Comentando – One Punch-Man #5: The Ultimate Master

opm05Em briga de marido e mulher, não se mete a colher.

Fiquei animada com esse episódio, tão animada que tive de baixar ele no meu celular para terminar esse Comentando o mais rápido possível – e, claro, meus leitores amorzinhos me incentivam nessa parte. Porém, antes de mais nada gostaria de esclarecer algumas coisas. Meus textos dessa coluna não são “convencionais”; faço trocadilhos infames, piadinhas, falo da vida, dou uma de “serelepe” – como uma vez um leitor disse nos comentários da Semanada –, mas ainda relato os acontecimentos do episódio. Nem sempre foi assim, inclusive, podem conferir meus antigos posts de Death Parade aqui. Eles eram “bons“, entretanto era extremamente tedioso e cansativo fazê-los. Minhas resenhas são sérias, porém não aplico essa característica nesse tipo de coluna e, só para ratificar, aqui vai um aviso: haters, há outros sites por aí que fazem textos monótonos, esteja a vontade para visitá-los, aqui a porta é serventia da casa. E para os que me acompanham, sejam bem-vindos! Puxem o banquinho, deem risada comigo, comentem e façam críticas (construtivas), porque, sim, essas eu recebo de bom grado. Último aviso: nesse post mostrei o lado shipper e fiz um texto bem hétero (só que ao contrário), a leitura a partir daqui será por conta e risco. Tejem avisados.

One Punch-Man Episódio 5 (1)One Punch-Man #5: The Ultimate Master

Saitama daria um belo tiozinho. Começo de episódio, vários marombas mostrando seus músculos, fazendo testes de força e mostrando como o suco detox e seus tanquinhos deram resultados e agora podem tentar ser heróis, até que, o lindo do protagonista aparece usando uma sunga. Queridos, quem já foi à praia, sítio, ou chácara com a família sabe o que é vergonha alheia. Sempre há momentos ótimos, claro, porém também há aqueles tios que resolvem pôr aquelas sunginhas onde aparece tudo o que você, definitivamente, não quer ver. O Saitama não foge dessa realidade de senhores de 50 que usam trajes que só ficam bem em crianças de 5. Mas quem vê sunga não vê coração, e mais uma vez presenciamos o careca sambando na cara dos inimigos vencendo todos os testes que exigem habilidade física. Atenção: a frase á seguir pode destruir todo o carisma – ou seja lá o que for que vocês tem por mim – que há pela redatora, peço desculpas pelo transtorno e agradeço a compreensão. Quando Genos aparece no vestiário, simplesmente não havia reparado que ele estava… Pelado. Me julguem, nunca prestei atenção em detalhes, mesmo quando importantes, e só percebo que as pessoas mudaram de aparência quando alguém fala. I’m gomenasai.

O acontecimento seguinte me lembrou muito Love Live. Antes que alguém associe a frase com cocôzinho, adubo de plantas e diarreia, deixe-me explicar: Genos tira um “S” no teste – valor considerado o mais alto em joguinhos como Love Live, Idolish7, Osu, entre outros – ou seja, ele sambou de salto agulha como se fosse Carnaval, mas, ao invés de acontecer o mesmo com Saitama, o best guy tira um… “C”.

One Punch-Man Episódio 5 (2)Desde o começo me identifico muito com esse personagem, nossas frustrações são as mesmas, entretanto preciso realçar: “C” é o cacete; treino as idols, faço full combo, gasto gem para pegar as waifus e ganho um “C”?! Não merecemos passar por essa opressão, Saitama!

One Punch-Man Episódio 5 (12)O destaque desse episódio vai para a blusa do careca e os dizeres “oppai” que, graças aos users que sempre postavam NSFW na minha antiga timeline do Twitter, sei o significado da palavra. “Peitos” – apesar de me lembrar “oppa”, que seria a palavra coreana com significado semelhante a “senpai”. Fiquei com uma dúvida que ecoou na minha cabeça durante a minha sessão na lavanderia, enquanto esfregava minhas roupas sujas. Vocês usariam uma blusa como a do Saitama? Usariam para sair as ruas sem vergonha nenhuma? Ou usariam apenas em casa? Votem! (Fazendo uma enquete só para saber o nível de otaquice dos leitores, I’m the worst and I know that.)
One Punch-Man #5 (13)A primeira vez que vi a cena do battle shounen de Genos e Saitama, fui pega de surpresa – obviamente um spoiler que me fez pirar achando que meu ship tinha brigado – e depois de entender todo o contexto, preciso adicionar alguns comentários (um pouco mais) sérios sobre a animação.

