Comentando – Chihayafuru 2 #25: Conclusão da 2ª Temporada

HeaderMas tudo passa, tudo passará.

Eu gostaria de pedir desculpas antes começar os comentários da temporada. Sei que tinha prometido falar sobre todos os episódios de Chihayafuru depois do episódio 14, mas as provas finais da faculdade começaram e eu me enrolei bastante (tá, também teve a preguiça). Mas vou aproveitar esse episódio final para retornar aos episódios antigos e fazer alguns comentários rápidos.

Para aqueles que não assistiram Chihayafuru confiram antes o review da primeira temporada AQUI pois daqui em diante o texto terá spoilers.

Chihayafuru 2 (15)Concluindo a 2ª Temporada

Esse segunda temporada de Chihayafuru mudou em muito o foco da primeira temporada, onde a trama girava muito mais na dinâmica entre os personagens do que as partidas em si. Já nessa temporada devemos ter acompanhado no máximo uns 5 episódios fora de campeonatos de Karuta. Muita gente acabou parando de assistir por causa disso e eu não tiro muita a razão deles. É claro que eu adoro as partidas de karuta, mas elas não conseguiram me prender tanto quanto toda a relação entre os personagens e seu desenvolvimento.

Ainda assim foram 25 episódios muito divertidos (23, porque existiram aqueles episódios de introdução da Sumire) e com partidas realmente emocionantes. Tanto a semi final quanto a final do campeonato de grupos foram incríveis e se aproveitaram do fato que o espectador nunca pode dar 100% de vitória para algum personagem. Isso que me faz gostar tanto de assistir as partidas. Não dá pra afirmar a vitória de alguém por mais que um adversário seja mais fraco. Em muitos casos o psicológico é o que mais influencia na hora. Quem aqui não se lembra da vitória do Komano? Ou até mesmo a do Taichi pra cima do capitão do melhor time de Tokyo?

Chihayafuru 2 (2)Porém na parte do torneio individual encontramos meu maior problema com Chihaya até agora. Tudo bem eles conseguirem jogar normalmente após um campeonato exaustivo até a final – afinal eu não sou um cara que conhece Karuta então não sei o quanto isso influencia no rendimento de uma pessoa – mas alguém conseguir vencer pessoas na classe A com uma mão que ela não domina é ridículo. A Chihaya consegue passar em duas fases do campeonato jogando com a mão esquerda, sendo que ela nunca praticou com ela e venceu até mesmo uma adversária que o porquinho não conseguiu derrotar. Peraí: eles estão mesmo na Classe A, com os melhores colegiais do Japão? Tá certo que a Chihaya é uma ótima jogadora, mas mesmo assim só mudar as posições das cartas não vai te ajudar a vencer um adversário de alto nível.

Com essa forçada de barra chegamos a esperada partida Chihaya x Queen e esse definitivamente podemos chamar de um episódio excelente. Toda a relação entre as duas, mesmo que com poucas palavras e muito pensamento, fez a partida se tornar extremamente interessante, mesmo com a Chihaya sendo massacrada e sem poder fazer nada. O episódio acaba sendo finalizado com uma linda cena onde a Shinobu acaba saindo deprimida da sala após esmagar a adversária porque ela reconhece que ela poderia ser uma grande amiga e até mesmo rival. Então Chihaya a agradece com lágrimas nos olhos por ter a levado a sério. Honestamente essa cena é pra mim é uma das melhores da temporada e que mostra que apesar de tudo o desenvolvimento dos personagens ainda acontece mesmo durante as partidas. 

