Ranking Oricon: Vendas de mangás de 24 a 30 de julho

Estamos de volta!

Após algumas semanas sem o Ranking da Oricon por aqui, voltamos! Mas, dessa vez comigo, Miyuki, e não com o Dih. Esse post faz parte da minha loucura de postar um texto de conteúdo todos os dias no mês de agosto. E, acreditem, ele será meu salvador de hoje. Sem mais delongas, vamos a tabela da semana!

Rank Título Vendas
Semana Total
1 Otaku ni Koi wa Muzukashii 4 283,523 283,523
2 Kimi ni Todoke 29 275,778 276,555
3 Tokyo Ghoul:re 12 159,120 567,442
4 Kingdom 47 143,789 631,660
5 Tsubaki-chou Lonely Planet 8 128,636 128,866
6 Detective Conan 93 454,043 107,704
7 Giant Killing 44 165,738 105,893
8 Tsubasa to Hotaru 10 73,678 73,678
9 Jojolion 15 66,946 242,517
10 Kubo Ibuki 7 66,103 66,103
11 The Seven Deadly Sins 27 62,327 407,864
12 Kenja no Mago 4 42,693 44,492
13  Short Cake Cake 6 40,585 40,585
14 Awa-Koi 2 38,499 38,499
15 Ace of Diamond Act II 8 38,240 240,739
16 Sachiiro no One Room 2 37,661 54,615
17 OreYome. ~Ore no Yome ni Nare yo~ 11 35,961 35,961
18  Granblue Fantasy 1 35,322 35,322
19  Kakegurui Twin 5 34,198 48,278
20 Angel Heart 2nd Season 16  34,007 106,123
21 Mr. Nietzsche in the Convenience Store 7 32,616 32,616
22 Aoashi 10 31,667 31,667
23 Kaguya-sama: Love is War 6 29,853 105,691
24 Chocolate Vampire 3 28,971 28,971
25 Ushijima the Loan Shark 40 28,722 28,722
26 Magical Girl Lyrical Nanoha ViVid 19 28,142 40,200
27 Comi-san wa Comyushō desu. 5 27,772 101,456
28 Takane to Hana 8 27,483 73,559
29 The Royal Tutor 9 26,993 26,993
30 Anoko no Toriko 5 26,855 26,855
31 Namaiki Zakari. 10 26,279 72,150
32 Satsuriku no Tenshi 5  26,066  26,066
33 High Score 16 25,861 25,861
34 Yankii Shota to Otaku Oneesan 2 25,399 36,441
35  Magic Kaito 5 25,176 103,088
36 Ani ni Yome to Kurashiteimasu 3 24,922 24,922
37 Kakegurui Midari 1 24,014 35,889
38 Tokyo Ghoul:re 11 23,935 739,674
39 Murciélago 10 23,686 23,686
40 Hunter × Hunter 34 23,347 1,168,150
41 Oresama Teacher 24 22,675 56,209
42  Kin-iro Mosaic 8 22,346 22,346
43 Age 12 12 22,155 35,302
44 The IDOLM@STER Cinderella Girls U149 1 22,090 22,090
45 Aoharu x Machine Gun 12 21,500 21,500
46 Tokyo Tarareba Girls 9 20,743 135,100
47  Risou no Himo Seikatsu 1 20,412 21,379
48 Futsuu no Koiko-chan 5 19,297 19,297
49 Kiss Me at the Stroke of Midnight 6 19,041 119,073
50 Toilet-Bound Hanako-kun 6 18,664  18,664

O primeiro colocado é um dos meus xodózinhos, Otaku ni Koi wa Muzukashii #4, de Fujita, que dá início ao ranking vendendo 283,523 mil cópias. Não é nenhuma surpresa para série, que dá as caras por aqui desde seu primeiro volume que debutava em maio de 2015. A série josei recentemente anunciou uma adaptação em anime que deve ir ao ar em abril de 2018, o que só aumentará ainda mais a visibilidade da mesma. Vale lembrar que o título conquistou o primeiro lugar no Kono Manga ga Sugoi! na edição de 2016, na categoria de mangás para o público feminino.

O segundo lugar dessa semana vai para o famigerado Kimi ni Todoke #29, de Karuho Shiina, vendendo 275,778 mil unidades – e que, claro, já vendeu muito mais no passado. Mas um sinal divino susurrou no ouvidinho da autora aquilo que estamos tentando dizer há anos: “amiga, não dá mais”. E, para a alegria geral da nação, o mangá entrou em seu arco final no mês de julho – agora, se vai mesmo acabar já é outra história, né.

