Live-action de ‘Blade of the Immortal’ estreia na próxima Golden Week

Notícias-Blade of the Immortal 2017-HeaderKimutaku será o imortal Manji em carne, osso e (é claro) vermes!

A equipe de produção do filme de Mugen no Juunin (O habitante do infinito, em tradução literal), mais conhecido no ocidente como Blade of the Immortal (Blade – A lâmina do imortal, no Brasil) anunciou que o filme tem estreia programada nos cinemas japoneses no feriado da Golden Week de 2017

O filme da obra de Hiroaki Samura tem direção de Takashi Miike (Terra Formars), com Takuya Kimura (do grupo SMAP e do filme Uchuu senkan Yamato, ou Patrulha Estelar) no papel do protagonista Manji. A produção do filme aconteceu em locações de Kyoto, de novembro do ano passado até o início de janeiro deste ano.

Faz quase uma década desde a última vez que Takuya Kimura estrelou um filme de época. O ator declarou que, pessoalmente, ama a visão de mundo do mangá, e que o roteiro do filme também retrata temas opostos da mangá original, de “eu não vou morrer” e “eu não posso morrer”. O diretor Takashi Miike o escolheu pessoalmente para o papel por ser “uma estrela que fez a transição da era Showa para a era Heisei”.

O autor do mangá diz que, por ser sua série de estreia há 22 anos, quando ele volta a lê-la atualmente as suas imperfeições destacam-se como montanhas. No entanto, se a versão live-action segue a história original, acrescentando as emoções do cinema, ele ficará feliz de ver. Pelo diretor, que ama o “auge de atores do Japão”, e com a ajuda do talentoso elenco e da equipe de produção, está ansioso para ver a vida nova que foi soprada em sua obra.

O mangá de Hiroaki Samura foi publicado no Japão na Afternoon, da Kodansha, a partir de 1993 e teve seu último capítulo lançado em fevereiro de 2013, contabilizando 219 capítulos e 30 volumes encadernados. A série ainda ganhou um anime em 2008 pelo estúdio Bee Train.

No Brasil, Blade foi inicialmente publicado pela editora Conrad, porém acabou cancelado. Em 2015, a editora JBC relançou o mangá no Brasil no formato BIG – com dois volumes em um -, que atualmente está no 5º volume, corresponde aos volumes 9 e 10 do original. Essa nova publicação você pode adquirir – com descontos – na Amazon.

Após ser encontrado quase morto, Manji é salvo por uma monja que acaba lhe dando a vida eterna. Querendo sua mortalidade de volta, o samurai faz um acordo com ela: matar um determinado número de criminosos, e só então ela cumprirá sua parte no acordo. A morte e a espada andam lado a lado. Mas como um samurai imortal irá expiar os pecados cometidos pela sua espada? Lavando sua espada em sangue derramado de forma justa!

Asevedo

Designer de formação, atualmente sou Assistente editorial da Panini Mangá. Acumulo mangás e HQ's, que espero conseguir ler um dia. Assisto animes de vez em nunca.

Related Post

  • Este eu acredito que possa ficar bom. E não é apenas por se tratar de Takashi Miike… o/
    Apesar de achar que um só filme não contará nem de (muito) longe a história do mangá. Mas creio que a produção deva estar pensando em algo parecido com o que ocorreu com o 1º live de Kenshin. Acho que poderiam fazer (de cara) uma quadrilogia de 2h30m cada filme. Blade tem fãs suficientes ao redor do globo para sustentar 4 filmes tranquilamente… logicamente, se a produção fizer um bom trabalho.

  • João Ferreira

    Já tem trailer desse filme aí?