Chihayafuru 2 (6)Taichi está destruindo na classe B, enquanto ele se pergunta porque ainda está ali, enquanto está longe de Chihaya e Arata. Nada surpreendente pra mim. Ele tem enfrentado adversários muito mais complicados no torneio de duplas e está completamente concentrado, ou estava, ao ver seu interesse amoroso ele perde completamente o foco e começa a perder cartas. É algo interessante de se pensar que a garota nunca chegou a acompanhar o Taichi jogando com sua força. Na final do campeonato ela estava dormindo e na classe B ela só foi acompanhar a última partida. De qualquer modo após tudo isso Taichi consegue a vitória de virada e outra ótima cena acontece. Enquanto o garoto estava muito mais preocupado com a Chihaya perder a partida do Arata, a garota começa a chorar de felicidade porque finalmente seu grande amigo passou para a mesma classe que ela.

Chihayafuru 2 (11)E então vamos para a aguardada partida Queen vs Arata.

Dois monstros assustadores. Isso é o que eu posso conseguir pensar dos dois nesse momento. A partida final da Classe A possui um nível tão elevado que eu nem posso pensar em outro adversário que consiga enfrentá-los de igual para igual. Queen possui a velocidade e a precisão, enquanto o Arata possui uma aceleração e tempo de reação acima do normal, conseguindo cruzar a mão pelo campo em segundos. Enquanto isso acompanhamos uma Chihaya sem reação nenhuma, assistindo a partida sem conseguir pronunciar nenhuma palavra e tentando entender e absorver cada jogada.  Interessante é que após a derrota de Shinobu, Arata percebe que ela estava com febre por causa de toda a chuva que pegou e pega a todos de surpresa. Será que é por isso que ela jogou tão diferente do habitual em alguns momentos? Será que o Arata iria conseguir vencê-la em condições normais?  Mais uma partida excelente, pra mim a top 3 dessa temporada.

Chihayafuru 2 (9)Chihayafuru 2 #25

“On Mt. Fuji’s Lofty Peak, by the Drift of Falling Snow”

E chegou ao fim esse longo campeonato que acompanhamos desde o episódio 8 e com um resultado muito positivo para o colégio Mizusawa: Campeão do torneio de Equipe, Campeão nas Classes B, C e D.  O desejo da Chihaya quase se realizou. Talvez teria boas chances de acontecer se ela não tivesse machucado (mas não sei se ela conseguiria vencer o Arata) e espero ansioso para ver se todas essas vitórias conseguem aumentar o prestigio do clube no colégio, levando alunos a se inscreverem e deixando um legado para a escola. Também é interessante ver como o Arata impressionou tanto o Taichi, quanto a Chihaya. Os dois ainda estavam um pouco chocados com a partida e mal conseguiam falar com o garoto direito. Por mais que ele tenha pouco contado, Arata influencia o Karuta e até mesmo a vida dos dois. Chihaya não consegue entender porque ele é tão relaxado enquanto joga e porque ele ainda está tão distante dela, mesmo após tantos anos de treinamento. Sem tempo para conversar, Arata não consegue explicar para a garota e acaba precisando ir para as formalidades de entrega de prêmios para os campeões.

Uma coisa interessante que parece ser o rumo da próxima temporada é a aproximação da treinadora Sakurazawa com a Chihaya. Ela é uma das responsáveis pela força do colégio Fujisaki e parece estar muito interessada no futuro da Chihaya  e do Taichi. Essa relação próxima das duas pode muito bem ser o grande salto que a garota precisa para conseguir se aproximar e ser competitiva em uma próxima partida contra a Shinobu e para o grande crescimento do Taichi, que por mais habilidoso que ele seja ainda falta algo para se tornar um grande profissional.

Chihayafuru 2 (17)Temos um corte para sabermos finalmente sobre o que a Chihaya tem no dedo, coisa que nem os médicos sabiam oque era (Isso no Japão! Imagine no Brasil) e acabam descobrindo que ela vai acabar precisando fazer uma cirurgia para ela continuar como uma profissional. Eu me diverti muito com todas essas cenas do hospital, ela morrendo de medo de fazer a cirurgia e a reação de todo o pessoal da Mizusawa. Eu já passei por esse sentimento de ter que fazer uma cirurgia e tomar anestesia geral, é apavorante você saber que pode acontecer alguma coisa séria por mais simples que seja.  E é muito mais engraçado você perceber que ela está em um conflito imenso na cabeça dela… ela ainda só pensa em Karuta por mais assustada que ela esteja e por isso ela se obriga a fazer o procedimento.

