Eu Recomendo #12 – As séries haréns mais divertidas!

recomendoharemQuando um não é o bastante.

Já se imaginou em um lugar onde você acabaria rodeado de pessoas do sexo oposto que estariam de alguma maneira interessadas por você e que acabariam discutindo várias vezes entre elas por causa disso? Ao menos parece que os japoneses pensam muito nisso, porque o gênero harém é um dos mais utilizados para historias hoje em dia. Podemos percebê-lo em animes de ação (SAO) e indo para os velhos conhecidos animes colegiais.

Confesso que eu não sou tão fã desse tipo de historia, mas ainda assim temos ótimos casos onde torna tudo muito divertido e vocês vão perceber por essa lista que eu prefiro que esse gênero seja utilizado para comédia. Bom, vamos deixar de papo e ir para as recomendações! Lembrando que isso é só a minha lista. Obviamente faltou muita coisa e o papel de vocês nos comentários é completar ainda mais essa lista. Então digam que animes vocês acharam que faltaram aqui no post!

love hinaLove Hina

Autor: Ken Akamatsu
Demografia: Shounen
Anime: XEBEC, 2000, 26 episódios + 3 OVAs + 2 especiais
Mangá: Shounen Magazine, 1998, 14 volumes

Sinopse: A história gira em torno de Keitaro Urashima, um garoto que tenta a qualquer custo entrar na Univesidade Toudai e para isso precisa morar na pensão de sua avó para economizar. O que ele não sabia é que lá era uma pensão só de garotas e que isso lhe traria na mente lembranças do passado, quando ele fez uma promessa para uma garota que iria se casar com ela. O problema é que ele não lembra do rosto da garota! E aí já imaginou a confusão.

Comentários: Vou começar colocando o mais óbvio da lista. Já expressei todo o meu carinho por Love Hina lá no meu Top 5 e claro que eu estou recomendando para você o mangá (porque eu finjo que o anime nunca existiu). Uma história leve, muito divertida, com personagens dos mais variáveis tipos e um protagonista imortal. Aproveitem o relançamento da JBC para comprar e acompanhar com um produto de ótima qualidade, que me faz rir mesmo lendo pela 18° vez. Love Hina é considerado por muitos um dos mangás que redefiniu o gênero harém, conduzindo um protagonista bem idiota e cenas constrangedoras com elas. Claro que esse tipo de coisa existia antes, mas Akamatsu parece ter adquirido o “ponto certo” para esse tipo de comédia.

tenchi muyoTenchi Muyo

Autor: Hitoshi Okuda, Kuroda Yousuke e Kajishima Masaki
Demografia: Shounen
Anime: AIC, 1995, 2 temporadas de 26 episódios + 13 OVA’s + 3 filmes
Mangá: Dragon Age, 1994, 12 volumes + 10 volumes

Sinopse: Tenchi é um garoto de 17 anos que vive em uma cidade rural do Japão e que vai ter toda a sua vida transformada quando uma nave espacial bate no templo onde o garoto vive. A dona da nave é a pirata espacial Ryoko e que acaba sendo uma das responsáveis pela vinda de outras 4 garotas. É claro que todas acabariam presas na terra e passariam a morar na casa de Tenchi, fazendo com que todo dia seja uma aventura e aos poucos todos vão descobrindo sobre o grande segredo da família de Tenchi.

Comentários: Tenchi Muyo provavelmente não deve ser um nome muito conhecido para os mais novos, mas esse é um dos animes que passaram na época dourada do Band Kids e a primeira historia de harém que eu vi em animação. A série possui várias temporadas diferentes – que se passam em universos diferentes – mas eu resolvi recomendar apenas 3 dessas: Tenchi Muyo! (Tenchi Universe), Shin Tenchi Muyo! (Tenchi in Tokyo) e os 13 OVAs de Tenchi Muyo! Ryo-Ohki. Lembrando que essa série possui uma das aberturas dubladas mais desafinadas de todos os tempos, só brigando com a do cavalo de fogo e que eu adoro por causa da nostalgia.

seto no hanayomeSeto no Hanayome

Autor: Tahiko Kimura
Demografia: Shounen
Anime: Gonzo, 2007, 26 episódios + 2 OVAs
Mangá: Gangan WING, 2003, 16 volumes

Sinopse: Durante um verão, Michishio Nagasumi acaba indo ao mar e quase se afoga, sendo salvo por uma linda sereia chamado Seto San. Só que ela faz parte de uma família de sereias Yakusa e os dois acabariam precisando se casar de acordo com a lei deles ou então um dos dois precisaria morrer. Agora a vida do garoto muda: a família de sua noiva acaba se tornando uma presença constante e ele ainda precisa esconder o grande segredo sobre Seto San das outras pessoas.

