Ranking Oricon de Vendas de Mangás: de 6 a 12 de Fevereiro

platinum-end-oriconUm pouquiiiinho atrasado, mas ainda tá valendo.

Pois é. Parece que eu atrasei um pouquinho. Mas mesmo atrasado não deixo de lado. Bora comentar o ranking da Oricon desta semana e ver o que temos pra hoje. Ah, e a imagem é Platinum End porque… porque eu não consegui pensar em nenhuma imagem melhor, e apesar desse mangá ser horrível, o desgraçado do Obata ainda desenha mais do que 90% da população mundial. Enfim, bora.


Rank Título Vendas
Semana Total
1 One Piece 84 546,021 2,046,469
2 My Hero Academia 12 151,543 335,087
3 Yowamushi Pedal 49 87,730 87,730
4 Boku dake ga Inai Machi 9 68,829 147,029
5 Platinum End 5 65,938 139,521
6 Karakai Jouzu no Takagi-san 5 63,277 63,277
7 Trinity Seven 16 41,905 41,905
8 Mahouka: Natsuyasumi-hen 1 40,413 40,413
9 The Promised Neverland 2 37,726 78,409
10 Kishuku Gakkou no Juliet 4 36,724 36,724
11 Everyone’s Getting Married 7 36,149 36,149
12 Kingdom 45 33,308 679,240
13 Sengoku Gonbe 5 32,614 33,121
14 Isekai Izakaya “Nobu” 3 32,183 77,340
15 Juu ~Ninpou Makai Tensei~ 10 28,776 29,032
16 Mizutama Honey Boy 6 27,690 56,827
17 Katsute Kami Datta Kemonotachi e 5 25,978 25,978
18 Uchuu Kyoudai 30 25,852 292,892
19 Magi 32 24,917 388,620
20 Gag Manga Byori GB 2 21,566 38,942
21 Sword Art Online: Girls Ops 4 20,956 20,956
22 One Piece 83 19,921 2,649,288
23 Ousama ni Sasagu Kusuriyubi 6 18,174 18,174
24 Nagato Yuki-chan no Shoushitsu 10 17,427 35,250
25 Kidou Senshi Gundam Thunderbolt 9 17,302 86,631
26 Miwaku Shikake: Amai Wana 17,100 17,100
27 Omaera Zenin Mendokusai! 6 17,030 17,030
28 Hinomaru Zumou 13 16,225 36,597
29 Youjo Senki 3 15,959 89,118
30 Harigane Service 14 15,702 15,702
31  Fuku o Kiri Naru Konna Fuu ni  4 14,680 14,680
32  Suzumiya Haruhi-chan no Yuuutsu 11  14,514 31,160
33  Captain Tsubasa Rising Sun  5  14,420 31,426
34  Biohazard: heavenly island  5 14,399  14,399
35 Koi wa Tsuzuku yo Dokomademo 2 14,290  14,290
36  Kengan Ashura 19  14,168 14,168
37 Mitsudomoe  18 14,122  14,122
38  Tongari Boushi no Atelier  1 14,096  48,004
39  Youjo Senki  2  13,951  113,487
40 Komori-san wa Kotowarenai!  21  13,886  13,886
41 Youjo Senki 2 13,418 100,694
42 Jitsu wa Watashi wa 21 13,314 13,314
43 Tokyo Tarareba Girls 7 12,735 226,154
44 Onna no Yuujou to Kinniku 5 12,682 12,682
45 Seshiji wo Pin! to 9 12,570 30,356
46 Sono Otoko, Unmei Nitsuki 3 12,538 12,538
47 Hatarakanai Futari 10 12,270 12,270
48 Marmalade Boy Little 5 12,065 94,169
49 Tenkuu Shinpan 11 11,727 11,727
50 Netoge no Yome wa Onna no ko ja Nai to Omotta? 5 11,212 11,212

Vou falar a verdade e dizer que essa semana pouca coisa me chamou a atenção pra escrever a postagem. Mas tudo bem. Não vou colocar isso na culpa do atraso do post, mas de fato as coisas foram pouco movimentadas em relação a lançamentos. A ranking dessa semana conta com algumas coisas bem peculiares que pretendo comentar, mas em segunda semana de One Piece é até difícil escolher imagem do post pra não ficar repetindo, não é? Quem tira o trono dessa coisa? Um dia isso vai acontecer e eu espero que seja um mangá espetacular. Mas enfim, vamos parar de enrolação.

Vamos começar falando das coisas que se mantiveram na lista. One Piece (1ª – dããããã), My Hero Academia (2º), Boku dake ga Inai Machi (4º), Platinum End (5º) e The Promised Neverland (9º) continuam no ranking desde a última semana. Nenhuma grande surpresa para os primeiros, mas os grandes destaques ficam para Platinum End e Promised Neverland, que praticamente dobraram seus números. O primeiro dispensa muitos comentários, como já disse. Apesar de ser uma obra ruim (porque é ruim, não tentem forçar isso não), é uma obra do Obata e isso sempre vai contar muitos pontos. Já Neverland tem números excelentes se levarmos em consideração que estamos apenas em seu segundo volume. Fico muito feliz por essa obra sobreviver.

Yowamushi Pedal aparece na terceira colocação com cerca de 90 mil unidades vendidas na primeira semana. Com uma nova temporada do anime, mais produtos de divulgação da série, é bem provável que o mangá se mantenha com bons números – algo que já acontece desde a primeira fase da série. Além dele, aparecem na lista dois velhos conhecidos do público. O primeiro é Trinity Seven, aquele mesmo que teve uma adaptação em anime flopada, mas que parece ser muito bem falado entre os leitores de outras partes do mundo (pra se ter uma noção, ele sai em quase todos os países europeus). O volume 16 aparece com aproximadamente na sétima colocação com 40 mil unidades vendidas, quase o mesmo do oitavo colocado Mahouka Kokou no Rettousei Natsuyasumi-hen, mais um derivado da série da escola com poderes especiais. Apesar de não termos nenhum sinal de segunda temporada, eis que os mangás da franquia ainda conseguem fazer jus a fama da mesma.

As grandes surpresas ficam por conta do quinto colocado – Karakai Jouzu no Takagi-san – e do décimo – Kishuku Gakkou no Juliet -, obras bem desconhecidas do público aqui. A coincidência é que estamos falando de dois mangás de romance, mas enquanto Takagi-san é uma obra mais “bonitinha”, Juliet (que foi derivado de um one-shot) é o legítimo harém que nunca sai de moda. Distintas, e que no primeiro momento parecem não justificar uma venda alta de seus mangás (a primeira com mais de 60 mil, enquanto a segunda com pouco mais de 35 mil, números considerados razoáveis para séries que não possuem grande apelo de marketing, anime ou destaque em suas revistas de publicação). Uma nota que vale ser dita, é que Takagi-san chegou a gerar até mesmo um spinoff de dois volumes por lá. Mostrando que o universo de mangás é tão grande que fica difícil de acompanhar todas as novidades que saem no país de origem.

  • Youjo Senki já chega na marca das 100 mil cópias por volume! Que belo boost o anime deu para essa série. Já havia comentado aqui na semana passada, e embora tenha toda a polêmica de ser um mangá envolvendo uma “loli nazista”, parece que foi o anime que mais envolveu o público nesta temporada. Faz parte.
  • Everyone’s Getting Married é um título que merece sua atenção posteriormente. Josei que vem sendo publicado nos EUA e que constantemente dá as caras por aqui. Nesta semana, o lançamento de seu volume 7 conta com cerca de 40 mil cópias vendidas.
  • Já comentei aqui na semana passada, mas os números de Kingdom sempre me surpreendem. Veremos até que ponto a série tem fôlego pra vender 700 mil unidades por edição.
  • Sword Art Online é outra franquia ponto firme em qualquer área. Com trocentas séries de mangá, aqui vemos o volume 4 de Girls OPS dando as caras com seus 20 mil vendidos. A tendência é que as coisas passem a vender mais nesta época do filme quase nos cinemas.
  • Acho que este é o melhor ranking de Hinomaru Zumou desde a estreia da série. Mas 36 mil pra um mangá da Jump, com mais de 10 volumes ainda é muito pouco.
  • Última edição de heavenly island, mangá de Resident Evil que é continuação de Marhawa Desire, aquele publicado pela Panini alguns anos atrás. Não duvido da série vir parar aqui apesar de vender tão pouquinho.
  • Na semana passada fiquei devendo falar de Marmalade Boy Little! O mangá, que é continuação direta do homônimo Marmalade Boy, aparece com quase 100 mil cópias vendidas neste volume 5! É a continuação que deu certo. Infelizmente, duvido muito que a Panini queira investir no título apesar de ter publicado seu antecessor.
  • Só queria dizer que sofri pra escrever Netoge no Yome wa Onna no ko já Nai to Omotta? nessa tabela.

Se ainda não viu a lista dos mangás mais vendidos de 2016, dê uma conferida clicando na imagem abaixo.

mais-vendidos-2016

Miyuki

Tão normal, nem parece otaku. A louca das webcomics. Segue o mantra de ler e assistir de tudo um pouco (menos o que for terror, por favor). Tem um vício novo a cada mês e surta horrores na conta pessoal no Twitter.

Related Post

  • Likou

    “e embora tenha toda a polêmica de ser um mangá envolvendo uma “loli nazista”

    Que generalização imbecil da obra.

  • Selaht

    Como é q as pessoas ainda estão lendo Platinum end? Esse negócio é ruim demais, impossível ter melhorado muito

    • Pra quem ficou orfão ´de Mirai Nikki e Death Note até q serve para alguma coisa

      • Selaht

        Desculpa, mas até onde eu li, aquele nível de qualidade chega a ser ofensivo. E lembrar q é dos msm autores de Death Note só torna ainda pior.

  • Liliane

    Olá, boa tarde.

    Gostaria de saber qual a fonte das informações 🙂

    Muito obrigada

  • Nossa, Platinum End é muito ruim, achei até que era só eu mas nossa, que coisa ruim. Já Yakusoku no Neverland merece todo o reconhecimento, cada capitulo melhor que outro, plot twists supreendentes,tudo na história tá indo muito bem, e o melhor que o sucesso tá vindo. Merecido.

  • sai hater

    é foda ver essas crianças que só lê mangá de lutinha e fanservice criticar Platinum end, o mangá tem um tema adulto envolvendo suicídio, um lindo traço é uma história melhorando a cada capítulo, cada um tem sua opiniao, mas vc não está dando sua opinião, está só hateando a obra

    • Dih

      Pra mim é mais criança ver a pessoa comentando com três nomes diferentes até receber atenção do criador do post. Pronto, criança. Tá aí seu minuto de fama.

  • Nicolas Pimentel de Almeida

    Oi. Sabem me dizer se Enen no Shouboutai, o mangá atual de Atushi Okubo, está fazendo algum sucesso lá?
    Sei que não é tão bom quanto Soul Eater, mas conseguiu se “manter vivo” até agora, se aproximando dos 100 capítulos.
    Obrigado desde já :v

    • Dih

      Razoável. Creio que vai ganhar anime.