Mangá ‘Clockwork Planet’, de Yuu Kamiya, chega ao fim

Série será lançada no Brasil pela editora NewPOP.

Anunciado a cerca de 1 ano e meio atrás pela editora NewPOP, o mangá Clockwork Planet, de autoria do brasileiro Yuu Kamiya ao lado de Tsubaki Himana e, com desenhos de Kuro, chega ao fim no Japão. A série se encerra no dia 25 de agosto, em seu capítulo 51. Ao total, serão 10 volumes encadernados, com o último previsto para sair em 9 de outubro. No Brasil, a NewPOP ainda não se manifestou sobre o lançamento da série.

O mangá é publicado desde 2013 na revista Shounen Sirius, da Kodansha, e é uma adaptação direta da light novel de mesmo nome, também de autoria de Kamiya e Himana. A novel conta, até o momento, com 4 volumes e continua em publicação (em hiato desde 2015). Um anime com 13 episódios foi lançado pelas mãos do estúdio XEBEC em 2017.

Kamiya também escreveu a série de novels No Game, No Life (também publicada no Brasil pela NewPOP) e desenhou ilustrações para a novel Itsuka Tenma no Kurousagi.

Naoto é um desertor do ensino médio e um comediante amador. Ele vive em um mundo que tem sido tão explorado que toda a superfície se tornou uma vasta máquina. Quando uma caixa cai em sua casa contendo um autômato feminino, é um prenúncio de mudança que vai modificar o mundo inteiro, e dar Naoto sua chance de ser um herói.

Dih

Dih

Paulistano, 28 anos, corintiano e fissurado em cultura asiática e pop. Formado em Design Gráfico na FMU. Atualmente é editor na Panini/Planet Mangá e cuida de títulos como One-Punch Man, MOB Psycho e Jojo's Bizarre Adventure.

Related Post