Comentários: Mais uma comédia do que um harém, Seto no Hayanome é muito engraçado e surpreendentemente pouco falado. A família da Seto é genial! Sereias Yakusa que ameaçam a vida do protagonista constantemente e que conseguem tomar conta facilmente do colégio do garoto. E aos poucos vão entrando novos personagens muito interessantes, como a Lunar e suas personalidades distintas e o Kai com seus traumas. Acho que esse anime seria o mais contestado aqui sobre ser um harém ou uma comédia escolar, mas a série consegue cobrir ambos da mesma forma, portanto cabe perfeitamente na descrição do gênero.

bakemonoBakemonogatari

Autor: NisiOisiN
Demografia: Seinen
Anime: Shaft, 2009, 12 episódios
Light Novel: 2006, 13 volumes (em andamento)

Sinopse: Bakemonogatari segue a narrativa de Koyomi Arara(ra)gi, um garoto sobrevivente de um ataque vampiresco e que saiu deste com certas sequelas. Uma delas é possuir uma sensibilidade para “estranhezas”, já que logo após o incidente o Araragi-kun se envolve em diversos casos sobrenaturais em que as vítimas são garotas. O primeiro desses casos é com uma garota chamada Hitagi Senjougahara.

Comentários: Como eu posso tentar explica a série monogatari? É uma série muito diferente do que você vai ver por ai, cheio de falas extremamente inteligentes, referências a cultura pop, cenários surreais e um dos pontos mais altos da Shaft no quesito animação. Bakemonogatari foi a primeira série animada da franquia que é chamada de “Monogatari”. Aqui a recomendação fica especificamente para esse arco, mas as continuações também existem (Nisemonogatari e outras). O ChuNan possui um belo texto feito pela Laris sobre a primeira temporada e a segunda temporada. Leiam pois ela é muito melhor com palavras que eu e consegue explicar grande parte das referências. De qualquer modo, assistam. Pra mim uma das melhores séries que eu tive o prazer de acompanhar semanalmente.

ouranOuran Koukou Host Club

Autora: Bisco Hatori
Demografia: Shoujo
Anime: Bones, 2006, 26 episódios
Mangá: LaLa, 2003, 18 volumes

Sinopse: Haruhi é uma estudante que ganhou uma bolsa de estudos para o colégio Ouran High School, uma escola para alunos de famílias extremamente ricas e ela acaba sendo confundida com um garoto frequentemente por causa do modo que se veste. Em uma tarde ela procurava um lugar tranquilo para estudar e acaba entrando no famoso Host Club, um lugar onde as estudantes passam o tempo para ficar e conversar com os garotos mais populares do colégio. Com pressa para sair dali, Haruhi derruba um vaso extremamente caro e a garota vai acabar trabalhando ali até a formatura por não ter a mínima condição de pagar o prejuízo.

Comentários: “Como assim Ouran? Cadê as mulheres? Tá doido?” Se você pensa que um harém é formado somente por um grupo de personagens femininas está enganado. Ouran é o famoso harém inverso. Uma historia onde trocamos as garotas e colocamos vários homens atrás de uma mulher só. Antes que venha algum preconceituoso (que tem ao montes), assistam ao anime e percebam que é muito divertido e engraçado. Ainda lembro da cena muito engraçada em que eles sujam o bichinho de pelúcia do Honey-senpai e ficam com muito medo da reação dele. Pena que o anime não continua a historia do mangá, mas ainda assim vale a pena ser visto e você pode comprar os volumes aqui no Brasil se você realmente gostar.

Luk

Luk

Eu juro que gosto de animes, apesar de todo o meu haterismo.

Related Post

Há 107 comentários

    1. Avatar

      Inclua Rosário+vampire, Ranma 1/2, Negima, Futakoi (harém de gêmeas com muita comédia), MM!, Sister Princess, Shuffle!, Tenchi Muyo GXP (série do primo do tenchi), etc…

      Responder
    2. Avatar

      Eu esperava encontrar os dois, mas acabei encontrando referências muito mais interessantes… Love Hina foi o primeiro mangá que li na vida, tenho um carinho enorme pela série, e junto de Seto no Hanayome (que o anime me fez chorar de rir) e Monogatari (minha atual série favorita), achei que esse top 5 deu excelentes conselhos!

