A Whole New World: A profundidade de Steven Universe

steven-universeNova coluna! Novos ares!

Faz muito tempo que fui de encontro aos animes e mangás. Queria escapar da monotonia que sentia com os quadrinhos e animações do ocidente já que todas pareciam iguais e com a ideia de apelar para um público mais infantil, sempre com histórias mais simples e básicas. A intenção sempre era conseguir a maior quantidade de dinheiro com bonequinhos e produtos comercializados. Porém, hoje estou fazendo o caminho contrário. As obras do oriente parecem estar martelando cada vez mais os mesmos temas que eles sabem que vão conseguir vender mais produtos (joguinhos, bonecos, roupas, acessórios, qualquer coisa) e poucas coisas originais estão realmente sendo valorizadas, me deixando cada vez mais enjoado e sem vontade de ver ou ler um novo anime ou mangá.

steven-universe-chuva-de-nanquim-7No final do ano passado um editorial do Dih foi lançado. Nele foi comentado sobre a vontade que ele tinha de falar sobre outras formas de entretenimento e expandir as barreiras que nós nos colocamos ao falar apenas do que os japoneses podem nos dar. Muitos criticaram, muitos apoiaram, e essa pequena ideia foi amadurecendo na minha cabeça. Nesse meio tempo eu pensei: Por que não reviver essa aposta?  Então resolvi criar uma nova coluna, apenas para tratar de obras fora do oriente, incluindo produções dos mais variados países (incluindo o Brasil, é claro). Pra começar, já vou lhes falar sobre a melhor obra de entretenimento que eu consumo hoje em dia: Steven Universe!

steven-universe-chuva-de-nanquim-4O que é?

Gems são uma raça alienígena de pedras preciosas que está em constante expansão, invadindo planetas, utilizando seus recursos na criação de novas Gems no processo, indo até o esgotamento de seus recursos e finalmente a sua destruição. A Terra foi um desses planetas conquistados, mas um grupo chamado de Crystal Gems se revoltou contra seus superiores e saiu vitorioso, defendendo o planeta e toda a sua beleza. Muito tempo depois em Beach City encontramos a base desse grupo, que hoje é formado apenas por quatro integrantes: Garnet, Amethyst, Pearl e Steven.

Steven é um híbrido de humano com Gem, sua pedra é herdada de sua mãe Rose Quartz, a antiga líder das Crystal Gems e que acabou precisando abandonar sua forma física para poder dar à luz ao seu filho. A história então mostra o dia-a-dia desse grupo, com Steven aprendendo e descobrindo os segredos das Gems em meio a lutas para defender a Terra ou apenas relaxando e se divertindo com os outros humanos da cidade.

steven-universe-chuva-de-nanquim-19As Gemas e o Universo

Steven Universe já merece um grande destaque por ser a primeira animação do Cartoon Network criada por uma mulher, Rebecca Sugar, que já trabalhava no canal como escritora e artista de storyboard do já famoso Hora de Aventura. O piloto da série foi transmitido digitalmente via Facebook no dia 20 de julho de 2013 e trás uma versão muito, mas muuuuuito diferente da versão oficial que foi lançada em novembro do mesmo ano. O visual e personalidade dos personagens mudaram em relação à versão final, e é muito engraçado ver como era a visão inicial da autora. O traço da animação é bem simples e ao mesmo tempo muito bonito, sendo que o design dos personagens foi mudando com o passar do tempo. É gritante a diferença ao comparar imagens do primeiro episódio com o último lançado.

steven-universe-chuva-de-nanquim-13Eu conheci a série através do Nostalgia Critic, um youtuber que faz crítica sobre filmes. Steven apareceu em um quadro onde ele e o irmão comentavam sobre cada episódio de séries animadas como Gravity Falls, Hora de Aventura e Avatar. Os dois eram puro elogios e resolvi conferir se realmente era bom, afinal de contas, o quadro só tinha desenhos que todos consideram acima da média. Esse também parecia ter uma história realmente interessante. No início minha expectativa ainda estava no clima dos cartoons de antigamente. E o começo da série dava base para essa ideia, uma vez que o mesmo é bem infantil e nada muito diferente do que já foi visto em outros lugares – o protagonista era meio chato e a trama não chegava a se aprofundar em nada. Ao mesmo tempo o elenco de apoio parecia ser bem carismático e acabei continuando por causa deles.

steven-universe-chuva-de-nanquim-10No início, cada episódio servia para nos ensinar as regras daquele universo (sem trocadilhos), quem são os personagens, quais poderes as Crystal Gems tinham, de onde elas vieram e seus objetivos. Nada muito maçante ou cansativo, afinal de contas cada episódio possui em média 11 minutos. Só que, logo no sexto episódio, Cat Fingers, eu comecei a perceber que aquilo que acompanhava não era apenas mais uma série infantil – definitivamente tinha algo de diferente ali. O episódio é bem perturbador e sombrio em alguns momentos, mostrando que certos atos possuem consequências.

steven-universe-chuva-de-nanquim-3Andando mais um pouco, o episódio 25 foi quando finalmente entendi a quantidade de camadas que o roteiro que Rebecca estava tentando colocar na sua narrativa. O episódio por si só é fantástico e expõe uma faceta das Crystal Gems que te deixa imediatamente intrigado, mostrando que existe algo muito maior em meio a tudo aquilo. A partir desse momento, a fase de conhecimento das regras básicas termina e começamos um desenvolvimento total dos personagens, fazendo com que você comece a perceber e entender nuances na personalidade de cada um que não conseguíamos ver antes. Vimos que todos são, no fundo, bem reais.

steven-universe-chuva-de-nanquim-1O interessante nisso tudo é que essas camadas bem definidas ainda fazem o desenho ser simples o bastante para as crianças mais novas gostarem, e ao mesmo tempo, complexo para aqueles que adoram vasculhar cada detalhe e criar as mais loucas teorias do que está por vir. Isso foi me fascinando cada vez mais pela série! Devorei a primeira temporada e metade da segunda em um fim de semana – revi todos os episódios no outro e até hoje me pego indo no youtube para ouvir as músicas que aparecem em vários momentos.

steven-universe-chuva-de-nanquim-21E dentro dessas camadas está todo um discurso e ensinamentos que nunca pensei que veria em um desenho. Ela toca em temas como intimidade, identidade sexual, luto, amor e família de uma maneira divertida e intensa, que não precisa do He-man no final para te explicar a lição de moral que foi tentada passar naquele episódio. Na Comic-Con de 2016 um fã perguntou sobre o que a inspirou a ter essa ideia de focar tanto no empoderamento das mulheres e em questões LGBT no enredo do desenho. A resposta foi incrível:

Essas ideias e pensamentos são realmente importantes para quem passa pelos mesmos problemas retratados no show. Fazem com que essa pessoa não se sinta mais sozinho e até mesmo comece a entender o que ela realmente está passando no momento.

steven-universe-chuva-de-nanquim-1Os personagens são fantásticos, ainda mais se você se focar nas quatro Crystal Gems. Eles mostram que a primeira impressão não é aquela que mais se aproxima da realidade. A Pérola parecia a personagem mais equilibrada e madura do grupo, mas aos poucos percebemos o quanto seu psicológico está quebrado pelo luto; temos a Ametista que era a amigona e a mais legal no início, mas aos poucos vemos que aquela confiança toda esconde muita coisa por trás; já a Garnet, que parecia mais um robô sem emoções, no fim se tornou – para mim – uma das melhores personagens já criadas! Enquanto isso, o próprio Steven que eu não suportava no inicio, hoje é um dos meus preferidos. A autora sabe quando abrir espaço para discussão sobre como ele se sente, ainda mais se colocarmos como referencial tudo oque o garoto passa por causa do vácuo que sua mãe deixou, como todos a sua volta o enxergam e por ter tanta responsabilidade enquanto ainda é uma criança.