One Punch-Man Episódio 5 (6)Meusa migos…

One Punch-Man Episódio 5 (5)O que foram…

One Punch-Man Episódio 5 (7)Aquelas sequências de cena?

Os primeiros movimentos que Genos dá é simplesmente sen-sa-ci-o-nal! Realmente de tirar o fôlego e ainda soltar um “uou!” com demasiada intensidade. E se tem gente que ainda reclama, lhes informo que existe uma resolução chamada mp4, a floopada, e uma outra chamada HD, aquela que lacra e samba nos olhos dos zinimigos. Só digo que: MadHouse é a dona do meu rabo. E digo mais: só digo isso.

One Punch-Man Episódio 5 (8)Voltamos com a programação normal neste parágrafo. Genos e Saitama tem uma batalha incrível e preciso, necessito, destacar uma parte que me fez pirar absurdamente enquanto assistia o episódio: Genos implora ao seu amado para que ele o leve a sério – eu levo a sério, mas você disfarça, você me diz à beça e eu nessa de horroooor –, para que não o menospreze e pare de brincadeiras com seu kokoro; Saitama o obedece, porém, na hora “do soco”, ele não deixa sua mão encostar no rosto do homem mais sortudo desse anime e o convida para jantar.

One Punch-Man Episódio 5 (9)Episódio #5. Guardem ele para o resto de suas vidas, pois esse fez as bases das shippers tremerem! Date! Acontece o primeiro date entre o best couple da série, onde eles vão em um restaurante (barato) e ainda competem para ver quem consegue comer o udon mais apimentado até o final. Vamos ler nas estrelinhas com a tia Miyuki? Vamos! Sinceramente, isso lembra o começo do meu namoro. Não, eu não comecei a namorar o Dih quando ele já trabalhava na Panini, foram meses antes disso e, acreditem, frequentávamos os restaurantes mais baratos – apesar de só ter ido no McDonald’s com ele esse ano, porque queria comer aquele lanche novo de cheedar que é broxante – e isso só é mais uma prova de que o amor de Genos por Saitama é verdadeiro; quando você gosta da pessoa, não espera idas aos lugares mais caros da cidade logo de cara, qualquer coisa parece bom, porque o importante mesmo é estar com quem se gosta. Acredito no relacionamento de vocês, OTP! Miyuki dá a benção que precisam. Fighting, Genos!

One Punch-Man Episódio 5 (10)Mas, óbvio, sempre há as “bitches” que brotam da casa do capeta. O best couple está tendo seu encontro, porém são atrapalhados por um herói famosinho classe “A” que quer falar a sós com Genos. “Boas-vindas”, não é? Uma conversa para parabenizar a entrada de um “S” para a equipe e depois menininhas em volta do ciborgue quando ele retorna, pedindo para o cumprimentarem, enquanto Saitama apenas observa a situação. Vem cá, Saitama. Vamos conversar, porque definitivamente sei como se sente. O Dih também é famosinho e lidar com “bitches” é meu trabalho constante, inclusive a maioria das minhas inimigas no amor são…

One Punch-Man Episódio 5 (3)Homens. “Amigos” do curso, ex-amantes assumidos – alô, alô, redator, Luk! – e até mesmo garçons de restaurantes japoneses – além de admiradoras secretas que criam paixonite por ele via Chuva de Nanquim. Saitama, não sinta ciúmes… Um dia teremos tantos admiradores quanto esses nossos homens tem! (Sim, meu ciúmes é com relação aos fãs, porque, né, trabalho mais e meu fandom é menor, como assim?)

Posso ter um “fandom” (coloca aspas nisso, Miyuki) menor, pequenino, mas ele é o melhor – tanto que o Dih tem inveja, falo mesmo. Agradeço aos comentários calorosos de cada post, semanada, reviews e etc; me dão um animo absurdo para trazer textos cada vez melhores e mais rápidos, apesar de ser difícil acreditar. Cada palavra conta e é extremamente gratificante ver que um pessoal me acompanha em várias colunas – alô, alô, Kazumi! – e, mesmo sendo bobo, fico bem contente. Tentarei colocar o próximo episódio no Word antes de sair outro. Mais baboseiras are coming soon!

One Punch-Man Episódio 5 (11)


Miyuki

Tão normal, nem parece otaku. A louca das webcomics. Segue o mantra de ler e assistir de tudo um pouco (menos o que for terror, por favor). Tem um vício novo a cada mês e surta horrores na conta pessoal no Twitter.

Related Post