Anunciado remake do anime de ‘Captain Tsubasa’, os ‘Super Campeões’

E pelo mesmo estúdio de Jojo!

Pegando todos de surpresa – literalmente – uma coletiva de imprensa anunciou na quarta-feira que um novo anime do mangá do ‘Captain Tsubasa’ (mais conhecido como ‘Super Campeões’, no Brasil) de Yoichi Takahashi está em desenvolvimento e terá estréia em abril de 2018 na TV Tóquio e outras estações. O novo anime contará a história a partir do início do mangá.

O novo anime tem o seguinte elenco:

  • Yuko Sanpei como Tsubasa Ozora, um prodígio de futebol
  • Kenichi Suzumura como Genzo Wakabayashi, um goleiro de gênio
  • Ayaka Fukuhara como Taro Misaki, o “parceiro de ouro”
  • Mutsumi Tamura como Ryo Ishisaki
  • Takuya Sato como Kojiro Hyuuga, o maior rival
  • Katsuyuki Konishi como Roberto Hongo o lendário número 10 do time do Brasil

Toshiyuki Kato (JoJo’s Bizarre Adventure: Diamond Is Unbreakable, Full Moon O Sagashite) está dirigindo o anime no estúdio David Production. Atsuhiro Tomioka (Inazuma Eleven, Pokémon XY) é responsável pelos scripts da série, e Hajime Watanabe (Ginga e Kickoff !!, School Rumble) está atuando como designer de personagens e diretor da animação. Hayato Matsuo (Hellsing Ultimate, JoJo’s Bizarre Adventure, The World God Only Knows) está compondo a trilha sonora, e Yoshikazu Iwanami é o responsável pela edição de som.

O mangá original de futebol gira em torno de Tsubasa Ozora, de 11 anos, um garoto que ama o futebol e é reconhecido pelo seu técnico Roberto devido à sua habilidade no esporte. Tsubasa vai com seu treinador para o Brasil para treinar para a Copa do Mundo.

O mangá de Captain Tsubasa conta com 37 volumes e foi publicado na Shonen Jump de 1981 a 1988, rendendo diversas sequências e spinoffs, sendo o atual Captain Tsubasa: Rising Sun na revista Grand Jump, da Shueisha. No total, a série tem 100 volumes compilados e 70 milhões de cópias impressas. O mangá também gerou três novels. Ele inspirou três séries anteriores de anime, quatro filmes, vários OVAs e uma peça de palco. O mangá está disponível em cerca de 20 países – incluindo a França, Itália e México. No Brasil, tivemos a exibição de duas séries da franquia, a primeira – e original – pela Manchete, na década de 90, e posteriormente Road to 2002, por Cartoon Network e Rede TV.

Dih

Dih

Paulistano, 27 anos, corintiano e fissurado em cultura asiática e pop. Formado em Design Gráfico na FMU. Hoje é editor assistente da Panini Mangás e colecionador compulsivo de quadrinhos em geral.

Related Post

  • El SunBro

    Em todos os anos de copa. huahua

  • Luiz Carlos

    Tomara que seja uma adaptação do primeiro ao último volume. Que seja um anime com uma ordem cronológica coerente. Sonhar não custa nada.

  • Rafhael Victor

    Comecei a ver o anime original, mas não cheguei a avançar muito. Ele tem muitas estilizações artísticas intrínsecas à década de 80, como a atmosfera extremamente dramática em TUDO, cenários mudando completamente de cor, closes nos rostos dos personagens pra designar frases de efeito diversas vezes. Todas essas coisas podem ser vistas também em animes como Gunbuster e CDZ. E acho tudo MUITO bacana. Pena que não será mantido nessa nova adaptação, justamente por ser algo moderno.

  • André Seiji

    Bem que poderiam animar até o arco do Golden 23, seria um sonho, mas só fazem até o juvenil sempre.

    • Marcio Roberto

      Tbm concordo, tomara q ñ seja ima série curta, tipo mostrar o torneio quando eles estão no ensino fundamental e acabar ali, espero q ñ seja isso, e foque no q acontece com a seleção japonesa depois das eliminatorias Asiáticas, e que apresente o personagem Akai Tomeya que ainda nem estreou em nenhuma versão de anime da serie.

      • Caesar

        Tomara que não termine no jogo do Brasil Vs. Japan de novo

    • Victor Mendes

      Estava achando exatamente isso, que iam parar aonde sempre param…
      Estou torcendo para que eles mantenham a fidelidade do manga e, apos o termino do primeiro arco, começar World Youth que é considerado um dos melhores…sonhar n custa nada….
      Queria que lançassem na ordem, passo a passo….após a primeira parte, vir o World Youth, depois Road to 2002, Golden 23 e Rising Sun….

  • Miguel Fara

    Legal!! Espero q seja tão bom quanto aquele mais antigo !!

  • Eu sou mais eu

    Mais um ponto para á indústria da nostalgia.
    Espero que às crianças gostem, assim como eu gostei quando era criança.
    Acho difícil essa nova versão me agradar, mas desejo sucesso.

  • Bruno Miotto

    Só um adendo.

    Kenichi Suzumura vai voltar a dublar o Wakabayashi. Ele dublou o Wakabayashi na versão Road to 2002.

    • Caesar

      lol

      Todo mundo viu esse anime dublado em PT…

      Deve ter 000,1% da galera que viu no áudio original

      • Bruno Miotto

        Por enquanto, só o Suzumura voltará.

        Quem sabe volte mais alguns do 2002.

        Detalhe: o primeiro dublador do Makoto Soda, Hochu Otsuka, ainda está vivo e ele já dublou o camisa 7 tanto em comerciais de games recentes quanto no jogo de PS2 em 2006.