Um josei, um shoujo e um… seinen. Fechamos o pódio com Tokyo Ghoul:re #12, de Sui Ishida, que essa semana vendeu 159,120 mil cópias, mas no total já acumula mais de 550 mil cópias. Além do novo volume, o encadernado #11 também aparece em 38º lugar, vendendo pouco mais de 20 mil cópias. Um sucesso no Japão e também aqui, no Brasil; em abril desse ano a editora Panini – que publica a série original, Tokyo Ghoul – anunciou durante a CCXP Tour que está trazendo a continuação do mangá com previsão para novembro.

Com quarenta e sete volumes nas costas, Kingdom, de Yasuhisa Hara, domina o quarto lugar dessa semana sendo o título com o total de vendas mais vendido da tabela, chegando as 630 mil cópias vendidas. Aliás, o título perde apenas para Hunter x Hunter #34 que aparece na quadragésima posição vendendo mais de um milhão de cópias.

Os mangás shoujo aparecem com Tsubaki-chou Lonely Planet #8, de Yamamori Mika, ocupando o quinto lugar do ranking em sua semana de estreia vendendo quase 130 mil cópias. Mostrando aí para os senhores haters do fandom da Yamamori que ele não é só uma sombra de Hirunaka no Ryuusei – e, como dizem alguns amigos, quem vive na sombra de Hirunaka não é Tsubaki, e sim, os fãs. Outro da demografia, em oitavo, é Tsubasa to Hotaru #10, de Nana Haruta. Se a série não pertencesse a revista Ribon, poderia jurar que ganharia uma adaptação em anime, já que esse volume ultrapassa as 70 mil unidades vendidas e sempre aparece pelos rankings. Mas, aparentemente, se contentou com o especial de 15 minutos no ano de 2014 e as “animações” com um minuto de duração para cada episódio.

Gosho Aoyama e seu dom de fazer mangá vender. O autor aparece em sexto lugar com o volume #93 de Detective Conan, somando 450 mil cópias vendidas no total. Além da grande obra da mangaká, ainda temos Magic Kaito, spinoff do primeiro, que aparece com seu volume #5 vendendo 100 mil cópias. Em sétimo lugar há Giant Killing #44 vendendo 160 mil cópias. O mangá de futebol de Masaya Tsunamoto e Tsujitomo teve um hiato em setembro do ano passado, mas voltou a ser publicado em janeiro desse ano, após três meses de paralisão. Recentemente a Kodansha USA lançou o primeiro volume da série através de sua plataforma digital.

Os últimos dois que completam o top 10 são opostos. Enquanto Jojolion faz parte de uma das franquias mais famosas da atualidade, Kuubo Ibuki, mangá de guerra de Kaiji Kawaguchi, se limita a um conhecimento local. O primeiro passa das 240 mil unidades vendidas em duas semanas, já o segundo beira os 70 em seu lançamento.

Pra fechar, vamos aos comentários pontuais de algumas séries.

  • A franquia Granblue Fantasy vem ganhando forças. Com 35 mil unidades, o primeiro volume de um mangá oficial, publicado pela Kodansha, aparece na lista.
  • Fim de Angel Heart, spinoff da famosa saga City Hunter, de Tsukasa Hojo. A série vai se despedindo com estilo. São mais de 100 mil unidades em duas semanas de vendas do volume 16.
  • Guardem esse nome: Takane to Hana é forte candidato a anime shoujo em 2018. Seu volume 8 já passa dos 70 mil em duas semanas.
  • Depois de toda enrolação e especulação, Hunter x Hunter #34 domina as vendas da Oricon com, apenas, humildemente, um milhão de cópias. Sem contar com o volume mais recente, a série tem uma tiragem de 65 milhões de cópias. Ressaltando ainda que o autor voltou as páginas da Shounen Jump em junho desse ano e… até agora… sem nenhum… hiato! Togashi não merece apenas Palmas, mas também Tocantins inteira.
  • Fim de Tokyo Tarareba Girls. Deu a louca na mulher e o volume 9 encerra mais uma série dela – Kuragehime termina no mês que vem. Esse vai se despedindo do ranking passando das 135 mil unidades vendidas.

Miyuki

Tão normal, nem parece otaku. A louca das webcomics. Segue o mantra de ler e assistir de tudo um pouco (menos o que for terror, por favor). Tem um vício novo a cada mês e surta horrores na conta pessoal no Twitter.

Related Post

  • Arima Kousei

    Cadê Hinomaru-Zumou meu Deus! (Esses japas estão com muita vergonha na cara mesmo.)

  • Marcos Correia

    Ando lendo tanta coisa ruim de Kimi ni Todoke, que estou comprando, mas não lendo. Vou fazer maratona quanto chegar ao fim, pra não passar nervoso de ter que esperar volume todo mês e no no final ficar desapontado.