      Responder
    3. Avatar

      Pelo simples motivo… To Love-ru é ecchi e não harem, tirando a Momo, Nana, Celine e Lala (excluindo a irmã dele), o resto não vivem com ele…
      Os citados vivem todos juntos… pq se fosse assim Hayate no Gotoku tb entraria na lista…
      No caso de Tenchi Muyo existem varias séries deles (Universe, Shin Tenchi Muyo ou Tenchi in Tokyo, Tenchi Ova Ryu-ohki, GXP, Dual Parallel, e os especiais (Reian e Shin Especial Sakuya).

      Responder
  1. Avatar

    O mais estranho é que geralmente não ha motivos aparentes para um monte de garotas fikarem afim de um cara. é só pra satisfazer fetixes de japones

    Responder
  2. Avatar

    Acho que eu assisti todas as exibições e reprises de Tenchi Muyo na Band. Os OVAs foram exibidos apenas uma vez por motivos óbvios (hoje em dia passariam somente depois das 23h). Série totalmente nostálgica!

    Responder
  3. Avatar

    Por incrivel q pareça, Tenchi Muyo marcou minha infância. Adorava assistir no Band Kids (no tempo q era bom) e na minha opinião é um verdadeiro clássico dos haréns, fora q ele é super original (diferentes dos harenzinhos de hj).

    Responder
  4. Avatar

    Tenchi! <3 É tão nostálgico, ótimas lembranças da época de band kids :,) E sim, abertura com uma das vozes mais desafinadas, mas também uma das melhores hahahaha SeráÁÁáááhHHHhhHHhhh que não vê que sou pioneira, que sou seu maior mistério e que tenho sentimentos pra mostar ~ ~ ~ me empolgo. lol

    Também adoro Ouran, pretendo comprar o mangá.. apenas não tive a oportunidade ainda. hm

    Não sou muito fã do gênero mas sempre tem um ou outro que acaba se tornando uma exceção, assim como Zero no Tsukaima.. outro que gosto muito. :3

    Responder
  5. Avatar

    Parabéns pelo post, ele é muito bom, não só porque acho harém o melhor clichê dos animes, mas também porque ultimamente não se fala muito disso tanto quanto se assiste, e quando se fala, é sempre uma opinião negativa.
    Assisti todos os animes que foram mencionados neste post, e em todos me diverti muito. Achei que deveria ter outros animes harém tão bons quanto estes, como To Love-ru, Sekirei e Photo Kano (um anime desta temporada que estou gostando muito).

    Responder
  6. Avatar

    Tbm não sou muito fã de harém maaas sempre tem exeções
    Sim, Ouran é o melhor/único harém invertido que eu acho bom … maravilhoso pra ser exata haha
    Além desses, Mayo Chiki é muito interessante e engraçado C:

    Responder
  7. Avatar

    Love Hina,melhor comédia romântica ever.Faltou aí To Love Ru.Apesar da fase Darkness ter um ecchi nível Ikkitousen(e com um misterioso e interessante enredo) a primeira fase da Jump é bem estilo Love Hina.O primeiro anime não seguiu o mangá mais teve qualidade(só nos OVAs e na segunda temporada seguiram o mangá,ignorando um monte de eventos e personagens que apareceram pela primeira vez neles).
    E Tenchi Muyo é muito amor!Bons tempos.Deu vontade de pegar de novo a série!

    Responder
    1. Avatar

      Verdade!!!! Esqueceram o mais clássico de todos! My Goddess é um harém engraçadíssimo!
      Fora que já que é pra colocar harem inverso, faltou vários: Uta no Prince-sama, Hana Yori Dango, Saiunkoku Monogatari, Hakuouki (sou apaixonada por esse!), Hanasakeru Seishounen,

      Responder
  8. Avatar

    Quando vi haréns me veio na cabeça Love Hina e Ouran Koukou Host Club <3 os haréns q eu mais amo! Muita comédia nos dois xD
    Também tem Hoshizora e Kakaru Hashi , Zero no Tsukaima, to love-ru e Negima que eu acho muito legal!

    Responder
  9. Avatar

    Zero no tsukaima e Ichigo 100% sao otimos. Soh uam observaçao sobre Tenchi Muyo, akela musica eh o encerramentto e eu axo tao perfeita kkkk

    Responder
    1. Avatar

      Estava zuando, eu sei q tem pessoas q gostam…
      Yaoi é mais boiola ainda. Esses generos de fan service puro é o cumulo.
      Harem,hentai,yaoi e yuri(E aqueles yaoi e yuri mias fracos q no momento n recordo o nome).

