Autor de Ushio & Tora começará mangá de horror na Shonen Sunday

Kazuhiro FujitaMais um trabalho do autor em sua boa e velha casa.

A edição dessa semana da revista Shonen Sunday anunciou que o renomado e consagrado Kazuhiro Fujita, autor de Ushio & Tora, lançará uma nova série em 2016 dentro da revista. Além de Ushio & Tora, Karakuri Circus, também foi publicado na mesma, embora sem muita repercussão para o público ocidental. Não existe um nome definido para a obra, que terá mais detalhes revelados nas próximas edições. O que se sabe é que se trata de um mangá de horror e a revista o descreve: “Na escuridão, você encontrará. A entidade horrível que é você mesmo. E então, se você acabar encontrando-a… você não será mais você mesmo.”

Falando um pouquinho sobre Fujita, o mangaká trabalhou em Ushio & Tora entre 90 e 96, terminando com 33 volumes. O mangá ganhou uma adaptação em OVA em 1992, mas só neste ano ganhou uma adaptação animada que começou em julho e é exibida pelo Crunchyroll. Já Bakegyamon, outra série do autor, foi um mangá de 5 volumes no melhor estilo “brinquedos colecionáveis”, que embora não tenha virado um hit chegou a ganhar um anime em 2006. Seu último trabalho, Karakuri Circus, não teve uma grande repercussão por aqui, mas no Japão teve 3 edições diferentes da série. Uma com 43 volumes, outra com 9 e uma terceira com 23 edições.

Dih

Dih

Paulistano, 27 anos, corintiano e fissurado em cultura asiática e pop. Formado em Design Gráfico na FMU. Hoje é editor assistente da Panini Mangás e colecionador compulsivo de quadrinhos em geral.

Related Post

  • Acho que isso só foi possível pelo recente anime, porque até então, o autor estava meio esquecido.

  • Ali

    Bacana

  • LeoLima

    Só uum detalhe, ChuNan: Fuijta apenas criou o enredo, o conceito de Bakegyamon, tanto o roteiro quanto a arte do mangá foram de autoria de Mitsuhisa Tamura. E o último mangá dele na Sunday foi Gekkou Jourei, que rendeu 29 volumes e era um dos mais vendidos da revista na época que era publicado (vendendo MUITO mais do que Arata ou Kyoukai no Rinne, por exemplo). Do resto, espero que o autor crie mais um sucesso e ajude a dar uma revigorada na Sunday, pois ela tá precisando.