Semanada – Bleach #535: Defensores

headerAcho que depois de Bleach, Kubo vai escrever um mangá shoujo.

Kaichou wa Shinigami-sama.

2Bleach 535

Nada Além da Chuva 8ª Abertura: Defensores

Inconsciente e com sua alma flutuando no nada, prestes a ser engolida pelo hollow, Masaki não sente medo, pois tem certeza que alguém virá salvá-la. E enquanto isso, Isshin e Ryuuken finalmente conhecem a identidade de Urahara, que diz ter sido banido da Soul Society. O capitão chega a reconhecê-lo, mas Ryuuken impede maiores explicações, pedindo desesperadamente que ele faça Masaki voltar ao normal.

Urahara então explica que ele não poderia fazê-la voltar ao que era antes, mas sim salvar a sua vida, o que seriam coisas diferentes. Ela fala sobre a hollowficação, que teria por objetivo tornar um alma mais forte, fundindo-a com a alma de um hollow. Porém, os experimentos com shinigamis não deram certo e o fato do processo estar acontecendo com a alma de um quincy – Masaki – é ainda mais problemático.

3Ele explica que ao final do processo de hollowficação, quando as almas original e do hollow se misturam completamente, não somente a barreira entre as duas é destruída, mas também a barreira que separa a alma do mundo exterior, o que causa o suicídio da alma. E a única coisa que pode impedir esse suicídio é inserir dentro da alma algo oposto à hollowficação, para que se refaça o equilíbrio.

Como Masaki é uma quincy, ela precisará de algo muito forte que fique ao seu lado até a morte, impedindo a hollowficação. Ryuuken então se desespera, pois havia entendido o que teria que ser feito. Mas quem tem que tomar a decisão é Isshin: usando um gigai, ele seria algo entre shinigami e humano, exatamente o oposto de Masaki naquele momento, quincy e hollow. Porém, Urahara o adverte que ele provavelmente jamais voltaria a ser um shinigami se aceitasse entrar no gigai. Ryuuken então acredita que o capitão jamais aceitaria tal coisa…

5Mas Isshin, sem titubetear, aceita as condições, para surpresa de Urahara e Ryuuken. Urahara ainda o pergunta sobre seus arrependimentos, mas o shinigami diz que mesmo tendo muitos, ele não seria capaz de se perdoar sabendo que a pessoa que salvou sua vida acabou morrendo porque ele negou ajuda. Urahara então faz todos os procedimentos e como num passe de mágica, Isshin liberta Masaki da escuridão.

Parece que Kubo está aproveitando essa sequência de “Nada Além da Chuva” para usar toda sua veia enrustida de roteirista de shoujo. E o capítulo apenas reforçou isso. Temos Ryuuken completamente fora de si para salvar Masaki, o que pode ser tomado como prova que ele sentia alguma coisa por ela. E temos Isshin aceitando todas as condições, sem pestanejar por um minuto sequer, por mais prejudiciais que possam ser a ele, somente para salvar a jovem. 

A explicação como se dá o processo de hollowficação também foi interessante, e parece confirmar que Urahara foi expulso da SS pelo mesmo motivo que Orochimaru saiu de Konoha: pesquisas bizarras e anti-éticas. E dá para imaginar que foi Aizen que pagou de herói delatando as pesquisas de Urahara, enquanto ele mesmo continuava com elas por baixo dos panos…

6É impossível não voltar ao lado shoujo da história, com Urahara dizendo que as almas de Isshin e Masaki estariam conectadas por um cordão de reishi até a morte; isso sem contar o fato dele se autointitular o cavaleiro de armadura brilhante de Masaki. (E para completar ele viu Masaki nua e eles nem tinham dado um beijinho ainda! Ai esses jovens de hoje em dia…)

E Ryuuken ficou lá no canto, sofrendo por não poder fazer nada, mesmo que quisesse; se sentindo inútil, de mãos atadas ou só corno mesmo, enquanto via Isshin se sacrificando para salvar a jovem Kurosaki. Nem que ele a amasse de verdade – ainda não podemos afirmar com certeza -, nada poderia separar as almas de Masaki e Isshin naquele momento.

4E na minha opinião, o que torna os pais do Ichigo um casal ainda mais bonito é que Isshin escolheu ter sua alma conectada à de Masaki, mesmo que isso implicasse em arrependimentos e perdas para ele. Desde já, isso já era amor, não é? Ai Kubo, sua menininha cor-de-rosa e serelepe, está aprendendo direitinho com o Kishimoto! ♥

Agora estou mal acostumada, quero que os próximos capítulos sejam do desenvolvimento da relação Isshin e Masaki, namoro, noivado, o casamento com Urahara de padrinho e /apanha

7Até a próxima!

Asevedo

Formado em design editorial e assistente editorial da Panini Mangás. Leio mangás e história em quadrinhos de diversos países. Assisto animes de forma esporádica. Sempre estou no Twitter.

Related Post