Muito do desenvolvimento desses personagens acaba sendo feito através de músicas encaixadas durante os episódios, todas muito bem trabalhadas e lindas, ainda mais se você souber o contexto que cada uma possui. Existe uma quantidade enorme de vídeos de covers – eu pelo menos não me canso de ouvi-las e pagaria fácil por um CD oficial do desenho. No painel de Steven Universe na SDCC desse ano, toda a produção fez uma apresentação musical de 30 minutos como se fosse um grande show. Algumas músicas poderiam ser indicadas aqui, mas muitas possuem um contexto para serem cantadas. Ou seja: você precisa ver durante o episódio. Qualquer música dessa poderia muito bem ser um spoiler e estragar a experiência de vocês. (Não vejam a versão animada da  abertura estendida antes do final da primeira temporada!)

steven-universe-chuva-de-nanquim-12We are the Crystal Gems!

Este foi o texto mais difícil que já escrevi aqui. Tentar colocar em palavras a minha paixão por Steven Universe é quase impossível e estou parado nesse review faz alguns meses. É uma série que me faz rir, chorar e pensar. É tocante, é lindo e ao mesmo tempo… simples. Você pode sentir a paixão da autora e pode se apaixonar pelos personagens, se sentindo órfão a cada hiato que a série acaba tendo durante as temporadas. Eu me emociono e fico arrepiado apenas com o vídeo da abertura estendida – para sentir o nível o nível que estou no momento.

steven-universe-chuva-de-nanquim-20Então é isso. Steven Universe está atualmente na sua terceira temporada e passa no Cartoon Network em diversos horários, mas recomendo tentar encontrar a série para assistir desde o primeiro episódio. A série está no catálogo do Netflix brasileiro. Não deixe a oportunidade passar.

Luk

Luk

Eu juro que gosto de animes, apesar de todo o meu haterismo.

Related Post

  • Que profundidade? e porque perder tempo fazendo uma resenha dess lixo de quinta categoria? Steven Universe é um dos piores cartoons exibidos no CN! pior do que esse lixo, só as porcarias do Hora de Aventura, Titio Avô e Apenas um Show. Que saudade da época quando o Cartoon Network tinha animações para todos os gostos — incluindo animes.

    • A história fictícia e bem complexa.Onde tudo que aparece,não é por acaso.Enfeitesinhos da Temp 1,influenciam até a 4.
      Você so deve ter visto SU no começo onde era só Filler,eu tambem não gostava,mas dei uma chance.Principalmente a partir dos eps que mostrava o enredo.Os primeiros são só pra apresentar umas bobeirinhas.E sinceramente,os desenhos antigos eram sim bons.Mas enredo era oq faltava neles.Você nem precisa ver a série,só ve um resumo ou bilhões de videos de Teorias,e repete a respeito da profundidade do desenho (a mesma coisa com Hora De Aventura,só que ele é mais bizarro na questão lógica).Para de se atrelar o passado.Porq essa sua Nostalgia,está te fazendo pior por dentro,achando que oq você via quando era pequeno era fantástico,porq se vc nunca tivesse visto eles antes,e visse eles agr,duvido nada que falaria que é muito “nada haver”.Não é a toa q SU ta se destacando muito na Web,por tudo,d ainda por ser cômico.Pare de julgar sem ter ao menos saber a história (Nota : E não é que é complexa,que poucas crianças gostam do desenho,mas React dele de pessoas adultas de 20-30 Anos,tem demais)