      Ecchi eu até olho alguns, q não tem tanto fanservice assim.

      Mas se tu ler yaoi bom pra tu né.

      Responder
  10. Avatar

    Ao que parece, vocês se esqueceram de mencionar uma série que, caso não saibam, deu origem às séries como Tenchi Muyo, Love Hina e outras séries do tipo harém.
    Refiro-me à Urusei Yatsura, a série pioneira no gênero harém, além de ser uma das melhores séries de romance-comédia já produzidas no Japão.
    Se vocês derem uma boa pesquisada na internet, verão porque Urusei Yatsura precedeu não só as séries do tipo harém, mas também as séries de romance-comédia com humor nonsense e insano, as combinações de gêneros tão diversos como ficção científica, aventura escolar, terror, comédia, sobrenatural, romance, etc.
    Não é à toa que a obra-prima da grande mestra Rumiko Takahashi (a mesma de Maison Ikkoku, Ranma 1/2, Inuyasha e Kyoukai no Rinne, entre outras) se tornou um clássico dos mangás e animes. Vale a pena conferir.
    Aliás, para quem quiser conferir, existem versões fansubadas da série em português. É só digitar o nome da série na internet que vocês acharão a versão legendada. Recomendadíssimo!
    Mesmo nos dias de hoje, Urusei Yatsura continua a inspirar autores de mangá e diretores de anime.
    Dentre os mangakás cujas obras se nota a influência, ainda que sutil, da série da Rumiko, está o mangaká Riichi Ueshiba.
    Quem já teve oportunidade de ler Discommunication (e suas continuações), Yume Tsukai e a atual série Nazo no Kanojo X (ambas as duas séries já viraram animes para TV), já deve ter percebido isso.
    Já dentre os diretores de animação cujos ainmes se inspiraram em Urusei Yatsura, está o famoso Shinichiro Watanabe, que dirigiu séries como Excel Saga, Samurai Champloo, Cowboy Bebop, Michiko e Hatchin. Em todos esses animes citados o humor tipico de Urusei Yatsura está lá, para quem for atento o suficiente para perceber isso.

    Responder
  11. Avatar

    Ótimo post, realmente essas são séries que merecem destaque, já que é raro ter um harém divertido e sem apelações excessivas, mas outra que eu daria ênfase é Ah! Megami Sama, apesar de ser mais puxada pro romance, também não deixa de ser um harém, e é bem agradável de se assistir. Seto no Hanayome é uma das melhores comédias que já vi. Umisho também é muito bom (o mangá).

    Responder
  12. Avatar

    E pra quem não sabe As ovas de Tenchi muyo são a série original , a saga universe e in tokyo são fillers . E tá errado ae na verdade são 20 ovas . Recomendo muito tenchi muyo nunca vi uma serie tão complexa e com grandes possibilidades , pena que o kajishima-sensei ainda não finalizou a série , mais acho que não está longe o dia que veremos o tenchi , fica com alguem . (o que acontece depois das ovas , vocês podem ver nos doujinshi do kajishima

    Responder
  13. Avatar

    Qualquer lista de harem sem To Love Ru e School Days é de credibilidade duvidosa! UAHAUHAUAHUAHUA xD
    Eu ainda acrecentaria Ranma 1/2 e Sora no Otoshimono pelo menos. (Isso por que estou citando só os supreme classics). Todavía concordo que os animes citados são bons em seu genero.

    Responder
  14. Avatar

    Primeiro haren que eu vi foi Tenchi Muyo e lembro como aquilo realmente era engraçado eu até via com os meus pais, época dourada mesmo do Band Kids. =/
    Love Hina eu também prefiro acreditar que o anime não existe mesmo não vendo tudo (o que eu vi foi suficiente pra me desanimar), mas agora estou comprando o mangá pra não perder a chance de ler uma ótima história. Até agora só li o primeiro capítulo de Love Hina e já dei muita risada.

    Responder
  15. Avatar

    Tenchi Muyo é Bom, fez parte da minha Infância, mas…….. Vocês não deveriam falar de coisas mais Sérias nesse Site??? Sabia que essa semana está ocorrendo a COMISSÃO DA VERDADE??? Sabe como isso é Importante???

    A Comissão da Verdade busca descobrir o que aconteceu aos mortos e desaparecidos do REGIME MILITAR de 1965, coisa que VAI VOLTAR pois os Militares REALMENTE estão planejando um Novo Golpe de Estado e tomar o Poder de novo. Aí todos vocês Otaquinhos vão ser Presos e torturados e MORTOS por VADIAGEM e SUBVERSÃO.

