, infelizmente, não é privilégio só da JBC ;/

      • carlosdkun

        Não digo do mangá estar caro, apenas digo que é caro se vier SEM QUALIDADE, como os atuais trabalhos de certas editoras brasileiras. A Panini, por exemplo, fez o Luffy pareçer um macaco dizendo “Você não TER um pingo de fibra” no 1º volume de One Piece. Ou Naruto Pocket com o Itachi dizendo “BABOGEM”. Ou até mesmo em Deadman Wonderland, no volume 2, lá no finalzinho, em que a cientista diz uma frase de maneira incorreta (eu não lembro a frase, me desculpem). A NewPOP ainda mantém um bom trabalho, exceto por algumas falas que ficam juntas, tipo “Olámeunomeé Kaeru. E o seu?”; ou ainda colocando uma tarja preta escrito “PARE! VOCÊ ESTÁ COMEÇANDO À LER SEU MANGÁ PELO LADO ERRADO” bem na PÁGINA FINAL DO MANGÁ. Ainda tem a JBC, que eu já citei lá em cima. D-U-V-I-D-O que Love Hina venha com uma qualidade IMPECÁVEL pela editora. Se vier, então nem me preocuparei em pagar R$14,50 por ele, como já tinha dito antes.

  • Opinião minha, claro.

    Vamos justificar:

    – Os relançamentos: Realmente, para ocorrer o relançamento de um título, o público (consumidores) pedem – “imploram” em alguns casos – para que o mesmo aconteça (ex.: Panini e os seguintes títulos: Berserk, Bleach, Naruto etc). Porém, uma editora não vive de relançamento, ainda mais no momento que os concorrentes (ou principal concorrente, vide Panini) está lançando títulos como:One Piece, Dragon Ball, Black Butler, Bellzebub, K.H.R, Toriko etc. Tem que “apostar” em algo novo (ou relativamente novo), e para se destacar dos demais, com qualidade física superior (tanto da gráfica quando do dep. editorial)!

    -Tradução: É verdade, tradução (e outros “mimos” por assim dizer) cada um tem seu “gosto”, porém, quando na minha opnião quando termino de ler um capítulo ou o volume todo e vejo as perguntas dos leitores japoneses, páginas “especiais” (capas da versão japonesa) e o glossário realmente fico feliz com desempenho do departamento editorial da Panini.

    – Trabalho editorial: Não estou reclamando do preço, e sim, do material entregue (edições especiais com muitas “falhas”) pelo preço cobrado pela editora (JBC). Faz um relançamento de um título, promete uma qualidade muito boa, e no momento de colar na estante, nem mesmo ficar alinhado fica, pagar mais por isso? Compro muitas vezes por falta de opção (obrigação praticamente) já que não tem outra editora que oferece determinado título um “pouquinho” melhor (fisicamente) em comparação a outras editoras (Panini)!

    Espero que um dia, a editoras se dediquem mais a qualidade (física e editorial) dos mangás! Um dia quem sabe todos os mangás como Death Black Edition (se for igual a americana … felicidade pura)! Sonho? Então sou um sonhador XD!

  • carlos

    FELICIDADE DEFINE <3333

  • Pingback: Curtas da semana edição brasileira #2 | Anime Portfolio()

  • wallace

    eu ja tenho uma coleção do love hina e vou compra essa.