Apresentando cinco motivos pra você se viciar em doramas

Especial Cinco Motivos DoramasPor que dividir a atenção do seu mundo 2D com os idols e suas atuações?

Como alguns sabem, o ChuNan firmou uma parceira com o Drama Fever, então nada mais justo do que começar com algumas postagens sobre doramas, certo? Mas antes de apresentar qualquer resenha, primeiras impressões ou algo do tipo, optei por mostrar cinco motivos para gostar de doramas e aderir ao mundo das novelas asiáticas! (Na verdade, é mais porque a review que quero postar não está pronta.)

drama feverInicialmente não gostava de doramas. Tinha uma certa aversão a assistir algo da cultura oriental que não fosse animes. Como posso explicar, quando se passa muito tempo vendo personagens de olhos grandes (maiores que o próprio rosto) e com cabelos coloridos, chega a ser estranho ver pessoas com risquinhos na cara (vulgo olhos) e todos com o mesmo tom de cabelo. (Isso não foi um comentário xenofóbico. Sou descendente de japoneses, ouvi piadas sobre os olhinhos puxados a minha vida toda, inclusive outro dia minha colega perguntou se eu enxergo embaçado. Enfim. Não tem a ver com o assunto. Foco.)

A questão é que, por ser algo que não estava acostumada, acabei desprezando antes mesmo de conhecer. E foi nessa época em que Akai Ito apareceu. Um dorama japonês curtinho, com uma história comovente e que me fez chorar demais. E depois dele, Hana Yori Dango (que possui uma versão coreana do dorama chamado Boys Over Flowers), Yamada Taro Monogatari Ohitorisama surgiram. Não parei apenas nesses e investi nos doramas coreanos também, que têm um número de episódios e de duração maior comparado aos japoneses.

Bom, sem mais enrolações, cito aqui os cinco motivos para se viciar nessas maravilhosas produções.

oppa da miyukiMotivo #1: Seu ator favorito, onde e como quiser.

Sabe quando você finaliza um anime e começa a pensar que não vai mais poder ver tal personagem em cena se não houver uma nova temporada, filme ou OVA? Não é assim com os doramas. Apesar dele acabar, se você gostar da atuação do elenco, ainda vai poder vê-los em outros trabalhos, sejam eles, fazendo papéis de mocinhos ou de vilões. Na imagem, Jung Il Woo em dois doramas diferentes (The Night Watchman’s Journal e Flower Boy Ramyun Shop).


you who came from the starsMotivo #2: Fazem referências a lugares reais.

A maioria das filmagens são feitas em cenários, mas muitas vezes usam famosos cafés, restaurante, hotéis, entre outros, para a gravação. Como em You Who Came From the Star, onde os protagonistas visitam a N Seul Tower (ou Namsan Tower), um dos pontos turísticos da Coréia com grande popularidade; lá são gravados os episódios 16 e 18. A N Seul Tower frequentemente tem a visita de casais que colocam cadeados nas grades do local e arremessam a chave da torre, com o significado de que o amor deles está sendo selado naquele momento.


hana yori dangoMotivo #3: Idols em cena.

Apesar de muitos seguirem a carreira musical, é frequente ver idols atuando nas telinhas como protagonistas ou fazendo participações especiais. Por exemplo, Taecyeon, integrante do 2PM, que além de ser cantor e modelo, atuou em dramas como: Dream High, Who Are You e, o mais recente, Wonderful Days (exercendo papéis importantes em todos os três citados, sendo em um, o protagonista masculino principal). E para quem gosta mais dos idols japoneses, podemos citar as atuações dos integrantes do Arashi que já estiveram em cena juntos. Hana Yori Dango, obra baseada no mangá de Yoko Kamio, contou com Matsumoto Jun para fazer par romântico com Inoue Mao na trama. Além desse, Matsumoto Jun ainda atuou em muitos doramas, como por exemplo: Kimi wa Pet, Hana Yori Dango 2, Smile, entre outros.


ichi rittoru no namidaMotivo #4: Dorama que é dorama, tem drama.

O gênero é certeiro para quem procura e gosta de histórias tristes. Ainda mais se essa for baseada em fatos reais. Como é o caso de Ichi Rittoru no Namida (Um Litro de Lágrimas), que comoveu milhares ao mostrar o trajeto de Aya, uma menina brilhante que acaba sendo diagnosticada com uma doença degenerativa aos 15 anos. Apesar de ser fictício, um que me fez chorar muito até ficar desidratada foi 49 Days, onde acompanhamos Shin Ji, que morreu antes do tempo e tenta voltar à vida, buscando três lágrimas sinceras daqueles que realmente a amam.


49 daysMotivo #5: Surtos a todo momento.

Pessoalmente, a melhor coisa em assistir doramas é: surtar. Ter ataques de fofura quando os protagonistas se beijam, morrer de raiva quando as bitches aparecem do buraco, se sentir mal pelo macho secundário (vulgo aquele que termina sem a garota) ou ficar feliz porque o dorama terminou bem. Ou entrar em depressão porque ele acabou e você precisa de outro para compensar o vazio no coração e… Surtos. É.


Apesar de tudo, doramas são para todas as horas. Mesmo quem não é fã se renderia à vasta quantidade de títulos e histórias. É por isso que, mesmo sendo apenas um post introdutório, meu intuito é fazer com que as pessoas saibam um pouco mais sobre doramas ou até mesmo comecem a acompanhar o gênero. (Ou seja, transformar todos em dorameiros.)

E mesmo havendo receio em relação à produção e atuação dos doramas asiáticos, com certeza um vai te conquistar. Assim como me conquistou. Então, por que não deixar a primeira impressão de lado e dar uma chance a infinidade de gêneros que existem? A partir de agora o Chuva de Nanquim, em parceria com o Drama Fever, vai trazer mais títulos e mais oportunidades para quem quer entrar nesse mundo e conhecer essas novelas que são apreciadas por tantas pessoas ao redor do mundo.

Miyuki

Tão normal, nem parece otaku. A louca das webcomics. Segue o mantra de ler e assistir de tudo um pouco (menos o que for terror, por favor). Tem um vício novo a cada mês e surta horrores na conta pessoal no Twitter.

Related Post