Semanada – One Piece #705: Maynard, o Perseguidor

headerFoi só um capítulo mesmo?

As sagas de One Piece costumam ser uma bagunça (no sentido positivo). Personagens separados, vários elementos introduzidos, muitas coisas acontecendo ao mesmo tempo… Uma reclamação com quanto ao arco de Punk Hazard foi até mesmo que alguns capítulos, por ficarem trocando muito de núcleos, acabavam não tendo um ritmo bom de leitura (algo que eu até concordo, em partes). Então, um capítulo assim talvez pudesse ser criticado também…

Mas dessa vez funcionou muito melhor. Talvez por ainda não ser um desenvolvimento dos acontecimentos, mas sim uma introdução, o capítulo cumpriu bem o seu objetivo de mostrar tudo que está acontecendo em Dressrosa e pra onde as coisas irão se desenvolver.

Então, vamos recapitular o que aconteceu essa semana, porque… foi muita coisa.

1One Piece #705

Maynard, o perseguidor

CENA 1: Corrida Colosseum

O capítulo começa bem de onde parou o anterior, mostrando as reações a aparição inesperada de Jesus Burgess no torneio. Vemos o Franky mostrar uma preocupação com o torneio, dizendo que antes disso ele achava que o Luffy ia ganhar o torneio facilmente… O que é verdade, por sinal. Essa aparição aumentou muito mais os riscos do torneio, e com certeza os leitores do mangá ficaram mais interessados do que antes nos acontecimentos. Continuando, vemos que o Franky (E levando aquele bonequinho de madeira junto, lol) vai continuar tentando arrumar informações sobre a localização da fábrica… (O que aliás, era o objetivo original do grupo, que só ele está seguindo nesse instante!)

Próximo dali, vemos um homem comentando em um Denden Mushi como muitas pessoas perigosas surgiram no torneio, falando que pediram por reforços… E vemos uma das pessoas comentadas, Gambia, “O Missionário”, indagando/zoando a pessoa com quem aquele homem estava conversando…

2…. Para ter sido massacrada na página seguinte, pois essa pessoa era Maynard, o Perseguidor, vice-almirante da marinha!! (Título do capítulo, aliás)

Essa cena foi muito boa. O personagem saindo calmamente do banheiro onde ele jogou o Gambia, enxugando as mãos… isso foi uma aparição de pompa! Esse personagem parece que vai ser foda, não acham…?! Ele falando “Ah, eu mencionei o Gambia antes, mas não se preocupa, eu devo ter imaginado coisas…” também foi muito bom!

Depois vemos aquele ceguinho de alguns capítulos atrás se levantando da platéia, também comentando sobre o torneio. E após isso, ele é apresentado como o FUJITORA, almirante da marinha (cujo nome verdadeiro é Isshou)! Muitos já tinham previsto isso, principalmente pelo caracter design semelhante ao dos outros almirantes… Mas ser o óbvio não quer dizer que seja ruim, e bem, vamos ver o que o Oda vai fazer com o personagem

25Bem, essa também foi uma introdução muito boa! O Fujitora pede a um marine para contar a população de Dressrosa, argumentando que “Antes de saber o número de nossos inimigos, devemos saber quantas pessoas devemos proteger!” Uma frase daquelas bem “DOOON” de One Piece. E é legal ver que, mesmo numa marinha comandada pelo Akainu, temos pessoas mais preocupadas com a população em geral, pessoas mais “gente boa”.

Interessante notar também que o Fujitora vai enviar 3 navios para Green Bit, que se vocês se lembram bem, é…

CENA 2: Equipe da devolução do Caesar, em um café ao nordeste

…o lugar onde o Usopp, Law e Robin deixariam o Caesar para o DoFlamingo! E já começamos descobrindo que chegar até Green Bit não é uma tarefa fácil. A ponte que liga Dressrosa a Green Bit não é usada a muito tempo, porque nesse caminho, existem vários “peixes lutadores”, que são capazes de destruir navios…! De forma nada surpreendente, o Usopp fica com medo, hahaha. E o Law comenta algo que já tinha me chamado a atenção antes (na verdade, acho que já tinha sido mencionado no mangá, mas não tenho certeza): O país está calmo demais, visto que o rei acabou de abdicar! Deve ter algo estranho ainda nesse jogo de xadrez entre o Law e o Flamingo.

