Semanada – Fairy Tail #327: Minha parte também!

headerMais um capítulo empolgante!

E chegamos na semana com um capítulo que surpreendeu muitos que acompanham Fairy Tail…

1Fairy Tail #327

Minha parte também!

Vemos Lucy desesperada para que os portões se fechem, e a princesa tentando contestá-la. A maga celestial alega que aquilo não é um canhão de Eclipse, mas um portão que conecta diferentes épocas. No caso, aquele estava conectado a 400 anos no passado.

A princesa se espanta e logo em seguida há um tremor no chão. Então, ela e os demais ali presentes se espantam mais ainda ao se depararem com a figura de um dragão saindo do portão. Ele começa a desfilar andar, rugindo e destruindo o que vê pela frente. E outros vão surgindo. A princesa fica em estado de choque, demorando para responder quando Lucy pergunta como fechar o portão. Ela corre até um pedestal e, usando seu poder mágico, tenta puxar uma espécie de maçaneta.

2Wendy pergunta como Lucy percebeu o que estava acontecendo, e ela diz que pediu ao espírito estelar Crux para fazer uma investigação, na qual descobriu que aquele portão é um mecanismo que combina magia celestial com a magia do livro de Zeref. O propósito original era controlar o tempo e, assim, possibilitar viagens no tempo. Porém, naquele dia de lua cheia, a magia contida no eclipse se descontrolava, impedindo que o portão pudesse ser contido. E ele estava conectado a 400 anos no passado, a grande era onde os dragões ainda existiam.

Enquanto a princesa está paralisada e se culpando, Lucy tenta a todo custo puxar a maçaneta. Mais de uma vez ela é derrubada pelo impacto do movimento dos dragões. Porém, se ergue, lembrando a promessa que fez à Lucy do futuro. A cena corta rapidamente para Ultear e Meredy com Natsu. Este se ergue e, ao mesmo tempo que Lucy, fala: “Eu tenho que proteger o futuro!”

4Após muito esperar, finalmente os dragões terão algum destaque na história cujo herói é um dragonslayer. Teorias surgiram sobre Natsu, Gajeel e Wendy terem sido trazidos pelos “pais-dragões” através do Eclipse, o que explicaria o fato dos dois primeiros não passarem na barreira do Freed por, supostamente, terem mais de 80 anos (Jogos do Laxus, para quem não lembra). E o sumiço de Layla pode estar relacionado a algum sacrifício para conter o Eclipse.

5E a batalha contra os dragões? Segundo o Rogue do futuro, Natsu morreria por causa deles, mas seria já agora? Certamente o Mashima não vai deixar isso acontecer de forma irreversível, a não ser que queira trabalhar mais com essa idéia de viagens no tempo. Então, pode-se esperar a morte (mesmo temporária) de algum outro personagem importante.

Dih

Dih

Paulistano, 28 anos, corintiano e fissurado em cultura asiática e pop. Formado em Design Gráfico na FMU. Atualmente é editor na Panini/Planet Mangá e cuida de títulos como One-Punch Man, MOB Psycho e Jojo's Bizarre Adventure.

Related Post