    “Ah, mas eu não sou vadio” Pros Militares e pro DOPS não tem essa Não. Não contribui para o Progresso Industrial e Bélico do País, vai pra VALA.

    Temos que nos Unir, nós que estudamos e nos preparar para EVITAR que o Governo Militar volte e Pessoas Inocentes Morram. Ficar falando de Coisas de Otaquinho como Mangás e Animes Harém não vai ajudar a melhorar o Brasil e nem os Brasileiros. É preciso ter Atitude de Verdade e não Escapismo…..

    De um Filho de uma Estudante estuprada nos Porões do DOPS para as pessoas que podem mudar o País, mas estão ALIENADOS em troço de Japonês (como bem falava o meu pai quando eu tinha 16 anos e era Otaku que nem Vocês)……

    Responder
    1. Avatar

      Mas pq fizemos alguma coisa na vida se tem fome na áfrica né.
      Todos deveriam parar oq estão fazendo e vamos para africa salvar as criancinhas.

      Responder
    2. Avatar

      Esse Gabriel-AG é Maluco!

      Lembro de uma discussão que ele arrumou no Jbox, que todo mundo ficou contra ele, aí ele sem argumentos Controlveiou a oração do Pai nosso… Depois disse que tudo que ele falava era mentira, que nunca foi isso e aquilo, que era depressivo,só vivia dentro de casa no computador, que era obeso devido a isso, que tudo que ele tinha criado era uma fantasia criada na sua mente para preencher a lacuna causada pela falta de amigos.

      Ele vive dizendo por aí que é um cara que faz mangás. Com esse roteiro todo que ele criou, com certeza fará muito sucesso, já sou seu fã.

      Responder
    3. Avatar

      Alienado, só se for você, que vem encher o saco com comentários nada a ver num blog de animes…só por gostar de animes não diz que uma pessoa será alienada ou despolitizada, digo isso por experiência própria e como aluna do quinto semestre de direito. Agora, é fácil vir e expor argumentos totalmente aleatórios e ridículos. Que maturidade! Sem duvidas isso te faz uma pessoa adulta e consciente! Sério, me diga então que merda anda fazendo para melhorar o mundo? Ah, vá procurar louça para lavar.

      Responder
  16. Avatar

    achei que faltou só o Zero no Tsukaima, é um harém muito bom, Ouran, é incrível de tão divertido, adorei o Harém inverso, sou menina… gostaria de morar no Host Club, fácil! hehehe

    Responder
  17. Avatar

    Tenchi Muyo! (Tenchi Universe), Shin Tenchi Muyo! (Tenchi in Tokyo) e os 13 OVAs de Tenchi Muyo! Ryo-Ohki.

    Na verdade é 20 episódios que tem o Ryo Ohki

    Responder
  18. Avatar

    Conheço boa parte dos animes que foram citados,mas de boa, o que eu mais gosto é o Love Hina, é muito bacana, o Akamatsu sensei coseguiu revolucionar não somente o harem como a comédia romantica de modo geral(na minha opinião é claro).

    Responder
  19. Avatar

    KAPKAPOAKOAK, essa da comissão da verdade foi tenso xD

    Como seu comentário foi postado às 2 horas da tarde, deduzo que o jornal do almoço, ou sua aula, ainda estavam frescos na memória e.e

    Responder
  20. Avatar

    Love Hina e Tenchi Muyo são classicos. Sem duvidas, dão um banho em varios animes sem graças atualmente. E também não sou muito fã de haréns, mas esses são memoraveis…
    Opa, já ia esquecendo de citar Ouran, o melhor shoujo que já li na minha vida.

    Responder
  21. Avatar

    Não vou negar que gosto de animes harém, mas não se forem a parte principal da história. Tirando Tenchi que me apresentou ao conceito em animes, os outros indicados considero exagerados. Na boa, fiquei procurando entre respostas e indicações… mas ninguem citou os ótimos HIGH SCHOOL OF THE DEAD e CAMPIONE! até agora. Como pode? Calro que HSoTD tem certo exagero nos capítulos 5/6, as… conjunto imensamente divertido. E campione já nasceu clásico para mim, recomendo atodos lerem também aslight novels,

    Responder
  22. Avatar

    Cadê o botão edit? 🙁 por algum motivo cliquei para publicar antes de terminar… e efetuar correções. Agora é tarde >:(
    Se não ficou clara minha posição, imagine cdz sem conceitos zodiacais e mitologia, como armaduras, deuses ou cosmo. Seria só pancada, teimosia e reclamação. É como eu vejo alguns haréns que tem por aí.
    E quanto ao Campione!, realmente não posso recomendar suficientemente as light novels… várias partes cortadas ou modificadas para fazer o anime, e continuações da história de virar a cabeça.