Chihayafuru 2 (10)No hospital ela começa a assistir a partida gravada por um dos alunos da treinadora Sakurazawa e que eu vou parar só para comentar o quão impressionado eu estou com essa pessoa que filmou a partida.  Ela devia ser contratada imediatamente por algum canal que transmite Karuta no Japão! Ela conseguiu pegar várias tomadas de câmeras incríveis e se movia em velocidade incrível para conseguir pegar o ângulo certo da reação de cada um. Um gênio que irá revolucionar tudo o que você conhece no mundo da televisão (tá, não é um gênio, é só preguiça e verba dos produtores do anime em fazer novas cenas da partida). Inquieta com o incrível vídeo Chihaya precisa ligar para o Arata e ela nem ao menos sabia o que sentia. Ela só queria tirar aquilo do peito e não conseguiria se sentir bem sem conversar com ele.  Ela fala que quer ser melhor em Karuta, mas não chega a ser apenas isso, a confiança dela após aquela partida tinha sido abalada, chegando até mesmo a duvidar se todo o seu trabalho tinha adiantado algo. Para ela, Arata e Queen pareciam de outro planeta e isso a machucava demais. Então o Arata diz que em qualquer partida de Karuta ele volta para o quarto onde ele e ela jogaram pela primeira vez, o momento que ele mais se divertiu jogando Karuta e uma partida que ele nunca queria que tivesse acabado e o que o faz forte.

Chihayafuru 2 (13)São esses momentos, essas conversas que fazem de Chihayafuru tão especial pra mim e que me fazem ficar arrepiado pela maneira que o anime demonstra a reação de cada personagem a frases assim. É disso que eu senti falta, é isso que eu queria mais e não quase 20 episódios de partidas. Esse episódio final me lembrou disso. Por mais que os dois não consigam ainda conversar de uma maneira normal (ela nem comentou para o Arata que ia fazer uma cirurgia), por mais que os dois não estejam ligados todo dia (afinal de contas o Taichi ainda está lá) eu ainda consigo entender a grande influência que um acaba tendo no outro. Eu fico ainda com o pé atrás sobre o amor da Chihaya pelo Arata. Por mais que eu tenha brincado no twitter que aquela cena tinha feito tudo acabar para o Taichi (porque eu ainda vejo muito o sentimento da garota pelo Arata, muito influenciado pelo Karuta) ela ainda não consegue diferenciar muito o que ela sente pelos dois, tanto que a frase inteira é: “Eu sempre vou amar o Karuta e sempre vou amar o Arata.”

Ela é muito cabeçuda e “inocente”. Não dá para saber o que vai acontecer ainda e é por isso que as Taichizetes ainda tem uma esperança.

Chihayafuru 2 (4)Esse episódio foi pra mim um dos melhores da temporada, fechou tão bem que vamos ficar nervosos para a terceira temporada chegar logo. Apesar da série não vender tão bem a terceira temporada pode existir, assim como a segunda surgiu sem nenhuma previsão anterior. Para quem não aguentar, saibam que já tem disponível o mangá de toda a parte após essa segunda temporada em inglês. É só procurar em um tal site chamado Google que vocês encontram facilmente.

Eu prefiro aguentar e esperar o anime. Quero ser surpreendido com os episódios e pelo bela trabalho da MadHouse. E eu só quero ver o que vai acontecer agora que o Arata vai para Tokyo! Vem terceira temporada! Volta Chihayafuru!

Chihayafuru 2 (12)

Luk

Luk

Eu juro que gosto de animes, apesar de todo o meu haterismo.

Related Post