Novo mangá de ‘Rurouni Kenshin’ começa em setembro na Jump Square

Arco de Hokkaido é continuação direta da história.

Se você esperou muito por isso, agora já pode respirar aliviado. A prévia da Jump Square de outubro, revela que a nova série de Rurouni Kenshin, o nosso eterno Samurai X, será lançada em 4 de setembro. O mangá será a capa da edição, como você confere na imagem abaixo.

Em março, a Viz Media publicou uma entrevista com Hisashi Sasaki, o vice-presidente mundial da Shonen Jump na Viz Media ex-editor-chefe na revista Shonen Jump, da editora Shueisha. Na entrevista, Sasaki revelava que Kenshin seria o protagonista da nova série e que ela terá cinco “arcos” no total. Antes disso, Watsuki e sua esposa Kaoru Kurosaki publicaram dois capítulos como prólogo da obra, nomeados de “Rurouni Kenshin Hokkaido-hen Jomaku: Ashitarou Zenka Ari” nas edições de novembro e dezembro da Jump SQ. O mangá conta com um novo personagem chamado Ashitarou.

Watsuki lançou o mangá Rurouni Kenshin na revista Shonen Jump, da Shueisha, em 1994. A obra já foi adaptada em um anime para televisão de 95 episódios, um anime filme, três animes vídeos originais, três filmes live actions e um musical. No Brasil, Rurouni Kenshin foi um dos primeiros mangás publicados pela JBC em 2001, na época com o título de Samurai X – influência da exibição do anime na TV – e no formato meio-tanko, sendo concluído com 56 volumes. Em 2012 ele foi relançado, e desta vez com o título original e no formato tanko, com 28 volumes ao todo. A editora também lançou a enciclopédia da série, o especial “A Sakabatou de Yahiko” e a versão Tokuhitsuban.

Dih

Dih

Paulistano, 27 anos, corintiano e fissurado em cultura asiática e pop. Formado em Design Gráfico na FMU. Hoje é editor assistente da Panini Mangás e colecionador compulsivo de quadrinhos em geral.

Related Post

  • FruitPunchSamuraiG

    Da série: Acabou mas não acabou

  • Blohdgarm

    Receio de estragarem esse mangá, que é um dos meus preferidos. Mas confesso que é muito tentador ler algo do Kenshin com o traço final que o Watsuki conseguiu no final do mangá.

  • Miguel Fara

    Pena q no Japão agora temos a cultura de histórias sem fim como ocorre com hq de outros países. Rezo para não ser mais destas besteiras q inventavam com algumas séries boas dos anos 90 e 80.

    • Marcos Correia

      Bom, ele não conseguiu emplacar nenhum outro trabalho com o mesmo sucesso do Kenshin. E as editoras com certeza querem se ancorar nas vendas de produtos já conhecidos do público, com provável vendagem alta garantida. Aquela versão “resumida” que ele lançou junto com o filme, é uma porcaria na minha opinião, um pastiche bem ruim, mas deve ter vendido bem.
      Mas é um saco mesmo. Daqui a pouco vira Marvel e DC, com reboots e tudo.

  • Allisson Ramon

    Olha, se fosse outra coisa eu estaria aqui reclamando como os japoneses parecem estar cada vez mais apelando pra nostalgia e revivendo suas séries antigas, criando franquias eternas. Porém, o arco de Hokkaido é algo que o Watsuki planejava desde a história original, e ele fala muito desses planos no fim do mangá, portanto é algo que sempre quis ver. Só espero que seja só isso mesmo, e não se estenda exageradamente.

    Só quero ver que desculpa ele vai dar na história, já que no fim da obra original ***{SPOILER} Kenshin já estava com o corpo desgastado depois de tantos anos usando o estilo Hitten Mtsurugi, e quase não podia lutar mais .

    • Marcos Correia

      Vai morrer, então no final desta série. Como naquele anime final.

      • Leonardo César Fonseca

        A Sakabatou de Yahiko se passa 5 anos após o final da saga do Enishi. Kenshin tá vivo e muito feliz. Acredito que o final de Kenshin continuará a ser um final feliz. Espero…

        • Marcos Correia

          Bom, a Sakabatou se passa antes do anime a que eu me refiro, que é bem deprimente. Mostra o filho do Kenshin já quase adolescente e treinando com o mestre do Kenshin.

          • Leonardo César Fonseca

            Verdade Marcos. Mas a Sakabatou de Yahiko é o final que o autor queria dar pra série. Ele comenta que não queria fazer a morte do Kenshin. Ele não desaprova os OVAS,mas ele mesmo não faria isso. Duvido muito que ele faça isso nesse manga(novamente,espero. Hehe.)

            Fonte: https://en.m.wikipedia.org/wiki/Rurouni_Kenshin:_Reflection
            Ps: vá em reception

            Essa fraqueza do corpo do Kenshin, provavelmente seguirá,dando assim até mais graça pra saga ne? Kenshin é OP. E se seguir os planos antigos do Watsuki, teremos Sojiro e Anji nessa saga…