    Responder
  23. Avatar

    na linha harem comédia o meu favorito com certeza é Sayonara Zetsubou sensei. ele e ouran são os melhores.
    PS: hayate no gotoku era divertido até a parte harem meninas moe dominar a parte de comédia do anime

    Responder
  24. Pingback: Review – Love Hina, de Ken Akamatsu: Volume 1 (Editora JBC) | ChuNan! - Chuva de Nanquim

  25. Avatar

    amo tenchi!!! pelamor é muito infância!
    mais um do estilo é koreha zombie desu ka.
    Muito non-sense, aleatório e segue o estilo harém também. =]

    Responder
  26. Avatar

    Caramba! Serio! Muito obrigado! Estava tentando lembrar o nome da serie Tenchi muyo faz um tempao,procurei em varios lugares e nunca encontrava!Obrigado por me recordar dessa serie que marcou minha infancia! Valeeeeeu

    Responder
  27. Avatar

    Boa a lista, mas acrescentaria à mesma: Maison Ikkoku (que deve ter sido uma influência ao Akamatsu por se tratar duma história semelhante e ao meu gosto melhor que Love Hina) e Ranma 1/2 (que na minha opinião é harém sim, uma vez que temos Ranma e várias garotas loucas para casar-se com ele).

    Responder
  28. Avatar

    Falta-me tempo e boa vontade para assistir animes harém, principalmente os inversos, porque olha… É difícil, viu?
    Mas um harém (ao inverso) que eu recomendo profundamente é Ouran High School Host Club. Cara, esse anime é um dos meus preferidos! A comédia é sem igual e absolutamente incrível! Ri em todos os episódios e vale a pena qualquer um ver! Os mais preconceituosos que só vêem hentai/ecchi: vocês não sabem o que estão perdendo.

    Responder
  29. Avatar

    Apesar de achar bem legal séries de haréns, ultimamente eles estão se multiplicando demais. Mas é claro que ainda dá pra se divertir muito.

    Seto no Hanayome é um dos melhores animes comédias que eu já vi. Eu devo ter rido do inicio ao fim, e ele tem algo raro. Pouquíssimo ecchi.
    Monogatari é um dos mais legais e originais. O autor criou uma história sobre monstros mas sem lutas épicas.
    Mas achei que ficou faltando Ranma 1/2. Eu considero um dos melhores haréns que existe. Além de praticamente todas as heroínas terem seus desenvolvimentos, todas tinham alguém que gostava delas. Isso é raríssimo. Hoje em dia parece que só existe o personagem principal e talvez um amigo. E sem contar que Ranma uniu ação com comédia de forma muito boa. Seus arcos de luta eram incríveis.

    Alguém falou sobre Rosário Vampire, e eu só gostaria de dizer que é um dos piores que existe. O anime não presta. Queria saber quem gostou daquele lixo. Nunca deveria estar numa lista de recomendação de anime. Já o mangá é muito bom mesmo. ESSE eu recomendo.

    Responder
  30. Avatar

    O anime de Love Hina eu não recomendo, fiquei muito triste com a história.
    Já o mangá, lol, foi o primeiro que li na minha vida, até hoje já o li umas 4 vezes e ri muito em todas. O melhor nesse estilo.

    Responder
  31. Avatar

    Adorei o post. Prefiro aquelas histórias mais leves e que não sobrevivem a base de fanservice, como rola com a maioria dos haréns e o que causa preconceito com o gênero.

    No geral os mangás costumam ser muito superiores aos animes, que apelam para ter público. Bakemonogatari e Ouran são meus favoritos desses aí.

    Responder
  32. Avatar

    ” e você pode comprar os volumes aqui no Brasil se você realmente gostar.” os mangás de Ouran estão a preço de ouro no brasil, eu msm estou tentando completar minha coleção, mas não quero pagar 30 reais em cada volume… Uma pena

    Responder
  33. Avatar

    Adoro Ouran Host Club!!!!! Cada episódio é ataque de risada!! Ainda lembro de quando eles falaram que Honey-senpai era “o adereço adorável” e “tinha sido alugado” por Mori-senpai

    Responder

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *