Editora JBC lançará o artbook de Os Cavaleiros do Zodíaco – Lost Canvas

noticias-lost-canvas-gaiden-header

Mais um material em comemoração aos 30 anos da série.

A Editora JBC acaba de anunciar durante o evento de lançamento de Os Cavaleiros do Zodíaco – Saintia Sho mais um título da franquia. Trata-se do artbook da série Lost Canvas, de Shiori Teshirogi.

O artbook foi lançado em março deste ano pela editora Akita Shoten em comemoração aos 10 anos de publicação da série Lost Canvas. A editora brasileira não revelou maiores detalhes da publicação, mas ressalta que ele pode sair ainda este ano e não deve ser barato.

A publicação original japonesa foi lançada no formato 29,6×21 cm, com 96 páginas pelo preço de 3.000 ienes, aproximadamente 92 reais na cotação de hoje. Confira a capa japonesa.

noticias-lost-canvas-gaiden-capa

O mangá de Lost Canvas foi publicado no Japão entre setembro de 2006 e abril de 2011, compilado em 25 volumes, e adaptado parcialmente em anime. Após a conclusão da série foi lançada a série de spinoff Lost Canvas – Gaiden, lançada de maio de 2011 até março de 2016, compilada em 16 volumes.

No Brasil a JBC publicou Lost Canvas entre agosto de 2007 e fevereiro de 2012 e publica Lost Canvas – Gaiden desde agosto de 2012, faltando lançar apenas o último volume.

Avatar

Asevedo

Formado em design editorial e assistente editorial da Panini Mangás. Leio mangás e história em quadrinhos de diversos países. Assisto animes de forma esporádica. Sempre estou no Twitter.

Related Post

Há 10 comentários

  1. Avatar

    Notícia maravilhosa!
    Ficarei feliz em sacrificar uma (BOA) quantia para adquirir esse material, praticamente uma obra-prima!
    Eu, particularmente, acho o traço da Teshirogi-sensei sensacional, um dos melhores.
    Mt bom JBC!!!

    Responder
  2. Avatar

    Esse negocio de n vai ser barato me preocupa fortemente, pois ja da viez pra meterem a faca alem do necessário.
    Visto q ainda to tentando processar algo q na cotação de uma editora sairia R$ 50,00 e a outra lança a R$ 65,00.

    Mas gostaria de comprar, se n passar dos 100 acho q eu garanto.

    Responder
    1. Avatar

      “algo q na cotação de uma editora sairia R$ 50,00 e a outra lança a R$ 65,00”

      Mas otakinho é coisa pra ser estudada mesmo! Da onde você tirou o valor de 50,00? Trabalha em gráfica? Acompanha o dólar? Já viu quantos títulos foram cancelados pela tal “editora boazinha”? E ela já continuou lançando um título que dava prejuízo só para não deixar os fãs na mão (leia-se evangelion meio-tanko)? Então pare de falar besteiras.

      Responder
      1. Avatar

        Humm! Alguém ficou boladinho.
        Calma rapaz aprenda com os 2 camaradas ali embaixo e seja menos estressado em relação a opinião alheia. Quanto a informação do preço foi dada pela própria “editora boazinha” quando questionada pq Slam Dunk n viria em Kanzenban propriamente dito.

        Responder
    2. Avatar

      como assim algo que sairia a R$ 50,00 na concorrente? Como que alguem consegue projetar esse valor sem ter acesso a custo de contrato, grafica, tiragem, custo de tradução, quadro de funcionarios e coisas do tipo. O que eu sei é que a JBC vai trazer um kanzenbam e que não existe material similar para base de comparação, quando tiver ai poderemos estimar o que foi cobrado pela JBC, mas pra isso a concorrente vai precisar criar coragem de lançar uma edição definitiva no brasil.

      Responder
    3. Avatar

      E sobre o artbook novamente a JBC criando coragem para inovar e trazer material diferente, se der certo a concorrente vai copiar. Por logica não será barato.

      Responder
    4. Avatar

      Concordo plenamente com os colegas pimpao e renato!
      Os pró-“Panini” (ou melhor, Mythos/Planet Manga, financiada pela internacional Panini) e afins que me desculpem, mas esse anúncio do artbook pela JBC foi praticamente um “tapa na cara” que a “Panini” levou.
      Estive no FestComix desse ano e, durante a palestra da “Panini”, na qual estive presente, uma das perguntas a qual a editora Beth Kodama respondeu foi justamente questionando sobre o lançamento de um artbook ou material semelhante para, se não me engano, Naruto. Na ocasião, ela justificou a falta de material desse tipo (para mangás) no catálogo da editora com inúmeros fatos, como alto custo, complicações de licenciamento, etc. e tal.
      E agora vemos uma JBC, que ultimamente teve uma drástica redução no número de lançamentos mensais, se arriscando e trazendo esse novo tipo de material para o Brasil, digna de respeito dos seus leitores.
      Muitos devem estar achando que foi uma atitude precipitada, visto a crise corrente, praticamente um tiro no pé. E, realmente, sendo francamente realista… à primeira vista foi isso que me pareceu. Mas, como um fiel leitor da JBC, eu espero estar completamente engano e que esses lançamentos sejam grandes sucessos para sustentar e abrir caminho para materiais semelhantes, tanto na JBC como nas outras editoras.
      Eu, pelo menos, irei fazer minha parte e remanejarei meu orçamento para adquirir esse material!

      Responder
      1. Avatar

        Realmente vc tem argumento q me fazem repensar minha opinião no assunto, mas ainda fiquei meio preocupado quando a editora já entra sem rodeios dizendo q n será barato, realmente n espero q sai um artbook por 22 reais, mas simplesmente como foi dito me faz imagina um valor bem exorbitante. Se sair o 95 reais como dito ali acho até plausível.

        Responder
  3. Avatar

    Eu Acompanho desde criança CDZ, embora nao tenha acompanhado os mangas por falta de mobey na epoca, tenho a intençao de acompanhar os Kazemban (acho que é assim que escreve), e se lançarem Lost canvas e Gaiden nesta versao ficarei muito mais feliz.

    Estou muito empolgada e financeiramente preocupada comos relançamentos e continuaçoes dos animes e mangas da minha infancia.

    Mas fica uma duvida: o que seria um Artbook??

    Responder

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *