Anunciado anime do otome game Code: Realize ~Guardian of Rebirth~

Code Realize ~Guardian of Rebirth~Lupin como você nunca viu antes.

A Idea Factory, produtora de games como Amnesia, Hakuouki e Hiiro no Kakera, anunciou uma adaptação para anime do jogo visual novel para PS Vita Code: Realize ~Guardian of Rebirth~ (Code: Realize ~Sousei no Himegimi) no evento Otomate Party 2015 nesse final de semana.

No evento do Otomate, além de anunciar o anime, a franquia de jogos para o público feminino da Idea Factory também confirmou mais doze novos títulos, incluindo Code: Realize ~Guardian of Rebirth~ que foi feito por fãs do jogo.

Code: Realize ~Guardian of Rebirth~ foi lançado no Japão para PS Vita no ano passado apresentando uma aparência steampunk com um cast que envolve figuras famosas da literatura mundial como o famoso ladrão Arsène Lupin, o caçador Abraham Van Helsing, o doutor Victor Frankenstein, Impey Barbicane e outros.

Em uma mansão abandonada na periferia de Londres, em cumprimento de uma promessa para seu pai, Cardia vive dia a dia isolada do mundo. Seu corpo carrega um veneno mortal que apodrece ou derrete qualquer coisa que toca sua pele, o que levou os moradores a chamá-la de “monstro”. Sua última conversa com seu pai há dois anos, dizendo-lhe para ficar fora de vista e nunca se apaixonar, é a memória mais distante que ela consegue se lembrar. Um dia, sua solidão tranquila é interrompida quando os Guardas Reais decidem capturá-la. É então que ela encontra Arsène Lupin, um ladrão cavalheiresco, que a ajuda a escapar das garras dos soldados. Ela logo encontra-se em uma viagem com Lupin para localizar seu pai, que detém as respostas para sua condição misteriosa. Os dois são logo acompanhados por quatro senhores muito interessantes e bonitos.

Dih

Dih

Paulistano, 27 anos, corintiano e fissurado em cultura asiática e pop. Formado em Design Gráfico na FMU. Hoje é editor assistente da Panini Mangás e colecionador compulsivo de quadrinhos em geral.

Related Post

  • Micael Okamura

    Não sou fã nem de animes baseados em games, acho que tirando Air, Kanon, Clannad e Fate/Stay Night: Unlimited Blade Works, eu não gostei de mais da metade dos animes baseados nesse tipo de mídia.
    Mas a sinopse parece interessante, mesmo sendo um Otome Game.