E pra terminar essa cena, vemos a aparição de outro grupo de personagens, a…….. CP-0! Isso mesmo, uma agência de inteligência aos moldes da CP-9, e anunciada pelo Oda como a “Mais forte agência de inteligência”! Será que ela já existia na época da saga de Enies Lobby? Acharia meio estranho, iria preferir que ela tivesse sido criada durante esses dois anos, para compensar o fracasso da CP-9. Bem, veremos. Foi legal ver também que a Robin ainda tem algum trauma dessas agências, de forma totalmente justificável.

3CENA 3 – Zoro e a Fada

Qual é a dessas fadas, afinal? Bem, nessa parte, vimos o Zoro correndo atrás da fada que roubou a espada dele, e a fada preocupada, por que ela foi vista por um humano… Bem, essa parte foi bem curtinha e sem nada de novo. Tenho a impressão que o Oda só colocou isso pra manter a coesão do capítulo em trabalhar TODOS os núcleos apresentados.

CENA 4 – Kinemon, sozinho

Lembram do Kinemon? Eu estava realmente curioso em onde raios ele tinha ido parar, e bem, aqui está! Ele ficou perdido, e acabou sendo descoberto por um grupo de inimigos que, aparentemente, tem a ver com a captura de Kanjurou (O samurai que o Kinemon queria encontrar, lembra?)

Enfim, legal, eu realmente fiquei curioso com esse núcleo e quero saber no que vai dar.

4CENA 5 – Sanji apaixonado.

Eeeeer…. o Sanji continuou fazendo sua parte de proteger a Violet e derrotou um sniper que queria atirar neles…. Next.

CENA 6 – Equipe de proteção do Sunny

Essa foi a parte mais divertidinha do capítulo, com a interação entre os mugiwaras e tal, e foi agradával. Os “restolhos” fazendo nada no Sunny, etc, etc. Achei digno de nota o comentário do Chopper sobre o Momonosuke ter um passado doloroso, talvez uma dica que teremos flashback?

E no final, numa cena que eu achei que foi montada de forma bem divertida, eles ouvem um barulho vindo de um dos quartos…. quem será que ainda está no navio?! Como de praxe nesse capítulo, você vai descobrir depois.

6E depois, voltamos a CENA 1, no torneio. Lembram do meu comentário de “Esse personagem parece que vai ser foda, não acham…?!” sobre o Maynard? Então, pois é. Voltando aquilo, nós vemos que aquele novato hypado no capítulo anterior (que não apareceu, só foi mencionado) deu uma surra no Maynard. Achei bem legal isso do capítulo hypar o Maynard (ele sendo o título e tal), pra depois no final ele ser humilhado por um outro personagem pra hypar ele. E bem, provavelmente o Bartolomeo ganha esse grupo B? Pelo que eu me lembro, o Luffy é do C e a Rebecca do D, certo?

E bom, assim terminou o capítulo. Vamos recapitular?

  1. Franky vai tentar achar informações sobre a fábrica
  2. Um vice-almirante Maynard é apresentado e detona um subordidado do Bartolomeo
  3. O ceguinho é o Fujitora e vai enviar 3 navios para Green Bit
  4. No caminho pra Green Bit, tem uma ponte cercada por peixes perigosos
  5. O Law está de bigode (Sério, isso foi demais)
  6. Descobrimos a existencia de uma CP-0
  7. O Zoro alcança uma fada
  8. O Kinemon é capturado
  9. O Sanji bate em um sniper
  10. Tem alguém no Sunny
  11. O Maynard é humilhado pelo Bartolomeo

Uuuf, coisa pra caramba, né? Bem, achei um capítulo bom, que cumpriu o objetivo de dar uma ideia geral da saga. Provavelmente nos próximos o Oda vai desenvolver esses subplots um por vez. Me deixa intrigado como o Oda vai colocar todas essas coisas na história. É muita coisa diferente, e o Oda tem o costume de interligar tudinho… esse capítulo me deixou preocupado que ele possa perder o rumo, tá tudo separado DEMAIS, até mesmo pra One Piece. Mas vamos esperar pra ver.

7Comentários extras:

O Maynard menciona, lá na conversa do começo do capítulo, que ia avisar isso ao Isshou, ou seja, o Fujitora! Detalheszinhos legais que o Oda coloca.

Eu vou falar isso sempre, mas esses disfarces estão demais! O Law de bigode me fez cagar de rir. Kinemon TEM que entrar no bando!

por OniluapL do blog Mangathering

Asevedo

Formado em design editorial e assistente editorial da Panini Mangás. Leio mangás e história em quadrinhos de diversos países. Assisto animes de forma esporádica. Sempre estou no Twitter.

Related Post