    • Yuu

      É, amigo, acho que não estamos falando do mesmo desenho…

    • Meio viagem essa revolta. Desde que me lembro do Cartoon temos desenhos que entretém e outros que, além disso, passam uma mensagem sutil que abrange vários públicos. Quando eu era criança detestava Du, Dudu e Edu porque achava só idiota, enquanto amava KND e as histórias loucas que aquele universo te convidava a conhecer e criar. Tenho irmãos pequenos e vejo eles vendo Cartoon e por mais que tenham algumas coisas que acho meio boçais, como Titio Avó, eles amam Steven Universe e Hora da Aventura e seus spinoffs. Acaba sendo injusto achar que tudo é uma merda e na nossa infância era tudo ótimo. Não era e tinha muita bosta, mas nos divertíamos bastante (podemos até relacionar esse valor nostalgia a CDZ que não tinha um roteiro muito bom, mas rende até hoje. O CN é um canal pra crianças e fico feliz em ver que eles conseguem entreter além do público deles e gerar um valor para o canal que ultrapassa idade. Por isso que você fala tão apaixzoando da sua época e que eu tenho certeza que meus irmãos irão falar da deles.

  • Steven Universe foi um daqueles desenhos que você recebe uns pequenos spoilers na timeline do facebook, e fica com vontade de ver para saber o que é que é. Prometi a mim mesmo que não ia julgar até aparecer a Connie, que foi onde a série começou a me fisgar.
    Eu fiz uma propaganda de Steven Universe quando ele foi publicado na minha timeline do facebook, mas com alguns spoilers a menos, hahahahaha.

  • Finalmente né luk… fico muito feliz por você ter me apresentado esse desenho, que você sabe que também é meu preferido da atualidade. Fico feliz de ter posto ao menos duas pessoas nesse caminho também e mais que tufo, fico feliz por conhecer mais uma formar de como a animação pode ensinar e inspirar as pessoas a serem melhores.

    Se fosse só pela história, SU já seria uma grande animação, mas não é só isso e todo mundo que ver essa série, sabe bem do que você, eu e todo esse fandom imenso dessa obra fala. Steven me abriu o caminho para ver de fato as novas séries de animação americana, principalmente do cartoon e da disney com outros olhos e hoje eu consumo quase tudo.

    Se esse texto puder fazer ao menos mais uma pessoa ver Steven Universo eu sinto que você vai realmente está ajudando o mundo de amanhã a ser um pouquinho melhor, como foi o que senti quando gravamos aquele cast em que falamos meia hora desse desenho.

    Obrigado mais um vez por ter me apresentado essa obra de arte e vamos torcer sempre para que o próximo e o próximo hiato sejam cada vez menores. Tentando parafrasear (ou adaptar) uma música de
    Steven que estava lembrando hoje (como sempre, não espere muito):

    Escrever uma resenha…
    Não custa nada.
    Apresentar um novo desenho…
    Não custa nada.
    Como transmitir uma mensagem?
    Quando tudo que queremos é falar o quanto gostamos de SU.

    Até mais!

    Ps.: Gravity Falls ou Korra poderiam ser os próximos.

    • Galadriel

      Eu entendi a referência, kkkkkkk adoro esse episódio e essa música.

  • Cacete. Eu tô aqui só pela revisão do seu texto, mas, cara, esse foi o melhor post que eu li seu desde que entrei pro ChuNan. Parabéns, Luk. Não se sinta envergonhado por um erro ou outro (vou socar o Dih, não você huahuahua).
    Eu sempre falo (não pra você) que seus posts realmente trazem algo diferente para o site, que ninguém além de você pode fazer. Mas isso daqui é diferente, tá sensacional, migo.
    Te disse que comecei a ver Steven ontem e até agora gostei do que vi, porém não tava esperando profundidade nenhuma até ler o que escreveu. Obrigada, vou apreciar melhor o que assistir daqui pra frente.
    Seu post tá incrível, Luk.

    PS: HATERS GONNA HATE. SE SUA ESTRELINHA NÃO BRILHA, NÃO VEM TENTAR APAGAR O BRILHO DO MEU AMIGO. BJS DE LUUUZ.

  • Eu comecei a ver , digo o primeiro ep visto, Dedos de Gato e eu não gostei,mas como eu tinha que ficar esperando programas comecarem em outros canais na antena de casa, eu ficava vendo . Aos poucos o desenho me seduzia, chegava do trabalho e corria pra tv pra não perder.Eu tinha alguns episódios que gostava como Leão 3 : Direto pro Video e a Espada de Rose. Um dia então, assisti Libertador e aquele episódio me abriu o coração pra assistir SU,tanto que assim que acabou, vi duas vezes na internet. Comecei a viciar,via na tv e na internet. Ai,eu comecei a não achar mais eps em português, e comecei a procurar em inglês e achei um site chamado Tocatoon(http://tocatoon.com, link pro site) cheguei na época que tava perto de lançar eps novos e cada ep novo me apaixonou mais. Isso tem cerca de 1 ano. Agora estou a espera da continuação da 4 temporada, e amando cada vez mais. Recomendo a todos

  • OS SANTOS

    Realmente melhor animação atual do cartoon, complexo e simples, emocionante e bem reflexiva .

  • Diego

    A pergunta é: Vão fazer um de Hora da Aventura?

    • Dih

      Seria uma boa, não é?

      • Diego

        Sim, seria Dih. E por que vocês nunca falam a respeito de Magi? Estou ficando triste com esses mangas maravilhosos super desvalorizados ç-ç

  • Galadriel

    Gosto muito do site, e fico feliz em ver ele se remodelando e diversificando. Steven Universo e um desenho muito bom, não sei mais o que dizer porque você falou tudo na resenha, kkkk. Bom trabalho.
    Ps: Eu tô num nível que se ver a abertura extendida eu choro

  • Gui

    Resenha incrível, meus parabéns!

    Eu mesmo sou um grande fã de Steven universe, acompanho a saga do pequeno Steven desde o episódio piloto anos atrás, e sem dúvida é uma das melhores obras de ficção que já vi na vida.

    Sou o tipo de pessoa que gosta de se aprofundar nas coisas, e eu meio que tomei como hobby ver as experiências e opiniões de diferentes pessoas a respeito de Steven universe, afinal, cada um se identifica com diferentes personagens e momentos da série, e isso acabou se tornando uma mania procurar por fan art’s e ouvir alguns covers, e até mesmo histórias feitas por fãs, sempre tendo em vista que a minha experiência com a série é bem diferente da dos outros, eu acabei vendo a série com outros, vários olhos, e isto é algo fantástico.

    Acabei falando demais sobre minha experiência, espero que não se importem, só uma correção básica, atualmente a quarta temporada esta em exibição, e não a terceira como sitado no fim.

    Para quem leu essa resenha e se interessou pela série, eu recomendo muito que você veja a série do começo ao fim, em inglês! Os dubladores originais fazem um trabalho fantástico dando vida a esses personagens, e na minha opinião a série não seria a mesma sem a interpretação deles, mesmo os que não tem domínio da língua inglesa podem ver a série totalmente legendada pelo portal da Tocatoon.com feito de fãs para fãs, claro.

    Esse comentário acabou ficando longo demais, então vou encerrar por aqui, para quem leu, tenha um bom dia.

  • Marcelo

    Ta ai um desenho que não gostei, mesmo sendo cartoon acho o visual dos personagens bem feio e não me dispus a ficar assistindo a série de forma forçada até que fosse fisgado por ela.

  • Pingback: Yopinando Shinbun 129: É um filme difícil… | YOpinando...()

  • Pingback: Yopinando Shinbun 129: É um filme difícil… – Podflix - Podcast()

  • Retsudo Yagyu

    Sou das antigas da época de desenhos como Os Heculoides, Tim Tim e até hoje me dividto muito com desehnos. Apenas um Show, Hora de Aventura, Titio Avô e Steve Universe são os preferidos da minha filha e meus também.

  • Carlos Lisboa

    TE AMO

  • Melhor série animada em anos! Toca em temas importantissímos sem ser de forma pesada ou cansativa, tudo é feito com naturalidade e em volta de muita ação e magia. Sem dúvida é o tipo de série q eu recomendo a todos, não importa a idade